Cap 54

8.3K 1.1K 621
                                    

Any pov's

Não não não, isso não pode tá acontecendo. Eu chorava ao lado de do corpo de Joshua, sem consciência, estava Desacordado. Checo seu pulso, e seu coração; ele ainda tá vivo

Any: NANDAAAAA – grito por Nanda, que rapidamente vem até mim, junto com Lyan

Nanda: QUE PORRA ACONTECEU AQUI?

Any: Chama uma ambulância, Nanda. Ele tá morrendo

Lyan: A ambulância não vai chegar a tempo, Any

Any: Ele não pode morrer, não pode. –  balanço a cabeça Negativamente, deixando as lágrimas tomarem conta do meu rosto

Nanda: Ele não vai morrer. Any, você fica aqui com a Zoe e eu vou pro hospital com o Lyan – fala, me ajudando a levantar e me puxando pra dentro de casa

Any: Não, eu quero ir com vocês, Nanda

Nanda: Você não vai, Any Gabrielly – fala firme

Lyan: Chega vocês duas, enquanto vocês discutiam eu liguei pra ambulância, e por sorte tem uma chegando aqui em menos de cinco minutos – fala e em seguida se abaixa, checando novamente os pulsos de Joshua – Any...

Any: Não não não não não – abraço Nanda, e começo a chorar desesperadamente

Nanda: Lyan, ele não morreu né?

Lyan: os batimentos dele estão diminuindo cada vez mais, ele não vai Aguentar até o hospital

Nanda: Cala a merda da boca, Lyan. Ele vai, ele tem que ir, pelo menos pra viver ele tem que prestar.

Antes que eu possa falar alguma coisa, a Ambulância chega, descem quatro pessoas, carregando uma maca. Três deles arrumam Joshua na maca, enquanto o outro vem até mim e Nanda

Xx: Oque aconteceu com ele?

Nanda: Levou um tiro, não tá vendo?!  – fala sem paciência

Xx: Faz cerca de quanto tempo isso?

Any: Uns 10 ou 15 minutos

Xx: Quem vai Acompanhar o ferido?

Nanda: Ele ali – aponta pro Lyan

Xx: Ele é oque do ferido?

Nanda: Não faz pergunta não, não tá vendo que o cara tá morrendo?!

Any: O Lyan é de confiança, ele vai com vocês e nós vamos depois

Xx: Okay, a polícia já tá a caminho – fala e entra na ambulância

Lyan: Quando chegar lá, eu ligo pra vocês – entra na ambulância, que dá a partida segundos depois

Nanda: Ele não vai morrer, tá? Confia em mim – me abraça mais forte ainda

Any: O tiro era pra mim, Nanda... ele entrou na frente pra me proteger – choro ainda mais

Nanda: Gabrielly, você viu quem deu o tiro? Ou de onde veio – pegunta se separando do abraço, e me puxando pra sentar na porta de casa

Any: Veio dali – aponto pro lado esquerdo da minha casa

Nanda: Então vamos perguntar ao vizinho, a  casa dele tem câmeras, com certeza deve ter capturado a pessoa que atirou, porque de onde ela atirou não tem como se esconder

Assim que Levantamos, dois carros da polícia, estacionam de frente em casa, e descem 6 políciais. Eles caminham na nossa direção, observando o local

P1: Boa tarde, foi aqui que houve um Assassinato? – meu coração aperta

Nanda: Ei peraí, ele não morreu não. Ele levou um tiro, mas não morreu não, pelo menos não sabemos de nada ainda

P1: Entendo, qual das duas estava com ele na hora do  acontecido?

Any: Eu

P2: Pode nos explicar o que aconteceu

Any: Eu vim com ele até o Carro, pegar uma sacola, e ele iria sair no carro. Quando eu virei de costas, que caminhei um pouco pra entrar em casa, percebi quando ele correu na minha direção, gritou meu nome, em seguida me empurrou pro chão. Foi aí que escutei o barulho de tiro, e em seguida ele foi de encontro ao chão – falo gesticulando com as mãos, e mostrando de onde veio o tiro

P3: No caso o tiro não era pra ele, mas sim, pra você?

Any: Sim

P4: Viu quem atirou?

Nanda: A casa do vizinho tem câmeras, com certeza capturou o momento

P1: Então vamos lá ver


Autora
Tem mais um hoje, não sei que horas, mas tem.
E wow, um milhão. Eu só tenho a agradecer a vocês por tudo, tudo mesmo, isso Significa muito pra mim, obrigada por não desistirem nem de mim, nem das fanfics.
Eu amo  vocês ❤
Cap não revisado
Votem e comentem

o Ginecologista- BeauanyOnde as histórias ganham vida. Descobre agora