Capítulo Vinte e Dois

216 21 1
                                                  

Melissa

Só fiquei aquela noite no hospital, minha mãe, o Gusta, a Vic e aquele menino é ... o Felippe, queriam ficar lá até que eu pegasse alta mas consegui convence-los de que não era preciso.
Até porque eu só estava de observação se caso, sei lá, eu ficasse com febre ou até mesmo se as dores de cabeça e do pulso piorassem.

Antes que eu pegasse alta de tarde, o Felippe veio me visitar, ele começou com um papo meio maluco de que eu e ele éramos amigos e que ele viajou pro Canadá e acabou se esquecendo de mim, mas que eu nunca tinha me esquecido dele. A questão é que, se éramos amigos porque esqueci dele ?e porque ele esqueceu de mim ? O Gusta é meu amigo e eu não me esqueci dele.

Duas semanas depois ...

- Então ... Porque eu me lembro de tudo e de todos, quer dizer quase todos.

- Como assim quase todos ?

Eu estava em uma psicóloga, a médica disse que seria bom para mim se estivesse tendo alguma dúvida ou se eu estivesse lembrando de algo.

- Bom ... eu me lembro de todos, todos os meus parentes de São Paulo, de todos que eu conheço daqui. Até mesmo o pessoal da faculdade, mas enxerto por um menino, um tal de Felippe. Ele diz que ... - e eu conto tudo que ele o Gusta e a Vic me contaram essas ultimas semanas.

- Você sente alguma coisa quando esta perto dele ? Por exemplo, se sente bem perto dele ?

- Sim, eu me sinto bem confortável em seu lado.

E eu e a Psicóloga ficamos conversando por um tempo. Mas ela não me deu uma resposta em relação ao Felippe.

Felippe.

Eu estou me aproximando da Melissa, aos poucos, mas estou me aproximando dela e ela é bem legal comigo. Mesmo não se lembrando de nada. Agora eu sei pelo o que a Melissa passou, agora eu sei como ela ficou magoada comigo, agora eu sei como é ver a pessoa que você gosta todos os dias e ela não te reconhecer. E acredite em mim, é horrível. Ela me traz a sensação de que me quer por perto mas tem medo e por isso se afasta. Esses últimos dias na faculdade, ficamos bem próximos. Não tanto mas digamos que estamos avançando bem.

Melissa

A algum tempo eu e o Felippe estamos nos aproximando e ele é bem legal. Eu gosto dele, ele é tão simpático e divertido comigo.

Celular virando ...

° Melissa?

° Oi Felippe.

° Tem alguma coisa pra fazer hoje de noite?

° Não, porque?

° Quer ir no cinema comigo?

° Claro ! :)

° Então eu passo ae umas 20h ta ?

° Uhum!

° Até ... ;)

° Até!

Quando deu exatamente 19h30 fui me arrumar. Tomei um banho, escovei meus dentes, coloquei meu vestido preto ,peguei minha jaqueta caso fizesse frio e arrumei meu cabelo deixando ele de lado.

Dim Dom

- Lissa o Felippe chegou! - grita Vic. - Abre lá a porta eu to fazendo minhas unhas.

- Ta! Tchau - grito e abro a porta.

- Nossa -diz ele em um sussurro.

- O que ?

- Ta linda - diz ele sem desfiar o olhar de mim.

- Valeu - digo sem graça

E ele ficou me olhando por alguns minutos sem dizer nada.

- Terra chamando Felippe - digo sacudindo minhas mãos em frente do seu rosto.

- Vamos ! - diz ele pegando na minha mão e me puxando para o carro.

*=*=*=*=*

O filme é ótimo, afinal eu não sei ao certo se estávamos prestando atenção ao filme. Ficávamos nos encarando à todo instante, sabe quando seu olhar cruza com o olhar de outro alguém e isso fica se repetindo varias vezes, então ... era o que estava acontecendo comigo e com o Felippe. Eu ficava toda sem graça quando o olhava e ele estava com seus olhos fixados em mim. E eu tenho certeza que ele percebia, até porque ele dava um sorriso de lado. E isso se repetiu até o final do filme.
Eu não o conheço direito, mas sinceramente parecemos ser amigos a muito tempo, não faz nem uma mês exatamente que o conheço e já estamos amigos e eu fico feliz por isso. Sempre é bom ter novos amigos.

Felippe.

Ta decidido!
Essa é a minha nova missão, fazer com que a Esmeralda lembre de mim. Posso esperar o tempo que for só pra escutar ela me chamar de"P." novamente. Eu realmente gosto da Melissa. E um dia ela saberá disso!
A questão é ... será que ela também gosta de mim do mesmo jeito que gosto dela ? Quer dizer, agora nesse estado que ela esta com certeza ela não esta mais eu sei, eu tenho quase certeza que entre nós, a quatro anos atrás, tínhamos uma química, eu sentia , eu tinha e empressão de que ela gostava de mim como eu gosto dela. Mas agora, agora ela não demostra isso, e isso me preocupa um pouco.



Lembranças de Você.Onde as histórias ganham vida. Descobre agora