Capitulo 43

40.8K 2.2K 121



Em um piscar de olhos se passa uma semana e meia, a rotina foi a mesma todos os dias, acordar cedo, cuidar das crianças, escola e por ai vai... e nesse por ai inclui eu e Noah dormindo juntos todos os dias, no fim de semana fomos a uma pizzaria e quando chegamos quase rolou algo a mais, mas como sempre meu consciente fala mais alto.

Hoje o dia é mais que comum, ou pelo menos seria se Noah não tivesse inventado de sair, plena sexta-feira é claro que ele iria querer sair, dei passe livre para ele ir afinal não somos namorados nem nada do gênero, ele insistiu que eu fosse mas não posso deixar as crianças, este é meu emprego e mesmo que não fosse o Luke é meu irmão e eu tenho obrigação de cuidar dele.

Breno: boa noite meus queridos!

Emma: boa noite lindo!

Noah: nossa Breno, você é tão lindo que poderia olhar a Sophia e o Luke para irmos em uma festa

Emma: já disse que não vou

Breno: para com isso garota, você tem que sair mesmo anda muito estressada

Emma: não estou estressa, só é difícil conviver com dois homens bagunceiros!

Noah: eu não sou bagunceiro

Emma: não imagina, só muito

Breno: parem de brigas, você vai na tal festa, eu vou chamar a Vanessa para assistir um filme e faço ela ficar por aqui. Algum problema se ela dormir no seu quarto e você dormir com o Noah

Noah: duvido que ela va dormir no quarto de hospedes – diz rindo e  fazendo piada

Emma: dessa vez eu tenho que concordar com ele

Breno: não vou nem discutir, já foi se arrumar Senhorita Emma Duarte?

Emma: já disse que não vou

Breno: menina, para de ser chata, coloca eles para dormir e eles só acordam amanhã

Emma: gente, este trabalho é meu não do Breno, me deixem em paz

Meu pedido foi recusado com sucesso, me encheram o saco, atormentaram, sacudiram, fizeram de tudo até eu aceitar ir a festa, não teria problemas em ir pois a Bella e o Ruan também vão mas não quero deixar as crianças aqui.

Emma: vou me arrumar e saímos as 22 ok?

Noah: por mim tudo bem!

Breno: vou buscar a Vanessa enquanto você se embeleza.

Emma: sem piadinhas!- vou para o quarto e tomo um banho rápido, na hora de escolher a roupa opto por um colete jeans e uma saia preta, para ultima hora esta ótimo

Quando vou para sala Breno e Vanessa estão assistindo um filme com as crianças, eles são tão fofos juntos.

Emma: crianças, vamos para cama!

Luke: ah não, quero ficar assistindo

Sophia: eu também!

Emma: mas já esta na hora de vocês dormirem

Breno: deixa eles Emma, vai tranquila

Emma: claro que não, quem tem que aproveitar são vocês

Vanessa: relaxa Emma, nós damos conta

Noah: eles dão sim, vamos!

Emma: mas...- tento falar mas sou puxada para fora de casa e logo vejo o carro do Ruan parado na rua

O caminho é feito tranquilamente enquanto conversamos, mesmo com o transito chegamos rápido ao local da festa, esta muito cheio devido ao show de um DJ internacional.

Noah: quer beber alguma coisa?- pergunta assim que entramos

Emma: não, obrigado

Noah: vem, vamos dançar- ele me puxa para pista, e como da outra vez em que viemos a uma balada, ficamos assim por um longo tempo.

Bella: Emma, vamos ali no banheiro comigo- ela me puxa e eu à sigo

Emma: ta curtindo?

Bella: estou sim mas vim te falar outra coisa, a bruxa da Karen esta ai com um pessoal do colégio, acho melhor não arrumar confusão

Emma: não sou de confusão você sabe, ela não vai fazer nada relaxa

Bella: assim espero!

O resto da festa ficamos dançando mais que conversando, afinal nem da para conversar muito, a musica alta abafa nos gritos em uma tentativa frustrada de conversar. Noah me respeitou sobre tudo que estou passando e não bebeu uma gota de álcool, fico feliz afinal até drogas ele usava.

Chegamos em casa por volta das 3:40, meus pés estão me matando, subo direto para o quarto do Noah, mesmo não sabendo se a Vanessa esta no meu quarto é melhor não arriscar, coloco a blusa do Noah para dormir, mas não é isso que acontece, ele começa a me beijar ferozmente enquanto suas mãos passeiam pelo meu corpo, eu não consigo raciocinar com clareza, ele deita sobre mim fazendo com que eu sinta seu membro duro sendo contido pela calça jeans. Antes que eu me de conta já estamos sem roupa, ele se posiciona na minha entrada e sinto uma leve dor.

Noah: você quer?- me limito em confirmar com a cabeça- tem certeza?- confirmo novamente  e ele volta a me beijar

A cada segundo que passa vem uma nova sensação, meu consciente tenta me alertar mas eu o ignoro, minha primeira vez é com ele e é assim que deve ser, ou pelo menos é cômodo pensar deste modo. Ele tenta ser delicado mas a dor continua a me atormentar, mesmo não conseguindo controlar a dor eu quero que aconteça.

Ele me preenche por completo e a sensação de prazer se instala pelo quarto, minutos depois sinto um liquido sendo jorrado dentro de mim, mas o prazer que o segue me faz esquecê-lo. Aos poucos ele sai de dentro de mim e se joga ao meu lado me abraçando consigo ouvir a pequena frase tão distante "eu te amo Emma" pego no sono em seus braços, no lugar onde eu me sinto bem e segura, talvez eu devesse ficar acordada e pensar no que acabou de acontecer, mas terei muito tempo amanhã!


Acordo com beijos sendo distribuídos em meu rosto, um sorriso surge em meu rosto antes mesmo que eu possa abrir os olhos.

Noah: bom dia!!- fala animado

Emma: bom dia- respondo com total preguiça

Noah: dormiu bem? Esta com alguma dor?

Emma: um pouco incômodo mas estou bem

Noah: vamos tomar café?

Emma: vou tomar um banho para despertar e depois eu desço

Noah: te espero na sala

Emma: ta bom, será que a Vanessa ainda esta dormindo?

Noah: acho que não, já são 10:02

Emma: ai meu Deus, esta tarde

Noah: relaxa é sábado!- fico mais calma e me cubro de novo- Emma, eu tenho que... tenho que te perguntar uma coisa

Emma: o que foi? Esta tudo bem?

Noah: eu quero saber como foi pra você, eu queria ter arrumado tudo mas ontem aconteceu sem eu esperar

Emma: também não planejei mas fique calmo, eu adorei!

Noah: que susto, estava morrendo de medo de não ter sido especial para você!

Emma: pode ter certeza que foi- lhe dou um selinho e logo meu consciente vem me atormentar- Noah, você usar caminha não usou?- seu rosto se transforma em puro pânico

Noah: n...não ai meu Deus não acredito! Fica bem que eu vou na farmácia!

Emma: não adianta comprar camisinha agora Noah, já aconteceu

Noah: vou comprar a pílula do dia seguinte, vai tomar seu banho e comer, eu já volto- ele coloca uma roupa rapidamente e sai do quarto, mas antes me da um beijo.

Meus consciente me perturba com a possibilidade de uma possível gravidez, minha mãe me mataria, afinal nem por ela mas o que eu vou fazer criando outra criança? Isso seria demais para minha cabeça

A babáOnde as histórias ganham vida. Descobre agora