Capítulo 8 // 8ª Carta

3.3K 459 8

As férias de inverno começaram e devido ao bom tempo, muitas famílias conseguiram arranjar tempo para passar com seus filhos neste mês. Por causa disso, eu e algumas monitoras da creche conseguimos tirar nossa folga de horas extras para viajarmos. Chamei Blake e Lotie para irem, mas Lotie disse não poder, já que estavam na reta final das preparações para o casamento.
Decidimos ir em uma termas. Eu nunca havia ido em uma e parecia uma ótima oportunidade de tirar Blake da rotina dela. Apesar de ter superado Victor, sempre conseguia perceber seu desânimo ao viajar com pessoas já casadas ou prestes a encontrar seus destinados. Ela passou a evitar participar de muitos círculos de amizade, mas comigo continua sendo a mesma pessoa extrovertida.
Amy e Una iriam na viagem às termas. Elas também são solteiras e disseram sentir falta de ir a lugares diferentes daqui da cidade. Una fez as reservas para nós no hotel das termas e meu pai pegou todas para nos levar até a rodoviária. 
O lugar era o paraíso. Um ambiente muito refletido à natureza, os aromas refrescantes e as programações mega relaxantes. No hotel, eu e Blake aproveitávamos as diversões, enquanto Una e Amy optavam por irem à academia ou ao SPA. Uma comida bastante nutritiva e com bastante variedade; não esperava que aquele era o tipo de serviço que um hotel cinco estrelas oferecia.

“Querido Amor, 
Está agasalhado? Se trabalhar ao ar livre, não deixe de se cobrir bem.
 
Este mês eu tirei minha folga de meio de ano para vir a uma terma com minhas amigas do trabalho e Blake. Convidei Lotie, lembra-se dela? Mas mês que vem é seu casamento e ela está completamente atarefada com os últimos detalhes da festa. Mostrou uma foto de seu vestido de noiva e não pude ver outra pessoa mais apropriada para usá-lo senão Lotie. O convite chegou em casa durante a semana e ele era absolutamente espetacular! Lotie e Kent possuem muito bom gosto com design e cores.
 
Blake está completamente curada em frente às pessoas, mas entre nós, ainda demonstra um pouco de sensibilidade ao mergulhar em seus pensamentos. Tenho me esforçado bastante em deixa-la tomar conclusões de melhorias por si só; de vez em quando não consigo evitar dar um empurrãozinho, mas não é sempre.
 
Você não irá acreditar se eu disser que Blake recebeu sua segunda chance! Na verdade, não é algo enviado pelas videntes, veja só que situação mais engraçada! Nós estávamos na piscina ao ar livre, mergulhadas até o pescoço devido ao frio e a neve ao redor congelando nossos ossos; até o momento éramos somente as duas, já que outros hóspedes estavam se divertindo com a programação do hotel. Nós não sabíamos que a piscina que estávamos era mista, já que ouvimos falar que as piscinas eram divididas entre feminino e masculino. De repente, um grupo de homens se aproximou e um deles iniciou uma conversa divertida com Blake. Una e Amy disseram quererem ir à sauna e acabei por acompanha-las, porque Blake parecia bem à vontade com o tal de Martin.
Martin também perdeu a destinada dele há alguns anos, acho que quatro. Ele tem vinte e nove e desistiu de tentar encontrar sua segunda chance, focando somente nos negócios da família. Ele é da mesma cidade que nós, a família é dona de uma rede de supermercados, a Pólo, sabe? Ele trabalha bastante e disse ter sido convencido pelos amigos a relaxar um pouco durante essa época do ano que as pessoas tendem a viajar. Ele e Blake estão se dando muito bem e, assim como eu, ambos estão sentindo que esta é a segunda chance deles.
 
No início eu estava desconfiada, admito. Então eu, Una e Amy passamos a investigar sobre o tal Martin até o pegarmos falando com seus amigos sobre Blake. Eu sei que é feio ouvir a conversa dos outros, mas quando é para o bem de sua melhor amiga, não é um pecado tão grande, não é? De qualquer maneira, Martin pareceu bastante sincero ao dizer que Blake era a garota que ele estava procurando. Os amigos até o questionaram sobre a idade ser bastante distante entre os dois, mas Martin respondeu-os firme que para ele, a idade não importava. Esperara anos por essa segunda chance e não iria desperdiça-la somente por um capricho bobo.
 
Blake está agora com Martin na piscina. Os dois passam o dia inteiro juntos, conversando e até já trocaram os números de celular. De noite, Blake disse que se sente bem perto de Martin e que ele faz os momentos duros ao se lembrar de Victor irem embora. Vendo estes sintomas, não posso deixar de concordar com Martin de que os dois receberam suas segundas chances, não é?
 
Amor, não é engraçado como as coisas são encaminhadas?
 
Pensando nessa situação, me veio à cabeça se eu já te vi em algum lugar, distraidamente, sem saber que você é o meu destinado. Por ser uma pessoa bastante desligada, eu não iria desconfiar que você é A pessoa, mas ficarei bastante surpresa se o reconhecer de algum lugar.
 
Será que já nos trombamos antes?
 
Amor, você está apaixonado por alguém agora?
 
Durante a conversa na hora do almoço ontem, Martin falou sobre os relacionamentos que tentou ter durante esses anos desde o falecimento de sua destinada. Disse que se apaixonou várias vezes por várias mulheres, mas que nunca, em momento algum, sentiu aquilo que sentiu quando viu sua destinada pela primeira vez.
 
Você já foi apaixonado por quantas pessoas? Duas? Cinco? Mais de dez?
 
Será capaz de esquecê-las quando me encontrar?
 
No ano que vem, nesta mesma época, espero que possamos vir juntos às termas. Apesar de haver muita diversão, é um lugar bastante propício para encontros de casais e viagens românticas. Há vários casais aqui aproveitando o lindo cenário para fortificar seus laços de amor.
 
Não deixe de se agasalhar bem e certifique de que seu aquecedor em casa está funcionando direito. Alimente-se bem e sempre tenha remédios guardados em seu carro ou em sua carteira.
 


Com amor,
 
Alyna.”

12 Antes de VocêLeia esta história GRATUITAMENTE!