ressaca do caralho

5.1K 302 34
                                    

LEILA NARRANDO

acordei na cama dela, sentindo o cheiro dela, no travesseiro dela, com roupas dela, acordei com ela

senti seu corpo grudado no meu, seu hálito quente na minha nuca, sua mão parada na minha barriga, é uma sensação tão nova, mas tão boa

foi um sufoco dar banho nela, mas eu consegui, nao vi a parte que andava tirando meu sono, mas consegui dar banho nela

levantei com cuidado, coloquei uma camisa aleatoria que tava no quarto dela e minha proxima tarefa é fazer um café pra dona cachaça , como tio marcos e tia livia não estavam em casa, Carol a cozinheira, não vinha, eles me tratam tao bem, como se eu realmente fosse da familia

escovei meus dentes com uma escova nova, estava apenas de lingerie e uma blusa muito grande, amarrei o cabelo e fui pra cozinha

MELISSA NARRANDO

acordei com o vazio na cama, odeio isso, minha cabeça dói, e não consigo lembrar de nada, sino um gosto ruim na boca, a bebida antes de matar ela humilha né

faço minha higienes completas, naty deve estar fazendo o café, ta um cheiro bom

ponho um shorts solto e um top da nike , caralho eu amo esse top

eu desci as escadas indo pra cozinha e dei de cara com Leila, ela parece mais linda pela manhã, vejo que ela esta com minha blusa grande, so uma blusa, será que a gente...

Deus sou eu de novo, por favor, que nós não tenhamos transado por favor

não é que eu nao queria socar meu piupiu nela, acredite eu quero muito, mas antes disso quero saber o que ela sente por mim, tipo eu sou apaixonada por ela

eu ja transei com outras garotas, mas elas sempre guardaram segredo, mas fiz meu voto de castidade quando ela me beijo pela primeira vez

vou me aproximando devagar e a abraço por trás, sem malícia alguma, como deu pra notar minha irmãzinha nao ta em casa, então provavelmente ela me trouxe pra casa

- bom dia (deixo apenas um beijo no pescoço dela, sei que adora, então sento na mesa)

parece estranho mais parece que eu ja vivi essa cena, mas era pra ja estarmos casadas e no minimo duas crianças correndo em casa

ela põe a comida no prato e me da, que no caso consiste em 1 pao na torradeira e suco, odeio cafe, ela senta de frente pra mim e tambem toma apenas um copo de suco, porem seu olhar pesando sobre mim acaba me tirando do serio

- qual é o problema Leila?

- você ja transou com a camila? (que porra de pergunta é essa?)

- por que? (levantei com o prato vazio e coloquei na pia)

- eu quero a resposta (de repente eu estava prensada na pia da minha propria casa pela garota que sou apaixonada)

- você não acha que é abusada de mais? (a pego ela pela cintura e a sento em cima do balcão, com sei que ela gosta de uma pegada mais bruta, logo rodeou suas pernas na minha cintura)

eu sempre amei você ( interssexual )Onde as histórias ganham vida. Descobre agora