Capítulo 16 - Família

2.2K 298 40
                                    

— Min Yoongi! Min Yoonseok!

Yoongi ignorava o interminável chamado de seu marido  enquanto continuava jogando Minecraf com o filho. O garoto era um gênio e já tinha sido derrotado por ele umas duas vezes consecutivas em minutos! Definitivamente não podia perder de novo desta vez.

— Vocês dois realmente não podem parar de jogar esse jogo nem por um dia?  — Hoseok perguntou bravo quando viu os dois sentados na frente da TV, na sala.

— Só mais uma partida Hobi. — Yoongi respondeu, sem tirar o olhar da tela.

— Pelo que me lembro, você me disse a mesma coisa umas milhões de vezes só nas últimas horas. O Natal é em uma hora e vocês dois ainda nem trocaram de roupa!

Hope foi para o lado de Yoonseok e olhou para o garoto severamente, este que apenas o ignorou lindamente.

—  Yoonseok, se você não parar com este jogo agora o Papai Noel não vai te trazer presentes desta vez!

— Mas umma, o Papai Noel não é real. —  seu lindo garotinho seis anos respondeu fazendo beicinho e o, agora moreno, suspirou. O garoto era teimoso igualzinho ao marido. Ele até tinha o cérebro gênio dele.

— Quem te disse isso Yoonseok?

— Appa Yoon me contou. — o menino respondeu e Hoseok não pode evitar, olhou feio para as costas do Min.

— Está bem então. O Papai Noel vai dar todos os seus presentes para o Hyun!

Hoseok disse e se assustou ao sentir um leve puxão em suas calças. Ele olhou para baixo e não pode deixar de sorrir com a visão adorável de seu filho de três anos, Daehyun, que estava vestindo uma fantasia de rena e com seus olhos marejados enquanto fazia beicinho. Rapidamente inclinou-se como pode ao nível dele e acariciou suavemente as bochechas rechonchudas do garoto.

— Hyun, o que há de errado querido?

— Umma estou com fome. — Daehyun respondeu ainda fazendo beicinho.

— Oh, meu bebê! — Hoseok disse dramático e agarrou as mãos gordinhas do garoto nas suas.  — Vem, vamos para a cozinha nos preparar para a chegada do Papai Noel.

Hyun sorriu amplamente para si e não pode deixar de sorrir para o baixinho também. Seis anos já tinham se passado e ainda não podia acreditar em como o tempo voava tão rápido. Ainda conseguia se lembrar de quando ele e Jeongguk se tornaram amigos novamente. Estava feliz que Jimin foi capaz de o perdoar e dar outra chance ao marido, e assim que teve alta do hospital, Yoongi e ele já puderam planejar os detalhes do próprio casamento.

Foi uma ocasião simples, do jeito que queriam, com alguns amigos próximos e familiares. Havia até enviado o convite para seus pais, mas não esperava realmente que eles fossem. Só queria que eles soubessem que seu filho único iria se casar e que já tinha um filho de três meses. Hope sentia falta deles e sabia que não se importariam mas, foi  pego de surpresa quando estava prestes a descer o corredor em seu smoking branco e seu pai chegou, se oferecendo para acompanhá-lo. Estava prestes a cair no choro, mas fez o possível para se conter.

Enquanto caminhava pelo tapete, seu pai o disse o quanto sentiam por não estar ao seu lado e que a mãe dele estava doente, de forma que deveria se manter afastada de todos. E até o disse que foi o Min quem tinha o convencido a comparecer ao casamento.

— Cuide do meu filho, assim como você fez com ele desde o início. — isso foi o que o appa Jung disse a Yoongi,  fazendo-o olhar confuso.

Yoon apenas sorriu antes de pegar sua mão. Os pais dele também estavam lá e pareciam muito felizes em segurar Yoonseok em seus braços enquanto  se gabavam que o bebê se parece com o filho. A mãe de Hoseok, apesar de sua condição frágil, compareceu ao casamento rapidamente e os parabenizou. Ela até pediu ao casal outro filho que se parecesse com Hoseok dessa vez, porque estava com ciúmes dos pais de Yoongi.

Uma segunda chance ao amor (Yoonseok/Sope)Onde histórias criam vida. Descubra agora