Capítulo 29

523 41 0

Louise P.O.V

Sorri ao vê-lo

"Olá Ed"-disse sorrindo

Zayn o fitava de cara feia

"Lamento pela sua irmã,Malikinho"-disse sem jeito levando uma de suas mãos á nuca

"Não lamente,porque você á matou"-disse com um tom de raiva

"Hey calma"-disse passando minha mão em sua face

Acho que Edward não gostou da minha ação

"Na verdade foi o Harry,não eu"-se defendeu-"Você tem razão não gostei"-disse com certo desprezo

Zayn com uma expressão assustada no rosto,sem entender nada..

"Lui eu vou pra casa"-disse depositando um beijo na minha testa

Assenti e o abracei,enquanto Edward revirava os olhos..

"Te ligo depois"-gritou e sumiu entre todos aqueles adolescentes

"Não gosto dele"-Disse Edward

"Você não gosta de ninguém"-disse risonha

"Gosto de você"-disse sem jeito

E por essa eu não esperava...

"Vem odeio festas de adolescentes"-disse me puxando pra fora da casa

"Onde vamos?"-perguntei

"Pra verdadeira diversão"-sorriu-"segura minha mão e fecha os olhos"

Peguei sua mão não deu 5 segundos ele pediu:

"Pode abrir"

Quando abrir estavamos na frente de um supermercado

"Você consegue se teletransportar"-perguntei incredula

"Bem..sim,consigo"-disse encolhendo os ombros

"Isso é incrivel"-disse ainda incredula

"Essa é uma das vantagens de ser um dêmonio"-disse dando um sorriso de lado meio "sedutor" poderiamos dizer

Ele me puxou até entrada onde havia um guarda de meia ideia adormecido
Ele cutucou o homem e quando ele abriu os olhos se assustou

Edward se aproximou e olhou fixamente nos olhos claros do senhor

"Você vai se levantar desligar todos os alarmes e cameras e depois vai ir para casa e se esquecer de nós e dessa conversa"-disse ainda olhando fixamente para os olhos daquele senhor

O senhor se levantou entrou em uma pequena cabine e logo saiu e seguiu até um carro amarelo deu partida e sumiu pelo estacionamento

"Hipnose também,sério"-disse rindo

"Em partes adoro ser um dêmonio"

"Acho que se eu fosse também"

Chegamos perto da porta e ela se abriu

Tinhamos entrado bem na parte das bebidas alcolicas

Edward agarrou uma garrafa de bourbon,abriu e levou até os lábios

"Quer?"-perguntou estendeu a garrafa pra mim

"Eu esperimentei cerveja,e foi uma das piores coisas que já bebi,então não"-disse empurando gentilmente a garrafa

"Você não provou bebida de verdade,te garanto que isso e melhor"-disse se referindo a garrafa de Bourbon

"Só tenho 201 dias de vidas mesmo"-disse agarrando o bourbon e bebendo-o em seguida

É era realmente bom..

"Eu disse,não disse"-Ed disse se gabando

"Esse sempre foi meu sonho"-gritei

"O quê ficar presa comigo"-disse em um tom sedutor se aproximando e olhando fixamente em meus olhos

"Não,ficar presa em um supermercado"-disse rindo

Meu pulso começou a arder olhei pra ele e estava marcando 200

"Um dia a menos eeeeh"-fingi animação

Corri até a parte onde havia uma barraca e uma fogueira falsa

"Eu preciso acampar antes de morrer"-disse entrando dentro da barraca

Quando entrei levei um susto Edward estava deitado em um lado da barraca me deitei ao seu lado

"Eu prometo fazer seus últimos 200 dias,os mais felizes da sua vida"-sussurou passando seu braço atás da minha cabeça me aproximando mais dele

E assim adormeci..

__________________________________
Votem e comentem

Tem um grupo no whatsapp sobre a fic quem quiser entrar deixe seu número ;)

Crisxx

A Última alma (H.S)Leia esta história GRATUITAMENTE!