Túmulos

184 22 0
                                    

Pov Leo.

Todos olhavam para Nico, era espantosa a reação do filho do submundo e em segundos ele contorceu seu rosto para sua máscara fria habitual e olhou para nós como se nos desafiasse.

-- Q - quer dizer eu sonhei com algo parecido está no outro lado da cidade do antídoto em uma mansão super protegida. -- pela lerdeza de Poseidon eu fui o único que acreditou nessa história de sonho?

-- Neste caso, Nico você poderia ir com mais duas pessoas procurar este cálice, enquanto eu e o Frank vamos encontrar o antídoto -- disse Hazel mais como uma pergunta do que como uma afirmação.

-- Okay Haz, leve isso, vai afastar qualquer fantasma conturbado pelo caminho -- Nico entregou seu anel de caveira para a irmã, e olhou para todos a mesa -- Acho que ... Valdez e ..Piper-- o garoto parecia um tanto receoso.

Assim fui para a minha cabine "me preparar", estava com um mal pressentimento, coloquei o cordão de minha mãe, passei instruções para Festus e Jason e fui para a frente do navio aguardando desembarque, no mastro d' Angelo olhava (nervoso? ) para a paisagem tamborilhando o ritmo de alguma música.

Eu não sei o que ele está escondendo, mas eu vou descobrir! -- eu pensava curioso.

Eu andava entre a Piper e Nico tentando arrancar algo dele, porém o mesmo só se esquivava. Ele parou de andar.

-- Algum problema? -- coloquei a mão em seu ombro aguardando sua decepção.

-- Preciso ver algo, se importariam? -- falou, virando sem aguardar resposta em um cemitério.

Comecei a segui- lo mas Piper me segurou me puxando alguns túmulos mais longe dele e me sussurrou para dar espaço ao filho de Hades, obedeci vendo o garoto se aproximar dos túmulos mais antigos, ele andava a passos vacilantes até que parou em frente a uma lápide corroído pelo tempo e quase destruída pelo vandalismo.

Olhei para Piper e nos aproximamos em um acordo silencioso. As letras gravadas em pedra estavam quase apagadas

"Ecco David (seu sobrenome estava apagado) traditore del suo lign( ) e disertor( ) dei desideri ( ) secondo ( ). Sinner." ( também não se lia a data).

Porém uma pintura de um garoto loiro de olhos verdes esmeralda conservada por um vidro sujo me deu arrepios. Foi então que como um clic em minha cabeça que eu o reconheci, olhei para o Nico e pude ver nele um menino choroso por alguns segundos.

Engoli em seco.

--- V-você o conhece? Q- quer dizer tipo conhecia na sua infância? -- perguntei timidamente para ele segurando em seu ombro.

Sorriso PassadoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora