Capitulo 18

50.8K 2.5K 40

Demorei mas voltei meus amores, queria desejar a todos um feliz ano novo oficialmente agora né kkk, que em 2016 venha algum físico e investimentos kkk BOA LEITURA

Abro os olhos com dificuldade pela claridade que vem da janela, tento me mexer mas sinto um peso em minha cintura, até que me dou conta e começo a lembrar de algumas coisas da noite passada, bebidas, Bella, Ruan, NOAH! O meu primeiro pensamento é "como sou idiota", mesmo com o efeito da bebida eu não devia ter feito isso, mesmo não feito nada!

Tento me levantar devagar para que ele não acorde e por uma graça divina sou bem sucedida, vou até o banheiro e lavo o rosto tentando acordar de vez, minha vontade é tomar um banho e sumir desse lugar, mas não posso simplesmente fugir sendo que nem sei aonde estou.

Abro a porta lentamente para não acorda-lo, procuro meu vestido mas não acho em lugar nenhum, quando estou quase desistindo o vejo nos pés da cama, me abaixo para pegar e vejo uma coberta de baixo da cama, mil pensamentos passam em minha mente mas prefiro ignorar e sair, mas sou interrompida ao receber o olha de Noah que se senta na cama.

Emma: b...bom dia- falo sem graça andando para porta

Noah: espera... você vai sair assim? Sem short?

Emma: eu vou correndo não tem problema

Noah: claro que tem, tem muitos homens por ai, mas você gosta né logo mais será o Breno- não consigo apenas ouvir, de tímida meu humor passa para irritada!

Emma: eu posso me cobrir com a Coberta que você escondeu de baixo da cama- seus olhos se arregalam e ele se levanta, tenho que saber se meus pensamentos estão corretos

Noah: o que você esta falando?

Emma: pergunta errada Noah, por que você fez isso?

Noah: e... eu... não fiz nada! Você que pediu para eu dormir com você!- fala entre pausas pelo nervosismo aparente

Emma: se não fosse nada você não estaria gaguejando, e ontem eu estava sob efeito de álcool, muito álcool, do mesmo modo que você estava quando pediu para dormir comigo na minha casa mas eu não estava bêbada para aceitar!

Noah: os dois estavam bêbados, chega deste assunto!

Emma: tudo bem, chega desse assunto mas toma cuidado porque eu não vou esquecer o que você falou em nenhum dos dias em que me humilhou então acho que sua ficha esta pior que a minha

Noah: eu também nunca vou esquecer o quanto você fica gostosa de roupa intima e com as minhas roupas!- ele me olha da cabeça aos pés passando a língua no lábio inferior

Emma: para de falar essas coisas Noah- ele se aproxima

Noah: por que? Tem medo de não resistir?- seu rosto se encontra na curva do meu pescoço, tento dar um passo para trás mas vou de encontro a parede- eu ainda estou bêbado- seus lábios entram em contato com a minha pele e um arrepio se espalha pelo meu corpo

Emma: sabemos que você não esta, agora me solta!

Noah: não pede pra eu te soltar Emma, olha como seu corpo reage a mim- passa a mão pela minha coxa que esta arrepiada- você não é tão imune a mim Emma

Emma: já pedi para me soltar Noah... por favor

Noah: eu não estou te segurando Emma- seus olhos se fixam nos meu mas eu desvio e tento passar por ele inutilmente- para de tentar, você não quer fugir

Emma: Noah, não estou bêbada o suficiente então pode sair da minha frente por favor?

Noah: não, não posso nem vou já foi ruim admitir para mim mesmo que sinto tesão por você

Emma: definitivamente você não esta bem, é só lembrar de tudo que passou, tudo que você me fez.

Noah: eu era um idiota

Emma: você é um idiota agora me deixe ir

Noah: se é isso que você quer- começou a se afasta e assim consigo respirar- mas antes- ele volta me puxando para um beijo, fico totalmente sem reação e confusa se correspondo ou não, me lembro de tudo que ele já me fez e junto forças que nem sabia que tinha e o empurro saindo correndo logo em seguida, não sei se meu quarto vai ser uma boa opção já que o casal pode estar lá, mas não tenho muito para onde ir, perdida nesse pensamento resolvo ir para o quarto mas como sou muito atenciosa esbarro no Bernardo que vinha no sentido contrario

Emma: ai caramba, desculpa, sou um desastre

Breno: além de você ser um lindo desastre acho que já foi a cota de esbarrões

Emma: desculpa, eu ando muito desligada e... tenho que ir

Breno: acho que a noite foi boa- fala assim que me viro e me dou conta do traje

Emma: não é nada disso Breno, só perdi o quarto pro Ruan e pra Bella

Breno: e ele perdeu para você e o Noah!- seu sorriso é sarcástico e com muita diversão

Emma: pode ir parando, já disse que não é nada disso, não aconteceu nada

Breno: vai se trocar e depois teremos uma conversa, pode ser?

Emma: se meu quarto não estiver ocupado...

Breno: só vocês que ainda estavam dormindo, o pessoal da festa foi até embora- envergonhada vou para o quarto e tomo um banho bem demorado, eu não acredito em tudo que fiz e prometo que nunca mais vou beber.

Coloco um short jeans e uma blusa comprida, antes de ter qualquer conversa eu preciso estar de estomago cheio e mais um remedinho para dor de cabeça. Chego na cozinha e me deparo com Noah sentado tomando seu café, tento ignorar e apenas pego o remédio e saio da cozinha, para minha sorte ou não Breno esta na varanda e me chama

Breno: acho que agora podemos conversar certo?

