Enredo #5 - O Primeiro Capítulo

3.3K 340 73



Nenhuma página do seu livro é tão importante quanto a primeira. Nem a última. É ela que pode fisgar o editor e posteriormente o leitor. Por isso, deve ser pensada com cuidado, estrategicamente. E, com a ajuda das demais páginas do primeiro capítulo, tem um papel a cumprir. O mais rápido possível.

Estabelecer o gênero:

Quando abrimos um livro, temos uma expectativa sobre ele. Se é um romance, esperamos uma história de amor. Se é uma aventura, esperamos uma jornada cheia de ação. Se é uma comédia, esperamos rir com ele. Então, assegure que o seu leitor receba o que o gênero se propõe a entregar logo.

Introduzir o protagonista:

É fundamental que o seu leitor sinta empatia pelo seu herói desde cedo. Para isso, mostre como ele é único, complexo, único e excepcional. Isso funciona igualmente para anti-heróis. Mesmo que o seu protagonista seja mundano, ele deve sê-lo de uma forma notável. Ou algo tem que acontecer para deixá-lo especial. E rápido.

Mostrar o mundo do livro:

Quanto mais singular o mundo, mais importante é essa função. Por isso, principalmente nos gêneros de  fantasias e sci-fi procure uma forma breve e interessante de mostrar o mundo. Mas, mesmo ambientes urbanos contemporâneos devem ser observados por um ponto de vista que os deixe interessantes, que capture a atenção do leitor.

Dar uma pista do mote:

Qual é a temática do livro? Amor contra a sociedade? Indivíduo contra a sociedade? Indivíduo contra doença? Bem versus o mal? As primeiras páginas devem, sutilmente, espalhar vestígios do que está por vir.

Apresentar a situação dramática:

A situação dramática é a essência da sua história quando desconsideramos a trama e os personagens. É a ação que coloca a história em movimento para que os personagens possam reagir. Por exemplo, em "Tubarão" a situação dramática é a caça ao predador. E logo na primeira cena, quando ele mata uma banhista, fica estabelecido que a fera está ali para aterrorizar quem ousar entrar naquele mar.

Considerações

- O importante é capturar a atenção do leitor rapidamente e fazê-lo continuar a virar as páginas. Um acontecimento inusitado, um personagem interessante, uma reação inesperada, tudo que cria empatia e curiosidade no leitor funciona.

- É importante que a sua escrita seja impecável no livro inteiro. Contudo, é essencial que não existam erros nas primeiras páginas. No próximo capítulo, trataremos dos erros que criam barreiras à leitura.

***

A participação de vocês é imensamente importante! Peço que usem os comentários para críticas, perguntas, opiniões e sugestões de temas. Se gostarem, não deixem de votar e adicionar à sua lista de leitura para não perder os próximos capítulos.


GUIA do Escritor de FicçãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora