Surpresa

890 41 37

I'm falling to pieces

(Eu estou me despedaçando)

Falling to pieces

(Me despedaçando)

She Wolf - David Guetta

Eu choro todas as noites e minha vida nunca foi um conto de fadas,tenho apenas 16 anos e nunca tive sequer um amigo minha mae é viciada em drogas e dificilmente eu a vejo sóbria e cada dia ela piora mais e por esse motivo a mais ou menos três anos larguei a escola,não conseguia me concentrar nas liçoes porque estava sempre preocupada com ela e porque era maltratada pelos alunos por não ser rica e ser tímida demais.

Tomei essa decisão pra ficar mais com ela e talvez ajudar mas isso fez com que ela se sentisse culpada e se envolvesse cada vez mais chegando no estado que esta hoje.

O que mais me dói é lembrar que nem sempre foi assim quando eu era mais nova morávamos no campo e eramos felizes mas tivemos que vim para cidade e ela mudou.Eu não sei porque mudamos e nem porque ela mudou ela não costuma falar muito sobre isso e sempre que eu pergunto ela desconversa.

Era mais um dia comum já tinha feito todas as minhas atividades de casa e a noite já estava chegando e como eu sabia daqui a pouco ela sairia e eu ficaria em casa orando pra ela voltar viva.

-Bom dia Marie ! - Minha mae me cumprimentava saindo do quarto com uma voz embargada de sono.Ela usava apenas um roupão mas era incrível como ela era bonita.

-Bem se eu levar em consideração que já é quase a noite -eu disse em tom brincalhao.E ganhei um sorriso cansado em troca.

-Marie ? - Ela disse olhando em meus olhos com os olhos marejados.

-Sim - Disse assustada

-Guarde todo o dinheiro que encontrar,você sabe não quero voltar louca pegar esse dinheiro e deixar você sem nada.Vc sabe é mais responsável que eu.

-Mas mae ...

-Me prometa Marie ! - Ela disse em tom grave

Isso já havia acontecido ela tinha vindo de madrugada pegado todo dinheiro que tínhamos pra comprar  drogas e nos deixado sem nada pra pagar as contas o mês inteiro.

-Prometo.- E aquilo encerraria a conversa

-Bom vou me arrumar enquanto voce faz o que tem que fazer- Ela disse indo em direção ao quarto.

Eu corri para o quarto dela :

-Mae... eu estava pensando....você.... poderia ficar em casa hoje..- Eu falei gaguejando mas continuei.Eu fiz a sua comida preferida pro jantar e vai passar aquele filme....

-Sabe que eu não posso Marie - Ela me interrompeu e disse em tom cansado.

-Mas e a comida e o fiiil....

-PORRA MARIE VOCE SABE QUE EU NAO POSSO !

E com isso ela saiu do quarto.

Eu fiquei perplexa,sem capacidade de falar ou me mexer.Como ela pode me tratar assim ? Sai do quarto dela e me tranquei no meu e comecei a chorar.

Vinte minutos eu ouvi a porta batendo e ela disse :

- Já vou indo Marie não me espere acordada .

E saiu sem um pedido de desculpas.

Logo depois de ouvir a porta da sala ser fechada desatei a chorar.Como minha vida tinha chegado a esse ponto? Porque ela me tratava assim? Depois de alguns minutos exausta adormeci.

__________________________________________

- CADE ELA ?

Uma voz masculina ecoava no corredor me fazendo acordar.Eu olhei no relógio eram 2:30 da manha,quem seria esse horário ?

Me levantei da cama pronta pra saber quem era quando ouvir a voz de novo.

-Vamos bonequinha apareça não vamos te machucar.

-Bem talvez só um pouco.

Um segundo homem falou e os dois deram risadas.

Eu estava estática sem conseguir me mexer ou pensar.

-Marie,esse é o nome dela.Marie

O primeiro homem disse novamente a forma como ele dizia meu nome me dava repulsa,eu precisava sair mais como ?

Não teria como eu ir até a cozinha ligar para policia sem que eles me vissem e o meu quarto não tinha outra saída a não ser a janela, ela tinha 10 metros de altura mas eu nao tinha escolha então me joguei dela e cai no jardim.Fez um barulho enorme e os homens que estavam dentro de casa ouviram e começaram a correr para o jardim atrás da casa que eu estava tirei força onde não sabia que tinha e corri para um bosque escuro que ficava perto.

Eu não conseguia enxergar nada e mais tropeçava do que corria atenta a qualquer movimento ou barulho mas não conseguia perceber nada de diferente mas mesmo assim eu não conseguia parar de correr o medo e a adrenalina me invadiam.Até que uma mao forte agarrou minha cintura e a outra minha boca e uma voz rouca falou em meu ouvido:

-Chega de fugir princesinha,hora de te levar ao chefe.

________________________________________
Heeey gente é minha primeira historia então eu ficaria super feliz se vcs comentassem dizendo o que vcs acharam e votassem.Tenho muuuuuuitas idéias pra essa historia e acho que ela vai ficar legal.
Mostrem pros amigos pros inimigos pra todo mundo rrsrsrsrsrs
Mas leiam, beeeem to agradecida bjooooos de luz *---*

HopelessLeia esta história GRATUITAMENTE!