Capítulo 11

7.2K 457 510
                                    

Quem gostar de diálogo parabéns, bom capítulo. Quem não gostar, sorry. Ceis queriam capítulo grande? TOMEM. Ceis queriam interação Rabia? TOMEM. Um capítulo de mimos? TOMEM.

Boa leitura, se preparem pra boiolice, agora o mundo real acaba de vez e entra o mundinho da minha imaginação rs

----------------♡

Point of view Rafaella Kalimann

Acordei cedo no dia seguinte ansiosa pela ligação de Bianca. Não estava entendendo o que estava acontecendo com ela, do nada ficou extremamente estranha.

Acontece que, me aproximar de Bia estava me deixando confusa, antes do programa a gente vivia se esbarrando nos eventos, e eu sempre quis me aproximar dela. No programa deu tudo errado, mas os poucos momentos tranquilos que tivemos juntas foram ótimos, e no pós eu estava conhecendo outro lado dela completamente novo e diferente, e estava adorando, ela era uma boa amiga.

A noite anterior tinha tudo para ser ótima, mas Leonardo quis me acompanhar pois disse que seria bom nos verem juntos em público, tornando a noite um saco, pois tinha que me dividir entre as meninas e ele.

Estava já no caminho para o trabalho, quando meu telefone tocou no som do carro. Meu coração foi até a lua e voltou.

Bia: "Bom dia, Rafa. Tudo bem?"

Eu: "Bom dia, Bia. Tudo sim, e com você? melhor?"

Bia: " sim. Então, o almoço de ?"

Eu: "Com certeza. Onde e que horas?"

Bia: "Paris 6, ao 12h." - ela disse rindo.

Eu: "É sério isso?"

Bia: "Nunca falei tão sério na minha vida."

Eu: "Por esse e outros motivos que eu te odeio."

Bia: "Até parece. Até lá, beijo."

Eu: "Até, beijo."

Passei a manhã concentrada no trabalho, estava realmente estudando muito para ser atriz. Quando percebi, já era 11h40. Corri para o restaurante, mesmo sabendo que Bia se atrasaria. No meio do caminho, no carro, liguei para Manu.

Manu: "Bom dia, Rafinha!"

Eu: "Bom dia, Maria Manoela! Tudo bem?"

Manu: "Tudo, e com você?"

Eu: "Também. Então, te dou 1 real se você acertar onde indo."

Manu: "Paris 6 com Bianca Andrade."

Eu: "Ei! Que palhaçada é essa? Como cê sabe?"

Manu: "A Mari me contou!" - a voz de Gizelly apareceu no fundo da ligação cantarolando "A Rafaella tem um encontro com a Boca Rosa!" - Manu riu.

Eu: "Cala a boca, Gizelly! Ô Manoela, eu nervosa demais com esse trem."

Manu: "Fica tranquila, Rafinha. Depois quero saber tudo, agora preciso ir que a Titchela vai me ensinar a cozinhar."

Love History.Onde as histórias ganham vida. Descobre agora