Capitulo 35

39.8K 2.3K 105

olaa amores da minha vida, tudo bem com vocês? espero que sim, minha viagem foi otima e estou de volta com capitulo, a quem encheu meu saco falando que estava com saudade só agradeço a vocês pois se faz falta é bom, e as que falaram que eu não postei pq não quis e etc, eu não to nem ai! BOA LEITURAS DIVAS E DIVOS!


Noah: você não acha que vai ser mais difícil agora com essa viagem?- ele pergunta me tirando dos meus pensamentos

Emma: o que seria mais difícil?- pergunto confusa

Noah: você sabe Emma, segundo você não tentamos nada por causa da minha mãe, agora ela vai ficar três semanas fora e você vai passar três semanas dormindo no mesmo corredor que eu!

Emma: uma coisa de cada vez, ainda estou me acostumando com a ideia de ter que morar aqui, cuidar do Luke...

Noah: tudo bem, desculpa! Na verdade queria me desculpa por tudo que eu já te falei, inclusive o dia que fiz você ser demitida, você tinha trazido o pedido certo- ele se vira para mim mas continuo olhando para o teto

Emma: eu sei, eu nunca errei pedidos porque eu confirmo antes!

Noah: e as minhas desculpas? Você aceita

Emma: aceito Noah, ficar guardando magoa não leva a nada- finalmente olho em seus olhos e me arrependo, então logo desvio

Noah: por que você não me olha nos olhos?

Emma: porque não estou fazendo nenhum juramento para ter que olhar em seus olhos

Noah: promete que nunca vai me odiar?

Emma: ai é bem difícil levando em conta o fato de você ser um idiota e sempre me irritar

Noah: eu prometo não te irritar e você promete a não me odiar, pode ser?

Emma: tudo bem!- respondo vencida pelo cansaço

Noah: então olha nos meus olhos e diz que promete

Emma: prometo tentar não te odiar- respondo me virando para o lado fixando meu olhar no dele, enfatizando a palavra ''tentar''

Noah: prometo tentar não te irritar- ele se aproxima e me puxa para seus braços, penso em recusar mas como estamos em um momento de trégua não falo nada!

Depois de muito tempo na mesma posição e pouco luz iluminando o ambiente meu olhos pesam e eu me rendo ao sono.

Acordo com a luz do dia invadindo o quarto, ouço alguns barulhos vindo do corredor mas os ignoro quando percebo que estou deitada no peito do Noah, ele dorme tranquilamente enquanto tento me soltar de seus braços, ele faz alguns movimentos e desisto de sair sem acorda-lo

Emma: Noah, acorda! Sua mãe já vai sair- chamo tentando chacoalha-lo o Maximo possível

Noah: manda um beijo para ela e deseja boa viagem- eke responde sonolento se virando para o outro lado

Emma: nada disso, pode levantar agora!

Noah: ah Emma, me deixa dormir, estou morrendo de sono!

Emma: se você não levantar agora nunca mais te beijo na vida!- jogar sujo as vezes surti um rápido efeito, neste caso foi bem rápido, ele se levanta e se aproxima de mim

Noah: levantei, cadê meu beijo de bom dia?- pergunta se enlaçando em minha cintura

Emma: não disse que ganharia um beijo de bom dia!- respondo me soltando e indo em direção a direção, mas ele pensa rápido e não me deixa abrir a porta, sua mão pousa em minha cintura e seu olhar e penetrante

Noah: acho que você não vai sair daqui sem me dar um beijo

Emma: Noah, sua mãe esta ai e...- ele me interrompe

Noah: e nada, já disse que não sai daqui sem me dar um beijo e ninguém vai ver nem contar pra ela, por favor- ele pede fazendo beicinho e tenho que assumir que isso é muito fofo

Emma: um beijo e você me deixa em paz o resto do dia?

Noah: vai me dizer que isso não te trás paz?- ele pergunta enquanto se aproxima e me beija, um beijo lento como se fosse para gravar cada segundo- pra mim trás uma paz imensa- ele me da mais um selinho e sai do quarto me deixando com os pensamentos a mil, até o Luke abrir a porta e me ver parada

Luke: bom dia- ele fala me abraçando- a tia já esta indo embora!

Emma: já? Vou lá dar tchau pra ela!- pego ele no colo e desço as escadas

Goretti: ainda bem que você acordou a tempo de me dar um tchau

Emma: eu já estava acordada, vocês já estão indo?

Goretti: já mas vou ter que acordar o Noah para me despedir, você pode chamar ele?- fico em choque no primeiro momento, mas ele deve apenas estar dormindo de novo- Emma? Você pode acordar ele?

Emma: ah claro, já volto!- deixo Luke no sofá com a Sophia e vou ''acorda-lo''

Subo as escadas repirando fundo para não surtar nem nada do tipo, bato na porta mas ele não responde, deve estar desmaiado e descobri hoje que é muito difícil acordar esse garoto! Entro no quarto e para minha surpresa Noah esta sem camisa e com uma toalha enrolada na cintura

Noah: já esta virando rotina sempre encontrar o outro saindo do banheiro!

Emma: sua mãe achou que você estava dormindo e pediu para  eu te acordar, já vou avisar pra ela que você esta descendo- falo em uma velocidade surpreendente e não sei nem se ele entendeu!

Noah: relaxa Emma, você anda muito estressada ultimamente – ele coloca as mãos sobre meus ombros massageando-os e dando beijos na extensão do pescoço

Emma: Noah, sua mãe esta lá em baixo e esta te esperando para se despedir, pode ir lá por favor?

Noah: com um pedido desses não tem como recusar, quer que eu vá assim?

Emma: não, coloca um short pelo menos!- ele se vira deixando a toalha cair revelando sua bunda, me vira para o outro lado e desço para sala, isso é demais para o meu psicológico

Breno: e ai cadê o chato?

Emma: aqui na minha frente!

Breno: vou reformular, cadê seu querido amor?

Emma: vai se ferrar Breno!

Breno: é serio cadê ele? Passei mais cedo no quarto dele e ele não estava

Emma: ele esta descendo!- respondo e logo ele aparece

Goretti: agora que estamos todos aqui vamos começar com avisos, o mais importante, Noah se você faltar com respeito com a Emma vão ter consequências e você não vai gostar nem um pouco, e antes que venha com gracinha eu vou saber!

Noah: fica tranquila mãe, estou sendo legal com a Emma!

Goretti: continuando, Breno eu conto com você na empresa você já se acostumou e sabe como as coisas funcionam, qualquer coisa me liga!

Breno: sim senhora capitã- fala com ironia e todos riem

Goretti: Emma, fique a vontade, agora esta casa também é sua, se quiser trazer a Bella para dormir aqui ou passar a tarde não tem problemas, só não façam uma festa pois tem duas crianças com vocês, cuida muito bem da minha pequena e eu sei que você cuida mas mãe sabe como é

Emma: fica tranquila que vai dar tudo certo, a Sophia é comportada e sobre eu me sentir em casa, já estou me sentindo

Goretti: fico muito feliz, agora temos que ir se não perdemos o voou e seria uma loucura! Fiquem com Deus e tentem não botar fogo na casa!

Depois de um longo tempo de despedida, Breno entra no carro para leva-los ao aeroporto, enquanto eu, Luke, Sophia e Noah vamos tomar o café da manhã!

Noah: acho que agora não tem mais desculpas não é mesmo Emma?- pergunta me segurando junto a bancada

A babáOnde as histórias ganham vida. Descobre agora