toxico pt2

1.7K 115 7
                                    

LEILA NARRANDO

pude sentir as mãos dela me possuirem de um jeito diferente, ela me tocava com fogo e fúria, nossa vida sexual sempre foi bem ativa

quando me dei conta já estávamos nuas sobre a cama, as preliminares com ela são sempre diferentes ela me instiga com muito pouco, as vezes com palavras

mas essa noite ela estava diferente, seu toque parecia querer me quebrar, sem qualquer tipo de delicadeza, parece que queria descontar algo....

melissa: mudei de ideia, hoje eu quero fazer amor com você, possuir seu corpinhp, e vc possuir o meu (ela nunca tinha falado assim, ou me olhado com tanta intensidade)

eu: eu quero, quero tudo com voce, ta tudo bem??

ela apenas sorriu pra mim daquele jeito que me encanta, o mesmo sorriso da epoca da escola

(...)

acordar e sentir o calor de um corpo é bom, agora se o corpo for do amor da sua vida é melhor ainda

fui acordando devagar e contra gosto saindo dos braços da minha amada

vou até o banheiro nua mesmo e ligo o chuveiro, as marcas do amor na noite passada me fizeram sentir um calor e uma contração insistente no meu sexo

decido me concentrar no banho, e logo minha sogra toma minha cabeça, sera que devo mesmo me meter nessa historia? melissa esta melhor sem ela? nos estamos?

MELISSA NARRANDO

senti o vazio na cama e respirei fundo, odeio acordar sem ela, levanto e vou andando a passos lentos até o banheiro, ao me olhar no espelho so penso em uma coisa

haja base senhor

meu corpo está um pouco roxo e avermelhado, mas a noite de ontem com certeza valeu a pena, apesar de transarmos muito nunca é a mesma coisa

vejo apenas sua silhueta no box embaçado, por mais que ontem tenha sido selvagem, acordei super disposta a muito mais 

- tem espaço pra mais um?

- pra você sempre

abraço suas costas molhadas enquanto ela roça a bunda na minha intimidade, mesmo depois de todo esse tempo leila continua sexy e super atraente 

- e você sabe onde eu quero entrar?

- por isso sempre tem espaço

- é so meu, nao tem espaço pra mais ninguém entendeu (aperto sua cintura enquanto finco as unhas na sua bunda)

podemos dizer que o dia começou da melhor maneira possivel 

(...)

logo as horas foram passando, estou fazendo a janta, minha irmã vem junto com matheus, e minha pessoa favorita nick

estou cozinhando e no menu, temos carne de panela, arroz pure de batata, e salada de tomate

minha namorada arruma a mesa enquanto eu levo as comidas , eu adoro passar um tempo com eles, me sinto segura e feliz

durante esse tempo senti falta da minha mãe, mas ela escolheu assim, e não vou permitir que ela participe da vida da nick, o jeito manipulador nunca muda, sei que ela nao é minha filha mas tenho certeza que minha irma tambem nao deseja que nick cresça como nos

logo a campainha toca, e em segundos nick entra na cozinha

- tia meeeel que saudade (pego ela no colo e ela me abraçou como se fossem anos longe, eu logicamente retribui na maior intensidade possível, meu sonho sempre foi ter um bb, e quando nick nasceu achei que essa necessidade seria preenchida por ela, de certa forma sim)

- nicole você viu ela ontem, e outra, nem cumprimentou sua tia leila na porta, ja conversamos sobre isso lembra?

a menina saiu do meu colo cabisbaixa e foi abraçar minha namorada que sussurrou algo no ouvido dela o que fez ambas sorrirem 

- como vcs estao? espero que com fome, sabe o que eu fiz maninha? pureee

- leila qual é? avisei que era melhor pedir em um restaurante

todos demos risada e começamos a nos servir desfrutando do clima agradavel 

e assim nos servimos

(...)

ja todos na sala , satisfeitos, conversávamos sobre coisas aleatórias enquanto nick comia a sobremesa

- eai teteu como vai a concessionária?

- vai bem melissa, graças a Deus, e as boates?

- tudo certo também, precisamos ir num fim de semana nos 4

- minha irmã e essas boates, amo, a bebida é de graça

- mais tem muita piranha cunhada, eu passo mal de raiva

- não tenho compromisso to solteira cunha

percebi que teteu ficou meio incomodado com as palavras dela, sera que eles tão se pegando e essa vaca não me contou?

a campainha interrompe nossa conversa, quando é alguem que tem entrada permitida sobe pelo elevador particular....quem deve ser...

- posso atender tia?

- claro minha princesa

estranhei não ser avisada da subida, mas deve ser meu pai, ele não precisa de permissão, mas por que nao entrou direto?

quando a porta de abre minha cabeça parece pegar fogo, uma falta de ar me atinge, juro que senti tudo rodar, e minha visão ficar turva, eu queria afastar nick da porta mais nao consegui me mexer 

- quem é você moça?

- eu sou a vovó

___________________________________________________

eu sempre amei você ( interssexual )Onde as histórias ganham vida. Descobre agora