Capitulo 16

40.2K 2.5K 108


Depois de um longo tempo nos arrumando e conversando sobre todos os assunto possíveis, ouvimos barulhos de carro e logo em seguida uma batida na porta!

Breno: as moças vão demorar?

Aline: pode entrar chato- a porta se abre e me dou conta da sua beleza, braços não tão forte, alto, com uma calça jeans escura e camisa social preta!

Breno: uau, estão lindas!- fala colocando as mãos no bolso em um gesto sexy

Emma: mesmo tudo errado deu certo

Aline: não tem nada errado e você também esta lindo

Ruan: nada de elogiar minha namorada viu- entra no quarto e assusta a todos, na hora Bella arregala os olhos e ele em seguida quando se da conta do que falou

Breno: pensei que ela não fosse sua namorada

Ruan: situação complicada...- fala abraçando a Bella que continua com cara de espanto

Breno: vocês que se resolvam, podemos descer? Já chegaram algumas pessoas e o Dj ainda estava arrumando as coisas!

Aline: chegou algum gatinho?

Breno: pode tirar seu cavalinho da chuva moça!

Aline: você é meu irmão e não meu dono

Bernardo: o Noah ta chamando vocês, chegou cada gata

Breno: para ver gatas eu fico por aqui- fala olhando em minha direção e coro no mesmo momento

Bella: eita que hoje tem, vamos amor?- sai já puxando o Ruan e logo todos saem do quarto e nós vamos junto

Chegando a área da piscina a musica começa a tocar e vejo algumas pessoas conhecidas, uma que particular não me agrada em nada, Karen nos olha com arrogância e superioridade com um vestido que mostra mais do que deveria.

Aline: não gostei daquela garota

Bella: se prepare para odia-la

Aline: tão ruim assim?

Ruan: acredite ela é muito chata

Aline: agora eu acredito!- todos riem e logo Noah se aproxima

Noah: tenta não fazer show hoje Line

Aline: mais meu amor se for em uma festa e não fizer meu show não sou eu!

Breno:  espero não ter que te afastar de nenhum marmanjo aproveitador

Emma: quanto ciúme

Bernardo: você não viu nada, é um pior que o outro nessa familia

Aline: não vou aprontar, me amem

Emma: ainda bem que você ta aqui e eu não serei vela a noite toda

Breno: só vai ser se quiser!

Noah: vou beber alguma coisa- sai pisando forte em direção a um isopor que se encontra próximo a escada

Breno: vocês querem alguma coisa?

Aline: ta cedo ainda, vou deixar para mais tarde

Emma: prefiro nem beber

Breno: vai dizer que você não bebe!

Bella: quase nada!

Aline: chega de papo, vamos dançar- ela me puxa pelo braço e já estamos dançando.

No começo a timidez me toma conta, mas logo fica de lado e abre espaço para uma Emma descontraída e divertida. Musica vai, musica vem e o calor nos atinge, Aline pega um copo e faz uma mistura que sinceramente não sei o que à compõem, sem me importar pego o copo e voltamos a dançar. Confesso que a bebida estava bem forte e me sinto mais livre, sei que não posso beber muito mais se estou aqui vou me divertir.

Depois de mais alguns copos, não sei exatamente quantos, já estava trocando os pés mas pelo menos estou longe de qualquer confusão principalmente Noah! Sento no muro da varanda e fico observando a festa e sou surpreendida por Breno.

Breno: já acabou o show?

Emma: que show maluco?

Breno: a sua dança com a minha irmã!

Emma: ah, estou cansada

Breno: que pena, estava um Belo show- fala se aproximando um pouco mais

*POV NOAH*

A festa já saiu um pouco do controle, ou na verdade eu sai do controle, ver a Emma dançando daquele jeito foi realmente surpreendente ela é boa no que faz, mas depois de alguns copos de bebida a perdi de vista, resolvi aproveitar afinal a festa é minha. A Karen esta mais fácil do que normalmente mas confesso que ela me irrita, já perdeu a graça.

Ruan: cadê o verde?

Noah: tem um aqui! Tenta não exagerar

Ruan: to de boa!

Bella: o que é isso?- chega de surpresa- eu não acredito nisso Ruan, você é um idiota mesmo- sai correndo e Ruan vai atrás

Ruan: Bella me espera caramba!

Por isso eu prefiro ser solteiro e curtir a vida com quem eu quiser, na hora que eu quiser e viver assim para sempre!

