Capítulo Trinta

204 18 0
                                                  

Felippe.

Okay, eu não aguentava mais ver a Esmeralda chegar na escola com marcas, e machucados.
Ela não é mais a mesma pessoa, e acredite em mim, eu conheço muito bem a Melissa.

Ela tem umas marcas roxas horríveis no braço, deu para perceber ontem quando ela foi de regata pra Faculdade.

E agora eu estou em frente a sua casa à espera que alguém abra a porta.

Dim dom

Toco mais uma vez a campainha.

- Fe-Felippe ? - fala Melissa tremula e com os olhos arregalados, dava para perceber que no seu olhar havia medo e espanto.

- Me-Melissa - imito sua voz.

- O que você ta fazendo aqui ? Eu já disse pra você que não quero mais sua amizade.

- Posso entrar - pergunto.

Ela olha para um lado da rua e para o outro.

- Entra logo - diz ela me puxando.

Assim que entro ela tranca a porta de pressa.

- Precisamos conversar Dona Melissa - digo.

- Não aqui! - diz ela e me puxa até seu quarto.

- Eu vi suas marcas -Ela olha para o braço.- O que ta acontecendo hein. ?

- Nada.

- Não esconda nada de mim Esmeralda.

- Não é nada! Eu caí da escada.

- Uhum sei ...

Eu queria tanto socorre-la, queria tanto poder ajuda-la mas eu tenho medo de que aquele maldito faça algo de pior com a Esmeralda.

*=*=*=*=*

Depois de tentar e tentar e tentar fazer a Melissa me contar alguma coisa, que foi totalmente um fracasso, ficamos ali em seu quarto mesmo conversando.

- Melissa, você já sofreu de amor verdadeiro.

- Já! Mas depois do acidente eu me esqueci totalmente o motivo do meu sofrimento, mas me lembro de ter sofrido muito por um amor. Mas ele não sabia que o amava e isso aumento ainda mais minha dor.

Será que era eu ? Provavelmente.

- Lembra dos seus sentimentos por ele ?

- Lembro, só não sei explicar. Sei que eramos muito próximos.

- O Daniel é o seu novo amor verdadeiro ?

- Eu não sei - diz ela meio triste.- Mas é assim mesmo, sempre sofremos por amor verdadeiro.

- Errado. O amor verdadeiro nunca vai te fazer sofrer, pois quem ama cuida, não magoa, não machuca e nem decepciona ... Não busque pessoas perfeitas, porque não somos. Busque apenas pessoas que te valorize.
(Essa frase é do Renato Russo. Grande e eterno Renato Russo)

*=*=*=*

Melissa.

- Tchau Esmeralda, se cuida - diz ele me abraçando e me dando um beijo na testa.

- Tchau Felippe.

E quando fecho a porta escuto alguém bater palmas atrás de mim.

- Parabéns "Esmeralda", é só eu ficar um pouco longe de você e a senhorita já apronta.

- Eu não fiz nada.

- Cala a boca! Eu to cheio de você, acho que você já sabe o que vai acontecer não é - e um desespero surgiu em meu peito - E eu acho bom você não gritar, fazer escândalos ou até mesmo chorar, Amorzinho. - e então ele crava suas unhas um pouco grandes em meu braço e me leva até meu quarto - Eu adorei aquele discurso do amor verdadeiro.

Lembranças de Você.Onde as histórias ganham vida. Descobre agora