VII

17 2 0
                                                  


Acho que o que me fez finalmente tomar coragem foi você. De certa forma, queria escrever isso aqui pra te agradecer.

Quando vi o seu nome no celular mal lembrei quem era. Atendi confusa, um segundo depois entendendo a situação e agradecendo por aquele ser um dos raros momentos que eu estava sozinha.

Eu sei que eu desliguei na sua cara, mas acho que agora tenho que dizer que aceito as suas desculpas. Mas na hora pareceu tão ridículo que me encheu de raiva. Eu lembro bem das palavras.

"Eu achei que eu estava apaixonado por outra pessoa, mas eu... Eu tava errado. Me perdoa, por favor. Foram os... Quando eu dormia, eu... Eu não sei explicar. Eu achava que amava ela. Me perdoa."

Eu senti tantas coisas naquele dia. Senti raiva, nojo de você, mas ao mesmo tempo... Me senti viva. Me senti diferente. Lá atrás eu disse que, na primeira vez que sonhei com ele, ele tirou meu torpor emocional. Agora eu vejo que ele só me colocou dentro de outro, dentro de uma prisão onde eu não podia sentir outra coisa, não podia pensar outra coisa. 

E a sua ligação patética pedindo perdão plantou uma semente em mim, um sentimento novo, diferente. 

Sonhei com VocêOnde as histórias ganham vida. Descobre agora