Cap 63

6.5K 881 528
                                    

Any pov's

Acordo atordoada e com uma imensa dor de cabeça. Demorou poucos segundos para me lembrar o que havia acontecido.

Laura tinha pegado Zoe do carro e Levado para Outro, e Alexa me arrastou para um carro diferente, e quando eu entrei, ela bateu na minha cabeça com o cano da sua arma.

Passo a mão pelo local onde ela havia me atingido, senti o sangue seco em minha mão. Olhei em volta, estava em um local completamente fechado, e um pouco escuro. A única luz que tinha no local – que parecia ser um pequeno quarto– era de um abajur prestes a pifar.

Eu estava amarrada em uma cadeira, meus pés, minhas mãos e minhas pernas. Estava impossibilitada de fugir daquele lugar.

Me desesperei no momento em que me dei conta que Zoe não estava ali comigo, não sabia se me sentia Aliviada ou me preocupada mais ainda. Sabia que gritar seria perca de tempo e então a única coisa que fiz foi chorar, em desespero, e esperar até que alguém abrisse a porta daquele quarto

Não demorou muito até alguém aparecer no local. Como eu já imaginava, Alexa soltou uma Irritante e alta gargalhada, aquilo me deu nos nervos

Alexa: Nossa, é tão bom te ver nessa situação. Com certeza uma das melhores cenas que já vi – fala puxando uma cadeira pra se sentar de frente a mim

Any: Cadê minha filha, Alexa? O que você fez com ela?

Alexa: A pirralha!? Bom, ela ainda tá viva. Daqui a pouco você está com ela,  vou ter dó dessa vez e não vou deixar que filha Veja a mãe gritar de dor. E sua filha é irritante – fala sem a mínima importância

Any:  Se você tocar um dedo na minha filha, eu juro que Acabo com a sua vida

Alexa: Se você tiver viva – um sorriso "diabólico" Surge em sua cara

Any: O que você quer, Alexa? Você não cansa de estragar a vida das outras pessoas não?

Alexa: Se essas outras pessoas for você e o Josh, não. Primeiro eu quero ver o Josh, a vadia da sua amiga e o resto dos seus amigos sofrerem , se perguntando se você e a pirralha estão vivas. Eu quero que eles sofram por muito tempo, e também quero ver você sofrer

Any: Você tá ferrada, Alexa.  Se eu conheço bem a Nanda, ela vai fazer de tudo pra encontrar a Zoe e eu, nem que pra isso ela tenha que te matar. Ela não vai medir esforços – assim eu esperava

Alexa: Ela pode tentar, mas não vai conseguir

Fiquei calada, queria que Alexa fosse pega de surpresa. Ela não sabe de quem está falando,  não faz a mínima ideia do que Nanda é capaz, e se ela acha que a Nanda, logo a Nanda, seria incapaz de matar alguém, realmente Alexa é muito burra

Any: Você ainda tá obcecada pelo Josh, não é?

Alexa: O Josh é meu, e de mais ninguém. Se ele não está comigo, não pode estar com ninguém. Se ele não me dá atenção por bem,que seja por mal.  Se eu não estou feliz, ele também não pode estar – suas palavras carregavam ódio

Any: Eu tenho dó de você. Você está presa a alguém que não te ama, que não te quer, mas faz de tudo pra chamar a atenção dele. A custo de que?Isso não é amor, Alexa. Isso é doentio

Alexa parece pensar um pouco nas minhas palavras, mas logo volta a sorrir ironicamente

Alexa: Não me abalo por sua palavras, não ligo pra isso. E já perdemos tempo demais conversando. Vou deixar a tortura pra amanhã, hoje você fica sem comida e sem água

Autora
Cap não revisado
Votem e comentem
Sei que estou inativa em tudo, e peço desculpas. Mas podem mandar mensagem, eu demoro mas respondo. Amo vocês 💜

o Ginecologista- BeauanyOnde as histórias ganham vida. Descobre agora