x 67 x

1.6K 142 58
                                    

  Caminhava por entre os corredores do prédio, indo ào banheiro.
  Chegando lá, fechei a porta e, ao me virar-me, dei de cara com Rosé.
- Oh! - exclamamos juntas - Que coincidência - falei.
- É. Estava pensando em você - disse Chaeyoung.
- Sério?
- Sim. Queria te convidar para ir no meu dormitório mais tarde para comermos umas maças que eu comprei.
- Ah, claro. Eu vou sim - comirmei.
  Rosé ia sair abrir a porta para sair, mas eu a impedi, depois de plhar a sua saia.
- Unnie, sua saia está toda torta - falei, indo arrumá-la.
  Segurei em sua cintura, sentindo o olhar de Rosé em mim pelo espelho. Demorei para ajeitá-la, podendo aproveitar meus toques em seu corpo.
- Pronto, arrumada - falei.
  Rosé se virou para mim, paramdo a pouquíssimos centímetros de meu rosto.
  Ela se afastou, foi até a porta, trancou-a e voltou.
- Nós poderíamos comer as maçãs aqui mesmo, não é? - ela perguntou.
  Não esperou resposta e me pegou pela cintura, me colocando no balcão frio com as pias. Abri as pernas para que ela se ajeitasse ali.
  Ela atacou minha boca com ferocidade, e eu retribui da mesma maneira. Sua mão apertava minha cintura enquanto as minhas dançavam por seus cabelos.
  O gosto de seus lábios era doce, gostoso, dava vontade de pedir mais e mais. E foi o que eu fiz.
  Desci minhas mãos por suas costas, puxando-a mais para perto pela cintura. Rosé colocou uma mão em minha coxa esquerda, deslizando-a e me causando arrepios, e a outra mão desceu da minha cintura até minha virilha.
  Entendi o recado e a afastei um pouco, apenas o suficiente para poder abrir mais minhas pernas, dando passagem livre para seus dedos.
  Ela brincava com o tecido da calcinha, enquanto puxava minha saia para cima.
  Levantei sua cabeça com minha mão e comecei a chupar seu pescoço.
  Então, como se fosse um eco, a voz de Jisoo soou:
- Lisa! Vamos! Está atrasada!

X Cotton Candy X Chaelisa XOnde as histórias ganham vida. Descobre agora