Capítulo 7 - Revelações

1.9K 312 47
                                    

Hoseok queria esquecer que havia o encontrado novamente.

Incrível como o mais novo não tinha mudado nada. Ainda se lembrava do dia em que Jeongguk apresentou os dois. Naquela época, eles ainda não eram nem próximos de ser casal então foi realmente foi fácil se encantar com o jovem Jimin, seu primeiro amor.

Quando Jeongguk e Jimin se declararam namorados, seu mundo desabou. Hoseok achava que era bom em esconder o que sentia pelo Park, mas o Jeon o conhecia muito bem. Eram melhores amigos.

— Pensando demais de novo? — Yoongi sussurrou atrás da orelha do ruivo enquanto serpenteava seus braços ao redor da cintura dele, fechando os olhos e se deixando afogar no doce aroma dele. Como Hope apenas ficou em silêncio,  começou a lamber atrás de sua orelha esquerda sensualmente.

— Y-yoon. — ele gemeu.

Hoseok deveria estar protestando quando a boca do Min pousou em sua nuca; deveria estar impedindo as mãos dele de vagarem para dentro de sua camisa e de beliscar seus mamilos tensos. Ele deveria estar lutando para se livrar do toque alheio e não se rendendo e suspirando alto.

Mas ele queria mais.

Seu maldito corpo parecia trair todos os seus protestos sempre que Yoongi começava a se aproximar, tanto que estava começando a ficar viciado e confortável com todos os cuidados dele.

— P-pare. — Hoseok choramingou, mas ele o ignorou. — Yoon...P-por favor.

— Eu quero a verdade Hobi.  — o loiro disse roucamente entre as lambidas em sua nuca. — Eu quero saber quem é o pai do bebê.

Abriu os olhos e quis lutar e se afastar do médico, mas a língua experiente deste estava tornando as coisas um pouco complicada para si. Já podia sentir seu corpo se rendendo quando Yoon decidiu acariciar sua protuberância crescente.

— Conte-me. É o Jeon? — Yoongi perguntou enquanto lentamente enfiava sua mão direita dentro da boxer do ruivo, logo acariciando o membro crescente dele, enquanto sua mão esquerda acariciava a barriga grandinha.

Hoseok engasgou de surpresa quando sentiu a mão do outro segurando firme seu membro. E não pode evitar, soltou um gemido alto quando ele começou a bombeá-lo mais rápido. Ninguém jamais tinha o tocado lá, ou talvez o ex melhor amigo tenha feito isso. Mas estava bêbado demais para se quer lembrar. Ele fechou os olhos com força enquanto sua cabeça pousou no ombro do mais velho. Ainda queria mais, mas este parou suas ações de repente.

— Conte-me.

Hope viu o desejo nos olhos de Yoongi mas sabia que ele estava tentando o seu melhor para controlar-se. Já conhecia aquele olhar, pois os tinha visto todas as vez em que se beijaram antes. Agora também queria continuar o que eles começaram.

— Confie em mim Hobi.  — ele sussurrou quando o virou de frente para si e acariciou suas bochechas. — Eu já disse que não vou te deixar.

O músico fechou seus olhos brevemente. Confiava em Yoongi e ele tinha o direito de saber a verdade.

— Jeongguk é o outro o pai do bebê. — Hoseok sussurrou. — Tenho certeza disso porque nenhum homem jamais tinha me tocado até então.  —  ele baixou o olhar. — Eu nunca namorei ninguém e estava realmente esperando ter essa experiência com alguém que amo.

— Não estava apaixonado por ele?

Yoongi perguntou e viu o ruivo negar com a cabeça.

— Não. Na verdade sempre o considerei como um irmão de verdade. Eu já estava apaixonado por outra pessoa.

— Você gostava do Jimin, não é?

Yoongi perguntou novamente e Hobi o olhou surpreso. Como ele sabia?

Uma segunda chance ao amor (Yoonseok/Sope)Onde histórias criam vida. Descubra agora