quando um não quer dois não briga

595 36 4
                                    

leila narrando

olho meu corpo no espelho e suspiro, como vou entrar num vestido de noiva sem ficar imensa? preciso fazer uma dieta ou adiar um pouco o casamento

não tem como adiar algo que não tem data né, eu queria me casar em 4 meses, seria perfeito e mega organizado, mas minha querida namorada não quer esperar

vamos conversar sobre isso hoje já que matheus e naty vem jantar aqui em casa, venho me sentindo bem pressionada em relação ao casamento

sei que estamos juntas a muito tempo, que temos uma filha e que temos uma vida e uma historia, mas....e se nao der certo?

eu super confio no que temos, mas nao posso saber o que vai acontecer no futuro, temos uma filha, nao somos apenas nos duas

sei que melissa nos ama nao quer se separar, mas sera que daqui alguns anos isso pode mudar? nao quero terminar como minha mae...

deve ser por isso que estou comendo tanto...

sei que ainda é cedo mais ja quero adiantar o jantar, sempre faço a mesma refeição, e hoje quero inovar

coloco Malia na cadeirinha na sala enquanto me apresso em dar play na musiquinha que ela ama

em seguida coloco a carne para descansar nos temperos, essa refeição vai ser otima, em algumas horas melissa estara em casa e em seguida o resto da familia

(...)

Melissa Narrando

aleluia, ate que em fim casa, so quero um banho relaxante e tirar um cochilo, mas nao um cochilo normal, sabe aquele cochilo que so pela sua cara as pessoas sabem que foi bom?

entao é esse que eu quero, mas é claro que na companhia das minhas garotas favoritas, todo sono vai embora

passo pela porta ja sentindo um cheiro gostoso dentro de casa, Leila deve estar fazendo a janta ja que naty e matheus vao vir hoje

mais sao 17:30, nao ta meio cedo pra jantar??

assim que vejo minha filha, a pego no colo girando na sala

- ooi bebe linda da mamae, eu fiquei com saudade o dia todo sabia?

todas suas gargalhadas parem ser frases me respondendo tipo " eu tambem mamae, eu tambem "

depois de encher ela de beijos e cheiros, a deixo concentrada no seu desenho e trato de dar atenção a minha outra garota

ja na cozinha, ela segue com um pano de prato nos ombros, cabelos presos, e por Deus, é dificil resistir a essa mulher com oculos de grau

vou ate ela e me aconchego em seus braços sentindo minhas forças se enchendo de novo, ela ta tao cheirosa....

- que saudade de voce

- promete que isso nunca vai acabar? mesmo depois que casarmos??(ainda nao entendo o por que de tanta insegurança, sera que é dificil entender que vai ser pra sempre, todos os dias em sintonia?)

- claro que prometo meu amor, tudo que voce quiser....

iniciamos um beijo lento, mas confesso que quando sua lingua explorou minha boca, uma chama se acendeu em mim, entao vou aproveitar que minha filha ta na sala...

passo minhas maos dentro de sua blusa fina logo chegando em seus seio que cabem tao bem em minha maos

- amoor... to com comidda no fogo...(ela geme e se esfrega mais em mim)

- vou ser rapida prometo

olhar pra ela com esses oculos me deixa com um tesao fora do normal

abaixo seu shorts rapidamente enquanto me ajoelho graciosamente e fico em meio suas pernas, seus gemidos baixos e seu rosto em aflição sao mais do que estimulantes pra que eu caia de boca nela

- aaaah (coloquei uma de suas pernas sobre meu ombro para que sua buceta ficasse mais aberta me dando mais espaço)

- silencio, temos criança na sala

suas maos trabalham em meus cabelos, a sensação de suas pernas tremendo indicando que eu estava me saindo bem, fazia meu pau pular dentro da calça que derrepente ficou apertadissima

- isso amor, tao gostoso....

levei uma mao ate meu pau, precisava de alivio rapido, precisava me enterrar nela o mais rapido possivel

- chega...

tirei sua perna de cima do meu ombro e fiquei de pe abaixando minha calça ate os joelhos, ela mais safada ainda subiu em cima da bancada ficando super aberta pra mim

passei meu pau por suas dobras quentes e molhadas apenas para ver sua expressao de alivio, senti sua maos puxando meu quadril para mais proximo do seu, ela como sempre apressada

antes que ela me xingasse afundei meu pau com força nela, o que fez com que ambas sentissem o alivio de um simples movimento , suas unhas acabando com minha bunda enquanto eu tirava e colocava meu pau nela sem pressa alguma

grudei meu quadril no dela sentindo meu pau totalmente dentro dela, que soltou um gemido de alivio, suas unhas afundando ainda mais fundo na minha bunda, levei uma mao ate seu seio, e soquei a primeira vez, fazendo seu corpo pular em cima da bancada

soquei mais uma vez sentindo meu pau pulsar a cada gemido que ela soltava

- eu quero com toda força

da pra acreditar que nossa filha estava a poucos metros dali?

continuei socando lento fundo e forte, molhei meus dedos com minha saliva e levei ate seu clitoris inchado massageando com rapidez, ate nao aguentar mais e começar a socar rapido fazendo quase todo meu pau sair e entrar com precisão

em poucas estocadas cheguei ao meu limite fazendo meu prazer jorrar dentro dela, porem ela ainda nao havia chegado la, entao tirei meu pau de la e comecei a chupar seu clitoris ate sentir seu gozo em meus labios

nos quase sempre gozamos juntas, ou ela primeiro, esse é o poder que um oculos de grau tem sobre mim, mas logico que so quando minha futura esposa usa

- isso foi otimo apressadinha

- me chama assim de novo e vc vai ter que sentar de lado por um bom tempo

levei meus labios ate os seus fazendo ela sentir seu proprio gosto

- vou tomar um banho e ja desço pra ficar com Malia, e voce tambem precisa de um banho....sua gostosa

levanto minhas calças e deixo um tapa em sua buceta o que a faz sorrir.......

mas é aquele sorriso de "mais tarde vc vai ver", nao vejoa hora da minha irma ir embora....

--------------------------------------------------

eu sempre amei você ( interssexual )Onde as histórias ganham vida. Descobre agora