23

1.4K 131 76
                                    

Olhei pra trás e vi Rafe

- senhor amado oq você ta fazendo aqui? Não tava preso?- falei meio confusa mas tava aliviada de ver ele ali

- poise eu fugi- ele falou simples

- oi?- falei assustada

- mintira, meu pai antes de morrer falou que o culpado da morte da xerife era ele- pelo menos alguma coisa que preste esse velho fez

- ah pelo menos isso- falei e abracei Rafe, tava com saudade dele

- ficou preocupada é?- ele perguntou retribuindo o abraço

- não, nem gosto de você- falei brincando

- aham notei- ele falou e eu ri

- olha eu sei que eu não gostava do velho mas sinto muito pelo seu pai, ate porque foi eu que teoricamente matei ele- falei a ultima frase e Rafe me encarou sem entender

- você oq?- como assim ele nao sabia?

- ninguém te contou nao? Ele ia me deixar pra eu explodir no barco e ele fugir, então eu atirei nele e pulei na água pra eu não morrer- expliquei

- se ele não tivesse tentando te matar primeiro eu ficaria bravo com você-

- isso significa que você nao ta bravo?-

- relaxa não to bravo- ai gloria

- Que bom- falei e olhei em direção pra uma multidão, ja deve ser briga como sempre, não liguei muito e fiquei conversando com Rafe umas coisas nada a ver com nada

- ou- era sofia apareceu do além do meu lado

- sei irmão tava brigando ali- sofia falou e eu a olhei assustada

- brigando porque? Foi por causa da sarah ne?-

- foi, eles tão indo embora, você vem?-
Eu ia responder mas Rafe foi mais rápido

- não ela vai fica comigo depois eu levo ela- Rafe falou e sofia foi embora

- vem- Rafe me puxou pra Roda de amigos dele
Eles começaram a conversa sem nem nota minha presença ali, equanto eu tava olhando pro nada

- então ana ne?- um menino amigo do Rafe me chamou

- é- falei sem muito interesse

- você e o Rafe são oque?- era uma boa pergunta, olhei pro Rafe pra ele responder

- a relaxa ela é so minha amiga- Rafe falou e eu o olhei sem acredita

- a entendi- o menino falou e continuou a conversar com o resto dos meninos

Se é assim que o Rafe quer por mim tudo bem, soltei a mão dele e ele me olhou sem entender e eu apenas sai dali

Conversei com uns amigos que achei ali até que do nada eu vi um amigo meu de muito tempo, ele não era daqui so vinha de vez equando

- olha so quem ta aqui- falei chegando perto dele

- a era você mesmo que eu tava procurando- ele falou e me abraçou

- eai oq ta fazendo aqui?- perguntei me desfazendo do abraço

- a vim so passar o final de semana mesmo- ele falou e eu concordei com a cabeça

- eai qual é da dessa festa escutei fala muito bem dela-

- é essa festa acontece todo ano por isso, que beber alguma coisa?-

- quero- ele falou e eu peguei na mão dele o puxando pra mesa onde tinha as bebidas

- escolhe ai - falei apontando pra mesma que tinha tudo que é tipo de bebida

Ficamos conversando um bom tempo, ele tava me contando as coisas da escola dele e da família, nada de mais

- eai ta namorando alguém?- ele me perguntou

- não- falei e olhei em direção ao Rafe que tava me vigiado igual um loco

- que bom-

- porque quer me pegar?- falei e o olhei provocando

- talvez- ele falou e chegou mais perto

- opa eai?- Rafe falou entrando na frente do menino

- ah oi- coitado do guri ta entendendo nada

- a esse é o Rafe um AMIGO meu- falei e o Rafe me olhou com uma certa raiva

- prazer Theo- o menino o comprimento e Rafe nem deu bola

- eai Ana vamo?- Rafe perguntou me puxando pra perto dele

- não pode ir, eu me viro pra ir embora depois- falei e deu um sorriso sinico pro mesmo que tava pra arranca minha cabeça

- se quiser eu te levo mais tarde- theo falou

- viu, pode ir Rafe- falei e ele me encarou com ódio

- não eu te espero- Rafe falou e dava pra ve que ele tava se controlando pra não me da um tiro

- quer dança Ana?- theo me perguntou quando o clima começou a ficar estranho
Rafe me olhou com uma cara de que se eu aceitasse eu morri

- quero- falei e sai de perto do Rafe

Tava dançado com o theo enquando Rafe não tirava o olho de mim

- você tem alguma coisa com o Rafe?- theo me perguntou e eu neguei com a cabeça - então eu posso te beija?-

- pode- falei e não deu outra ele me puxou e me beijo, não era um beijo ruim, mas também não era la essas coisas

Não deu 1 minuto Rafe me puxou e me pegou no colo

- AH NÃO DENOVO NÃO- gritei com mesmo que tava me arrastando pra fora da festa
Ele me levou pro carro dele e me forçou a entra no carro

- você é doido cara- falei assim que ele entrou no carro

- eu juro que se tivesse com uma arma você ja tava morta- ele falou com ódio no olhar

- eu duvido- falei e senti meu rosto ardendo, sim ele me deu um tapa

- não brinca comigo garota-

Eu tava acreditando que ele tinha me batido não falei nada so olhei pra cara dele e retribui o tapa

- você pensa que é quem pra me bate em Rafe?- falei indignada

Ele colocou a mão onde eu tinha dado o tapa e riu

- ta loco é?- perguntei e ele me encarou e me beijo??? Mas eu me afastei dele, ele acha que vai me trata assim e vai me beija que vai ficar tudo bem?

- uai Rafe eu não sou só a sua amiga?-

- é- ele falou e eu apenas sai do carro e mostrei o dedo do meio pra ele

Voltei pra festa e fui até o theo

- ai theo desculpa de verdade mas o Rafe é loco desculpa mesmo-

- não tudo bem- ele falou e deu um sorriso simpático - quer que eu te leve pra casa?-

- sim por favor-

Ele me deixou em casa e foi embora

O irmão da minha amiga- RAFE CAMERONOnde as histórias ganham vida. Descobre agora