don't want just half of you.

2.5K 301 59
                                    

- Aish, onde o Mark hyung se enfiou? Não dá pra começar a madrugar sem ele. - Jaemin disse frustrado, olhando pela janela, procurando qualquer sinal do seu hyung.

- Deve estar na prática, você sabe. Ele tem que ficar até tarde ás vezes. - Disse Chenle, que estava um pouco melhor do que mais cedo. A sua conversa com o Mark o deixou bem mais calmo, já que estava consciente que Mark garantiu que ia ficar tudo bem.

- Eu espero que ele esteja lá mesmo. E que ele volte logo. - Donghyuck falou em um tom preocupado, indo até Jaemin.

- Ih, olha ele preocupado. - Jaemin o provocou, voltando o seu olhar para a janela. - Não posso nem falar, eu também estou. Ah, olha ele ali.

Jaemin e Donghyuck se animaram ao ver o hyung entrando no dormitório, o enchendo de perguntas. Mark estava obviamente mal, mas tentou se mostrar bem o máximo possível, o suficiente para eles não se preocuparem, dizendo que só estava assim por ter praticado um pouco mais.

- Oh, eu acho que não vai ter madrugada pra nós hoje. - Disse Jisung enquanto olhava o seu celular. - Temos prática amanhã cedo, de novo.

- Aish, por que temos que acordar cedo todo dia agora? Saudades ensaios de tarde. - Donghyuck choramingou, se sentando no sofá. - Não vamos dormir agora, a gente aguenta!

- Sim! Vamos madrugar da mesma forma! - Jisung bloqueou a tela do celular, se juntando ao seus hyung no sofá.

[...]

Eles não aguentaram.

Bom, geralmente eles conseguem, viram a noite totalmente. Mas o cansaço das práticas nos últimos dias era tanto que não podiam ver qualquer lugar para deitar que dormiam na hora. O primeiro a despertar foi Renjun, uma hora antes do horário planejado. Aproveitou que era o único acordado e sacudiu Jaemin, para não ficar sozinho.

- ... Renjun? Que horas são? - Jaemin perguntou com a voz rouca de sono, tentando encontrar o seu celular pra ver que horas eram.

- Calma, não está no horário ainda. Eu só te acordei porque eu quero conversar algo com você. - Renjun disse baixo, mas foi o suficiente para despertar Jaemin. Ele adorava ter seus momentos de conversa com Renjun, não importa o tipo de conversa.

- Claro, Jun. Pode falar. - Jaemin falou enquanto se sentava no chão de frente pra Renjun.

- Okay... É difícil falar isso, tá? Eu só peço que... Não fique bravo. Por favor. - Renjun falava enquanto olhava para os seus dedos.

- Eu não vou. Pode me falar.

- É sobre essa história do poliamor. Eu sei de tudo agora.

A feição de Jaemin havia mudado completamente.

- ... Sabe o quê?

- Do seu plano com o Jeno. De tentar me convencer a entrar nessa situação. Eu sinto que eu não estou pronto pra isso, é estranho. - Renjun disse, o tempo todo sem olhar para Jaemin.

- Tem certeza disso, Junnie? Eu e o Jeno gostamos de você, pra valer.

- Vocês dois ou só você? - Renjun perguntou, olhando finalmente para Jaemin.

Depois daquela pergunta, os dois ficaram em um completo silêncio. Jaemin encarava Renjun enquanto procurava uma resposta mas ele havia congelado com a pergunta. O olhar cortante de Renjun deixava tudo pior, era óbvio que ele havia ficado irritado com os dois escondendo tudo aquilo, mas para o mais novo, aquilo não era um motivo tão ruim.

- Eu sei o que você tem em mente, mas por favor não faça isso. Não vai dar certo se não for recíproco dos três lados. Ainda tem essa situação dos managers agora, eu não quero encrencar vocês mais ainda. - Renjun agora não tirava os seus olhos de Jaemin, e seu olhar era intimidador.

We Go Up! (nct dream)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora