Capitulo 24

562 59 10

Louise P.O.V

Quando cheguei Harry não estava lá,Sr.Styles e vovó estavam rindo na cozinha eu acenei pra eles e subi para meu quarto se atirei na cama e começei a chorar

Como eu pude ser tão burra ao ponto de achar que alguém me ame?

"Eu amo"-uma voz sussurou

Levantei minha cabeça e vi Edward

"Você tentou me matar,uma maneira estranha de demonstrar amor"-disse sorrindo

"Minha logica é um pouco estranha"-disse fazendo festas no meu cabelo

"Você também é"-disse olhando em seus olhos

"É,talvez"-respondeu se
aproximando

"Você tem razão Ed,ele é um idiota"-disse sentindo lagrímas se formarem-"Por que não me mata logo,eu vou morrer mesmo"-disse se afundando no travesseiro

"Sim ele é um idiota,não posso te matar agora e outra não se mata quem ama"-disse se deitando ao meu lado

"Há uma semana você estava tentando me matar,ou melhor minha vida toda,mas,ontem não e agora você está aqui,por que?

"Por que estou há quase dois séculos na terra,você sabe o quão cansativo e ser o "vilão"-disse fazendo aspas na palavra vilão-"Ser odiado,não saber o significado da palavra amor?eu e Harry sempre te acompanhamos e você mesmo com tudo que passou e ainda passa,és uma pessoa boa,me apaixonei pela bondade em seu coração,você me ensinou a amar,amar pequenas coisas,pequenos detalhes que mostram a felicidade"-quando ele terminou não pude deixar de sorrir

A minha reação foi abraça-lo

"Eu te entendo,e te perdoou"-sussurei em seu ouvido

Olhei directamente nos seus olhos,quando pensei que ele ia me beijar,ele beijou minha testa e levantou e estendeu sua mão pra mim

"Vem"-disse me puxando em direção a escada

"Onde vamos?"-perguntei

"Confie em mim"

(...)

"Ed,já estamos andando a quase 40 minutos"-reclamei

Ele veio em minha direção e me pegou como se eu fosse um saco de batatas

"Edward"-gritei rindo

"O que foi? Você disse que estava cansada eu só resolvi seu problema"-disse rindo-"chegamos"

Ele me largou no chão e estavamos em um lugar meio conhecido por mim

"Lembra desse lugar?"-ele perguntou

"Não"-disse tentando lembrar

"Olha pra cima"-ele mandou

Eu olhei e havia uma casa na árvore eu lembro desse lugar era meu esconderijo eu lembro que Harry havia construido pra mim

"Na verdade foi eu,não o Harry"-disse-"eu trabalhava nessa casa á noite,era uma surpresa pra você,pra você ver que não sou tão mal assim,um dia eu acabei dormindo aqui e Harry viu e falou que era ele e lhe deu"-disse subindo na casinha

Fiquei tão surpresa,talvez o Harry não seje o Harry que pensei que era
Subi logo atrás dele,ele se deitou no chão de madeira,me deitei ao seu lado

"Eu descobri hoje que todo vilão tem seu lado bom"-sussurrei e adormeci ali mesmo

A Última alma (H.S)Leia esta história GRATUITAMENTE!