Deixei o Eduardo falar, ele demorou um pouco, mas depois começou...

Edu- Podemos ir para outro lugar falar?

Eu- Não fala aqui.

Joana- Eu vou para o meu quarto.

André- Eu também.

O Eduardo esperou que eles saissem, olhou para mim e disse:

Edu- Tenho muito orgulho em ti. (diz olhando me diretamente nos olhos)

Fiquei um pouco envergonhada e senti um friozinho na barriga...

Eu- Porque ? (digo supreendida)

Edu- Não te sei explicar, mas .... 

Eu- Mas?! (digo curiosa)

Edu- Sinto que já te conheço há anos, e hoje ter estado ao teu lado, fez me bem, e senti-me feliz em puder estar ali contigo. Gostava mesmo muito de puder ir sempre contigo, podes pensar que estou a ser falso, ou algo do genero, mas não! 

Eu- Ok. (digo sem saber o que dizer)

Quando digo isto, ele fica me olhando de uma maneira esquisita, e estava me a sentir um pouco desconfortável.

Eu- Acabaste? Tenho de descansar.

Edu- Sim, desculpa. Posso te dar um beijo? (diz me olhando com uns olhinhos tão fofinhos)

Eu- Não. (digo séria)

Edu- Ok. Mas queres que te ajude a ires para o quarto?

Eu- Não.

Edu- Asserio que custa muito te deixares ajudar a ir para o quarto?

Não lhe respondi, e como tinha de subir os escadas e quem me ajudava não estava, lá resolvi aceitar.

O Eduardo conduziu a minha cadeira de rodas até as escadas, e agora vinha a pior parte...

Edu- Agarra-te bem. (disse me pegando ao colo)

Senti-me tão esquisita, não sei explicar mas estar assim tão proxima do Eduardo, faz me bem e pelo outro lado,..., sentir o seu cheiro , sentir a sua respiração, faz me sentir um friozinho na barriga.

Edu- Pronto princesa, precisas de alguma coisa? (disse me colocando na cama e dá um leve sorriso)

Eu- Não obrigada. 

Edu- Então vou descer. Se precisares grita ok?

 Não lhe respondi. Ele saiu do quarto e fiquei pensando como foi esquisito o que senti quando ele me tocou, mas isso agora não interessa. O mais estranho é que eu mesmo o tratando mal, ele ainda é mais carinhoso, generoso e doce comigo!! E outra coisa, assério que ele me chamou de Princesa?!

**Mágoas e Memórias**Leia esta história GRATUITAMENTE!