capítulo 4

829 59 3

Capítulo feito por mim e pela maravilhosa PuzzleCandy

Maju narrando

Ele me leva pra fora do baile e me joga em seu carro...

Eu podia sentir a raiva em seu olhar, seus olhos avermelhados confirmavam o que o cheiro já dizia.
Ele estava drogado. Mas não vou abaixar minha cabeça pra ninguém, vou falar o que penso!

Maju: QUE MERDA!!! PRA QUE VOCÊ FEZ AQUILO, EU NÃO SOU SUA, E NEM VOU SER!!!- falo alterada

Alemão: ABAIXA O TOM DE VOZ FIA!!! Tu sabe muito bem que quem manda nessa porra sou eu!

Alemão:  E outra você não vai ser minha, você já é! - fala com um sorriso de lado

Maju: Não é verdade, nunca vou ser sua!!! Para a droga desse carro, eu quero ir pra casa!!!

Alemão: Eu te levo pra casa!!! E vê se fica quieta!!!

Nossa que grosso!!!

Deve ser grande também!! Kkkkk(sub consciente,)
Nome: Rosália

(A Rosália vai aparecer muito)

Aí fica quieta Rosália! ! !

Vou o caminho em silêncio, acabo dormindo um pouco...

Alemão:  Bora!!!- fala me puxando com força!

Maju:  Me solta essa não é minha casa!!!

Falo enquanto ele me puxava para entrar na casa, na verdade estava mais pra mansão do que pra uma casa.

Alemão:  A partir de hoje é sim! E se você tentar fugir, eu te mato! -fala como se fosse normal matar a alguém.

Entramos...

Alemão: NÃO QUERO TU DANDO IDÉIA PRA NENHUM HOMEM NESSE MORRO ALÉM DE MIM!!! TU É MINHA,MINHA PROPRIEDADE AGORA!!!

Alemão:  VOCÊ É MINHA! TEU QUERIDO PAI TE VENDEU EM TROCA DA DÍVIDA!!!

Não é possível, nunca imaginei que isso aconteceria comigo!

Maju: EU NÃO SOU UM OBJETO! VOCÊ NÃO É MEU DONO!!!
EU NUNCA,ESCUTA  BEM  N-U-N-C-A VOU SER SUA!!! VOCÊ PRA MIM NÃO PASSA DE LIXO!!! - só faço merda!

Ele me segura pelos cabelos, e diz:

Alemão: Vamos ver se você não é minha! -diz me puxando para o segundo andar da casa

Ele continua me arrastando e me joga dentro de um quarto.

Ele me joga no chão com toda sua força, ele começa a me dar socos e chutes, eu não estava mais aguentando.

Maju: Pa..Para por favor!!!-digo com dificuldade por conta da dor

Alemão: Parar? Eu nem comecei ainda -diz com um sorriso de lado

Ele me pega pelo braço e me joga na cama

Não pode ser o que eu tô pensando! Não mano ainda não! Eu sou maluca mas eu sou virgem

Não quero que seja assim

Ele senta em cima de mim!

(Sub consciente)

Rosália: É minha querida hoje tu entra no pau Kkkkk

Fica quieta demônio! ! Assim tu não ajuda! !

Ele pega uma algema no criado mudo do lado da cama

Mas que praga de pessoa tem uma algema no criado mudo!!!

Eu já estava desesperada! Meu Deus e agora?

Meus olhos já estavam marejados

Eu o olhava com bastante medo, vendo seu sorriso malicioso e com desejo enquanto o mesmo se aproximava do meu ouvido.

Alemao: Vou te ensinar o que é bom agora...

Ao falar isso, ele se agarrou minha cintura, fazendo com que eu usasse minha mão para separar o Alemão do meu corpo, fazendo com que o mesmo me desse um tapa e subisse em minha cintura, me imobilizando.

Maju:  O que você vai fazer..?!

Ele apenas sorria de forma maliciosa enquanto prendia minhas mãos à cabeceira da cama com uma algema que tinha tirado do criado mudo; podia sentir meus olhos sem enchendo de lágrimas ao ver que Alemão rasgou brutalmente meu vestido, fazendo com que ficasse apenas de calcinha, que também era retirada rapidamente.

Seus olhos estavam vermelhos, tudo aquilo tava me deixando apavorada.

Quem diria que logo eu que não tenho medo de nada estaria nesse estado...

Alemão: Calma, Majuzinha...

Logo o mesmo abaixava sua calça juntamente a sua boxer, deixando eu ter visão de seu membro duro, me fazendo fechar os olhos com medo já que esperava o que iria acontecer.

Depois de alguns instantes sentia uma dor imensa me atingir, deixando com que lágrimas escapassem enquanto sentia o Alemão se aproveitando do meu corpo, deixando com que seus gemidos ficassem liberados pelo quarto.

Logo o mesmo se cansava, gozando dentro de mim e retirando seu membro, logo sentia minhas mãos livres e suspirava, me encolhendo na cama e continuando a chorar, ouvindo a porta bater e me deixando um pouco mais aliviada ao ver que ele tinha ido embora.

Sentia uma forte dor por toda minha intimidade, além dos machucados no corpo.

Nesse momento me permiti chorar, chorei todas as dores da minha vida.

Todas as dores que tinha guardado dentro de mim enquanto me fazia de forte.

Por que ele fez isso comigo?

Era a única coisa que eu pensava.
Com tantas putas a disposição dele, tantas mulheres o desejando. Pra que ele tinha que se aproveitar de mim?

Ele tirou minha pureza,não que eu quisesse ficar virgem a vida toda, mas agora eu me sinto suja,me sinto descartavel, me sinto como mais uma das marmitinhas dele.

Mas eu não posso me deprimir, não foi minha culpa.
E sei que se eu ficar deprimida ele vai se aproveitar da minha fraqueza.

Você tem que ser forte Maria Julia!

Digo pra mim mesma em soluços e acabo adormecendo...

_________________♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥________________

Oi meus amores, espero que estejam gostando do livro, é meu primeiro então fico muito na dúvida.

Não se esqueçam das estrelinhas☆☆★☆☆
E de comentar.

Beijos de luz♡♡♡

O Dono do Morro-série[Morro E Máfia] 1°temporadaLeia esta história GRATUITAMENTE!