Emma: eu estou com uma puta dor de  cabeça então se for para falar sobre aquele assunto deixa pro ano que vem

Breno: nada disso, você vai me contar tudo que aconteceu agora

Emma: tudo bem, vai ser bem rápido! Eu bebi, dancei, socorri bêbados, bebi de novo, Noah me ajudou, ruan e bella estavam a mil amores no quarto, fui obrigada a dormir no quarto do Noah, ele me emprestou a blusa dele, dormi, acordei e fui pro quarto, pronto!- falo rapidamente nervosa com qualquer especulação ou qualquer coisa que Noah tenha falado

Breno: fica calma, eu gostei muito de você então vou te falar o que eu acho! Dês de que eu cheguei o Noah esta bem estranho e falando um monte de coisas sobre você para que eu não me interesse, tenho certeza que ele gosta de você e ontem mesmo quando ele me viu conversando com você ficou puto

Emma: você só pode estar de brincadeira Breno, vou te contar uma historia e preste bastante atenção. Eu moro mesmo no morro e trabalhava de garçonete até o Noah me fazer perder o emprego, depois por ironia minha mãe conseguiu a entrevista para baba e desde então ele me insulta, as vezes que ele é simpático são uma em mil.

Breno: confia no que eu estou te falando, vem aqui- ele segura minha mão me guiando até a cozinha- Noah, aceita ser meu padrinho de casamento?- pergunta ainda segurando a minha mão, a reação do Noah é totalmente inesperada, ele se engasga e logo bebe um copo de suco e nos olha espantado

Noah: com quem?

Breno: com a Emma, diz que você aceita por favor, ainda é segredo então não conta pra ninguém por favor

Noah: como assim você vai casar com ela, você só pode estar maluco Breno!

Breno: você nem conhece ela Noah!

Noah: conheço muito mais que você que passou apenas o fim de semana com ela, eu realmente não acredito

Breno: não passei apenas um fim de semana com ela Noah, o que deu em você cara?

Noah: o que deu em você, você tem apenas 20 anos e vai casa com uma garota de 16 que mora no morro

Breno: ela não tem 16 nem mora no morro, mas se fosse eu não me importaria

Noah: AM? Não estou entendendo nada!

Breno: ai Noah você é muito confuso, depois conversamos- ele volta a me puxar pela saída – viu?

Emma: vi que ele não quer que você se case comigo

Breno: nada mais que ciúme

Emma: nada mais que ódio, ele não gosta de mim Breno para de loucura

Breno: ta bom, mudando de assunto, eu vou passar um tempo na casa do Noah para ajudar o pai dele então vou te ver bastante

Emma: não sei se isso é bom, promete não voltar nesse assunto?

Breno: só se você ficar comigo porque já sei que o Noah só tem amigos chatos fora o Ruan

Emma: tudo bem, quando eu não estiver trabalhando, nem na escola, nem ajudando minha mãe, fico com você

Breno: agora sim eu paro de falar que o Noah gosta de você mesmo não admitindo

Emma: eu vou te matar garoto- empurro ele e começo a dar tapas no mesmo que ri freneticamente

Bella: enfim bela adormecida

Emma: nem vou falar nada sobre ter perdido o quarto então cale a boca

Ruan: acordou virada hoje!

Bella: chata, vai arrumar suas coisas que logo vamos embora!

Noah: não quero saber de ter que esperar ninguém!

Breno: podem ir, eu levo a Emma, vou ter que ir pra sua casa mesmo Noah

Emma: não precisa Breno, eu moro um pouco longe da casa deles!

Breno: por mim não tem problema algum, assim você já me mostra alguns lugares no caminho, só tenho que levar a Aline e o Bernardo.

Emma: tudo bem então...

Noah: uma a menos, vamos?

Bella: vou pegar minhas coisas e eu te mato por me deixar suportar esse chat sozinha

Emma: suporto todo dia mais que você!

Noah: eu ainda estou aqui!

Bella: então vai embora!

Breno: chega de discussão, Emma busca suas coisas que já vamos indo pode ser?

Emma: por mim sem problemas- levanto as mãos e subo para pegar a mala, pego as coisas que estão no banheiro e guardo também, depois de tudo certo prendo o cabelo e saio do quarto.

Noah: sério mesmo isso?- gelo ao ouvir sua voz atrás de mim

Emma: o que foi agora noah?- pergunto impaciente

Noah: sério que vocês vão casar? Você pede para eu dormir com você, me beija e agora simplesmente diz que vai casar?

Emma: primeiramente já pedi para você esquecer isso e não, eu não vou casar isso você se resolve com seu primo

Breno: Emma estou esperando no carro- ele grita da pronta da escada e logo desço deixando Noah sozinho.

Depois de deixar Bernardo e Aline, pegamos algumas coisas para o Breno passar o mês e fomos finalmente para casa, esse fim de semana já deu o que tinha que ter dado. Durante o caminho Breno e eu mantemos conversas animadas e conversamos sobre nós, acabei descobrindo que ele tem 20 anos, formado em administração, tem um apartamento, mora sozinho e é um pegador nato. Quando enfim ele me deixa em casa já passa das 20:00, passo para ver o Douglas e avisar que cheguei e vou para casa exausta e louca para cair na cama!

A babáOnde as histórias ganham vida. Descobre agora