x 9 x

2.3K 216 7
                                    

X Rosé on X

  - Roseanne - professora Sandara me chamou.
  Já era o final da aula, estavam todos saindo, ansiosos para descansar (principalmente eu) quando a professora me chama para conversar à sós, fazendo meus colegas me encararem mais do que já haviam encarado a aula toda.
- Sim, senhora? - parei na frente dela, que estava de pé, do lado da porta.
- Você tem uma voz muito boa, é uma menina talentosa. - disse ela - Nunca pensou em virar trainee?
  Claro que já, este, inclusive, era um de meus antigos desejos, antes de fazer a lista: ser uma cantora talentosa e famosa. Mas, eu mudei de ideia depois de aprender a tocar violão.
- Sim senhora, mas acredito que este não seja meu objetivo. - ela me olhou um pouco incrédula, era raro alguém da área artística não querer ser famoso - Eu, desde pequena, gostaria de ensinar. Ser professora de música.
  Professora Sandara continuou com seu olhar incrédulo, mas eu já não me importava. Muitos diziam que ser professora era perda de tempo, por vários motivos: ganham pouco, são desvalorizados, tem pouco tempo... Mas nada disso nunca me impediu de seguir meu último desejo de minha lista, sinto-me tão animada ao imaginar as pessoas aprendendo o que mais amo em minhas aulas, conseguir repassar tudo o que sei para diversos, é algo que realmente me motiva.
- Você tem certeza? - perguntou a professora
- Tenho - respondi, convicta.
- Certo, pode ir.
  Fui em direção à cafeteria que Jennie e eu marcamos de nos encontrar, e, ao chegar lá, pude vê-la sentada em uma mesa na parte de dentro da cafeteria (que tinha uma parede de vidro, possibilitando a visão do lado de dentro).
- AHA! - a assustei, tentei ver o que a mesma desenhava, mas ela foi mais rápida e guardou o caderno em sua grande bolsa - Ah, eu queria ver!
- Já disse que você verá apenas quando eu deixar.  - disse a mais velha. Sentei-me à sua frente - Então, me diga, como que você foi?
  Contei à ela sobre as minhas notas e a proposta da professora Sandara. Jennie também não entendeu de primeira o meu motivo de não aceitar me tornar trainee, então, exoliquei meus motivos à ela.
- Bom, da pra entender. - falou ela, tomando mais um gole de seu cappuccino - Sua ambição é maravilhosa, admirável que você tenha tanta convicção para ensinar.
- Quero fazer isso desde que me ensinaram a tocar violão - falei.
  Eu e Jennie olhamos pela parede de vidro e vimos duas pessoas: Lalisa e sua amiga, a qual ainda não sabia o nome. Ambas pareciam muito felizes, estavam sorrindo.
  O sorriso de Lalisa é lindo.
- Rosé... Rosé? ROSÉ?! - Jennie gritou, me fazendo acordar de meus pensamentos - Por que olha tanto pra lá? Está pensando em quê? Espero que não em mais uma briga!
- O-o quê? C-claro que não unnie. Vamos... Vamos embora - falei, ainda atordoada pela visão de Lalisa.
  O que foi isso?! Controle-se Chaeyoung!

X Cotton Candy X Chaelisa XOnde as histórias ganham vida. Descobre agora