Capítulo 3° parte final

290 21 2

Olho para Bruno, não podia acredita, que ele fez aquilo, não sabia o que fala, entro no provador e encarro a mim mesma no espelho, lembrando do que acabou de acontecer.

- Júlia você esta bem? - a voz de Bruno soa preocupado.

- Sim. - troco rapidamente, minha roupa. Saio do provador e o olho.

- E-eu não queria.

- Entendo, vamos esquece que aconteceu isso.

Pego o vestido e o pago.

- Entregaremos em sua casa no sabado pela manha. Fala a caixa. Agradeço e saio da loja.

- Júlia espera.- Me viro o encarro

- O que, espera o que, não entendo foi por isso que quis ser meu amigo, para, aquilo acontecer.

- Só pensei que, esquce!

- Bruno! - Me sento no banco. - E que e difícil, você e meu melhor amigo dez de que eu tinha nove anos, eu não te vejo dessa forma que você me ver.

- Falo! Olha só esquce ta não vai se repertir, Bruno vai embora.

****

Eu não o via dessa, forma e só que ele era meu melhor amigo e só isso, repetia para minha cabeca, enquanto tomava banho. Meu único amigo acaba de me beijar, isso não era nada bom.

Não podia perder meu tempo com aqueles pensamentos, tenho algo melhor, para fazer. Concetre - se, dizia para mim mesma pela milionésima vez.

Sabia que não ia conseguir tinha que liga, para Bruno.

Bruno não atendia as libações, será que algo aconteceu. Droga!

Não queria perder meu único, amigo.

- Júlia o jantar ta na mesa!

- Já vou Amy.

Tento mais uma vez liga para Bruno, presisava saber se tudo estava bem.

- oi - a voz de Bruno era grave, como se estivesse muito mal.

- Bruno e..que eu.. - não consigo falar.

- Não esquenta Júlia, vamos esquecer de tudo ta legal. Ele desliga. Fecho os olhos, nunca me senti tão mal, por um amigo, na qual com cidero um irmão.

Depois da jantar, comecei a ler o livro na esperança de resposta ou refúgio para algo.

" Se estiver lendo isso agora, esteja pronto para, saber de toda a verdade "

O começo, era bem estranho, pata um livro viro a página. E fosse como as palvars aparecem do nada.

"Existem razões, para termos, sonhos, e uma delas e a que Você esta passando"

Bem esquesito.
" Sonhos, sempre tem uma razão, podem ser dividos em duas partes uma, sonhos, bons, e as outra sonho ruim, Sonhos, bons existem três fases:
1: Acontece quando pensamos muito em algo
2: Sobre o futuro
3: lembranças de um passado esquecido.
Os sonhos ruins são os piores.
Divido em três fases
1: pesadelos, os que impriginam normalmente normais
2: pesadelos obscuros, visto por pessoas diferentes.
3: o pior de todos, onde skyldon, se alimentam, de seus medos através se sonhos, os tornando realista.
Se você está passando por alguma fase que obtenha os dois, para o 25° capítulo desse livro.

50 Mil lágrimasLeia esta história GRATUITAMENTE!