Karen: você esta fugindo de mim ou é impressão minha?

Noah: coisa da sua cabeça linda – passo os braços pela sua cintura e inicio um beijo, de puro prazer, ou era para ser, como já disse ela perdeu a graça. Nos separo e pego mais um copo de bebida

Bernardo: e ai primo!

Noah: e ai cachorro, já foram quantas?

Bernardo: estou tranquilo, mas acho que o Breno ta quase lá!

Noah: quem é a da vez?

Bernardo: olha ali na varanda, eles estão conversando a um bom tempo e ela cheia de sorrisos, esta um pouco bêbada

Noah: já volto- saio na direção deles com um impulso- e ai Breno, já foram quantas hoje?

Breno: estou bem com a minha companhia

Noah: essa ai?- falo em tom sarcástico

Emma: vai começar as ofensas e eu não vou ficar aqui para ouvir- ela desce as escadas e pega mais uma bebida

Breno: você é um idiota mesmo Noah! Para de negar as coisas- ele sai e vai até ela, ele os guia até um banco mais afastado e ficam conversando, acendo mais um cigarro de maconha e fico olhando para o nada, entre drogas e bebidas vejo Emma sozinha no banco e vou até ela

Emma: me deixa Noah- ela se levanta pronta para sair mas a puxo

Noah: deixa eu falar com você- falo com lentidão devido a bebida

Emma: você ta bêbado, vai dormir

Noah: você também esta!

Emma: mas não estou enchendo o saco de ninguém, me deixa Noah- ela tenta se soltar do meu aperto mas é inútil.

Noah: eu não estou bem, me ajuda a ir pro quarto?

Emma: vou chamar seu primo

Noah: não Emma, eles não sabem das drogas, por favor

Emma: você tem que parar com isso Noah

Noah: me ajuda a parar Emma

Emma: minha vontade não pode substituir a sua

Noah: me ajuda a subir Emma- ela tenta me puxar e me faço de mais bêbado do que realmente estou, depois de quase cair na escada e no corredor finalmente meu quarto, ela se vira para sair mas a puxo pelo braço

Emma: Noah me solta, você ta me machucando – solto seu pulso e o beijo

Noah: me desculpa, não queria te machucar

Emma: tudo bem, me deixa sair

Noah: eu não posso Emma, se eu deixar você sair você vai com o Breno

Emma: por que eu iria com ele?

Noah: porque ele ta em cima de você desde que ele chegou

Emma: desde quando você se importa?

Noah: não quero meu primo com você- solto sem pensar

Emma: fique tranquilo Noah, eu não vou me aproximar dele, agora me solta

Noah: já disse que não posso Emma- sem pensar empurro ela contra a porta e tento um beijo no qual ela resiste- não faz isso comigo Em- falo contra sua boca

*POV EMMA*

Nunca pensei que fosse tão difícil recusar um beijo mas faço minha muralha, não posso simplesmente deixar que me ofenda e agora tente um beijo

Emma: me solta agora Noah- tento ser firme mas minha voz falha

Noah: você quer que eu te solte Emma?- ele sussurra em meu ouvido e pressiona seu corpo contra o meu fazendo com que eu sinta seus músculos e sua ereção

Emma: já disse para me soltar- falo em um suspiro

Noah: sou mais teimoso que minha mãe- fala enquanto distribui beijos pela extensão do meu pescoço- você ficou muito bem nesse vestido sabia?- suas mãos passeiam pela minha coxa e estou a um passo de me entregar

Emma: me solta- ele finge que não ouviu e volta a me beijar, tento negar mas algo mais forte me faz desistir, retribuo o beijo que é quente, minhas mãos passeiam pelos seus cabelos, nossas línguas se exploram sem nenhum pudor. Tento desabotoar sua camisa branca que esta um pouco molhada enquanto suas mãos param em minha bunda, depois de uma longa luta seu abdômen fica exposto e  apenas o sinto a cada vez que minha unha passa pelo seu corpo ele se aproxima mais de mim, ele nos separa e continua a beijar meu pescoço enquanto me pega no colo levando até a cama, ele se senta me deixando em seu colo, volta a me beijar e tenta tirar o meu vestido que tem um zíper atrás, quando finalmente consegue meus seios ficam expostos e ela para de me beijar olhando fixamente para os meus seios.

Noah: você é linda- sua mão para sobre a minha cintura e alguém bate na porta

A babáOnde as histórias ganham vida. Descobre agora