x 71 x

1.6K 147 40
                                    

X Lisa on X

- Gostoso?
- Sim!
  Nós duas comíamos algodão doce. Desejo número 4 realizado!
- Podemos ir ali? - perguntei à ela, apontando para a roda gigante - É nosso último ticket, vamos em um brinquedo calmo.
- Pode ser. Vamos, a fila ainda está pequena - ela disse, me puxando até a fila de espera da roda gigante.
  Eram 21:00 quando entramos no brinquedo. Apenas eu e Rosé dentro de uma esfera com bancos frios.
  Apenas eu e Rosé.
  Essa é minha chance.
  Ficamos metade do tempo observando a paisagem, com pouco diálogo. Ambas pareciamos nervosas.
- Lisa...
  Olhei para a Park, que parecia com receio de falar alguma coisa.
- Eu... Queria te contar uma coisa - disse ela.
- Pode me contar tudo, unnie - encorajei-a.
  Ela respirou fundo, e disse:
- Olha, Lalisa, eu cansei de esconder isso. Espero que, mesmo dizendo "não", possamos continuar próximas. O que eu quero dizer é que... Quando eu estou perto de você, eu me sinto bem, me sinto leve. Sinto como se estivesse voando em meio às nuvens. Quando eu falo com você, sua voz me acalma, me passa proteção. Quando penso em você, sorrio instantaneamente, meus olhos brilham. E, quando você olha para mim, meu coração acelera mais do que o normal. Eu... Eu gosto de você, mas não como minha amiga... Eu queria... Queria que pudéssemos... Você gostaria de ser...
  Não pude me segurar e a interrompi com meus lábios.
  Segurei suas mãos e me impulsionei para frente, encostando meus lábios nos seus. Era um beijo leve, sem língua, apenas o início do que poderia se tornar algo grande.
  Senti um gosto bom, açucarado...
  Algodão doce.
  Rosé pôs a mão em meu rosto, aceitando o beijo. Separei nossos lábios levemente, apenas para poder beijá-la de novo. Repetimos isso umas 5 vezes.
  Nos separamos de vez, só que com as testas encostadas e os olhos fechados.
- Eu também gosto de você. Mais do que como amiga - confessei.
- Bom saber - disse Rosé, sorrindo.
  Desencostamos as testas e coloquei minha cabeça em seu ombro, entrelaçando nossas mãos.
- Obrigada - ela disse.
- Pelo quê?
- Por me fazer feliz.
  Apertei sua mão mais forte contra a minha.
- Eu que agradeço.
  O brinquedo parou e nós descemos, ainda dê mãos dadas.
  Caminhamos em silêncio até a entrada do parque, encontrando Jisoo e Jennie comendo balas e carregando ursinhos.

XXX

  Após pegarmos o ônibus e chegarmos na faculdade, fomos direto até os dormitórios. Jennie subiu até o quarto porque, segundo ela, seu dorama começou faz cinco minutos, e Jisoo entrou rápido para o banheiro.
- Bom, obrigada por hoje - eu disse.
- Espero que possamos nos ver de novo, sabe... Resolver assuntos pendentes - Rosé disse, sorrindo.
- Com certeza vamos nos ver. - confirmei. Destranquei a porta e me virei para ela - Boa noite, unnie.
  Rosé se aproximou e me beijou, demorando-se bastante.
- Boa noite, Lisa.

Larguei a bomba e saí correndo
(A maratona acaba aqui) ✌🏻️

X Cotton Candy X Chaelisa XOnde as histórias ganham vida. Descobre agora