Capítulo 11 // 11ª Carta

3.1K 446 10

Eram seis da manhã de um sábado quando meu celular tocou. Achei ter esquecido o alarme ligado no dia anterior, já que é o horário que costumo acordar para ir trabalhar. Olhei o visor e vi que não se tratava de um despertador, mas sim de uma ligação. Era Lotie, chorando. Não falava coisa com coisa e apenas chorava alto em sua casa, na área nobre da cidade. Tentei falar com ela, mas tudo o que ela fazia era dizer coisas sem nexo sobre Kent. Disse que iria para lá. Desliguei o celular e peguei a primeira roupa que apareceu em minha frente e dei sorte de pegar Cyn indo para a universidade. Pedi uma carona, pois a escola era no bairro ao lado do bairro de Lotie; saí correndo assim que chegamos e pedi a permissão para o porteiro entrar.

O condomínio de casas onde Lotie e Kent moram é gigantesco. As residências são iguais, exceto pelas cortinas que tapam a visão da parte interna da casa, dos jardins decorados de acordo com o gosto dos donos e dos carros estacionados nas garagens. Toquei a campainha e ouvi algo quebrando dentro da casa. Olhei para trás e o motorista do carrinho que levava os visitantes que vinham de táxi pra o condomínio me olhou, curioso. O dispensei dizendo que estava tudo bem e toquei a campainha mais uma vez. Ouvi a voz de Kent berrar um palavrão e mandar alguém abrir a porta; foi quando vi Suki, a empregada da casa. Ela estava com os olhos arregalados e me deu permissão de entrar, dizendo que os patrões estavam brigando desde quando ela chegou, há quarenta minutos. 

Foi quando uma mala caiu perto de nós, nos dando um enorme susto e quase nos fazendo cair no chão. Olhamos para cima e vimos Lotie com os cabelos bagunçados e o robe quase desfeito berrando para Kent ir embora. Vimos ele descer com o sapato em mãos e ignorar minha presença e de Suki, passando por nós e saindo da casa. Tudo o que ouvimos então foi o motor do carro ligando e Lotie gritando no andar de cima. Pedi para Suki preparar um chá de camomila e subir enquanto eu corria escadaria acima até o quarto do casal, que estava uma completa bagunça. 

- Lotie — a chamei, vendo seu corpo desabar no chão, enfraquecida pelo choro que não cessava. Os quadros na parede forrada com um papel de parede perolado clássico estavam tortos. A televisão, quebrada, roupas espalhadas pelo chão e porta-retratos quebrados. Corri até ela, que ficou chorando em meu colo até se acalmar. Quando o fez, tomou o chá de camomila preparado por Suki e fomos até o quarto de hóspedes enquanto a empregada arrumava toda a bagunça feita no segundo andar. 

Lotie me explicou que Kent a estava traindo. Recebeu uma mensagem anônima durante a madrugada e questionou Kent quando ele chegou do "trabalho". Ele achou que ela havia contratado um detetive, por isso, começou a brigar com ela e dizer coisas horríveis que a fez se sentir péssima. Fiquei observando-a contar a história e me senti muito mal por vê-la tão infeliz dois meses depois de ter realizado o seu sonho.

"Olá Amor, 

Está se divertindo? Não deixe de aproveitar os finais de semana para descansar tudo o que precisa para enfrentar a semana seguinte. Ficar somente de cabeça no trabalho pode afetar sua vida pessoal, por isso, tenha o hábito de dedicar os finais de semana para sua diversão ou relaxamento. 

Lotie e Kent irão se divorciar. Sim, dois meses depois de terem se casado. 

Lotie descobriu que Kent a traía com uma outra mulher desde antes do casamento. Rachel, o nome da terrorista, era uma namorada temporária de Kent que lhe fez a cabeça assim que soube que a destinada dele era a famosa e rica Lotie. Armaram para Kent casar-se com Lotie e então pedir o divórcio seis meses depois. Quando um casal se divorcia, o marido é sempre favorecido, já que as questões de herança da família são sempre dirigidas ao homem e como Lotie é filha única, Kent poderia se considerar milionário. Contudo, ao perguntar a Kevin — meu primo mais velho advogado, lembra? — se havia alguma maneira de ajudar Lotie, ele disse que se ela não contratou um detetive e conseguir provar, os direitos reservados a ela e a infidelidade por parte dele poderá garantir que nenhum dinheiro da família de Lotie seja direcionado a Kent. Quando informei a Lotie sobre o que Kevin havia dito, ela rapidamente o contratou para representa-la. Por sorte, a mensagem que Lotie recebeu dedurando a infidelidade de Kent ainda estava em seu celular. Os dois estão trabalhando no pedido de divórcio junto com o processo de infidelidade. Kevin disse que o Centro de Defesa da Mulher justifica a infidelidade como crime de terceiro grau, que resulta no cancelamento da certidão de casamento e também do pagamento do homem à mulher através do dinheiro. Com a prova e o fato de Kevin ter pedido para Max seduzir algumas mulheres para saber a verdade — de acordo com Cyn, Max sempre gostou de ser usado por Kevin para jogar seu charme pobre para as mulheres -, Lotie ganhou o caso e recebeu o cancelamento de seu matrimônio, não perdendo o direito de seus bens e ganhando a causa do pagamento por parte de Kent, que surtou. Entretanto, conversando com Lotie, descobrimos que seria muito melhor para ela, uma pessoa já rica, se Kent e a tal da Rachel não vivessem mais na cidade, assim, quando o advogado veio querer negociar os valores, Kevin me disse que Lotie ofereceu a oportunidade de Kent não pagar a ela nenhum tostão, desde que saísse da cidade e não retornasse mais para viver nela. 

Amor, você consegue acreditar? 

Amor, você está em um relacionamento com alguém agora? 

Vendo isso acontecer com Lotie, fico receosa sobre acontecer comigo ou não. Se me contassem, achei que poderia ser uma grande besteira, mas vivenciei de perto toda a agonia de minha amiga, por isso, não sei o que eu faço quando lhe conhecer. Me achará esquisita se quiser ter uma conversa franca com você? 

Lotie está arrasada. Por causa disso, foca somente em seu trabalho e não trabalha mais com homens. Disse querer trabalhar somente com mulheres agora. Blake e eu tentamos convencê-la a entender que nem todos os homens são assim, mas ela se recusa, provavelmente pelo trauma. Não irei culpa-la, estava tão feliz com o casamento e sofreu tanto nos últimos meses que não estou surpresa por vê-la tão dedicada a se manter afastada dos homens. 

Blake acha que ela se tornará lésbica. Pensando na situação e pela visita que fiz a ela no último final de semana, onde estava rodeada de mulheres de biquíni para análise do corpo, não consigo pensar que isso seja uma besteira. Lotie pode se tornar lésbica. Se acontecer, devo apoiá-la. Nunca conheci uma pessoa homossexual, até porque a sociedade é tão preconceituosa que eles não aparecem com frequência, mas sei que existem milhares. Nunca tive nada contra, só acho que não saberia como reagir se ela me pedisse algum conselho. 

Amor, você não tem preconceitos, tem?

Aproveite os últimos meses sozinho, em breve estarei com você. Corte seu cabelo e não se importe das mulheres no salão desconfiarem de você apenas porque quer manter seus fios macios. 

Com amor, 

Alyna."

12 Antes de VocêLeia esta história GRATUITAMENTE!