único

9 1 0


OneShort - Midnight Kiss

- mas princesa…
- “mas” nada! Eu já dei a ordem e já são dez horas da noite e eu não quero mais ouvir no nome dele! – disse Rose se levantando do seu trono e saindo daquela sala indo ao seu quarto.
Ela bateu a porta do quarto e se escorou na porta olhando para o teto tomando um susto ao ver sua namorada flutuando de cabeça para baixo enquanto bebia sangue em uma garrafinha.
- te assustei? –Lisa desceu para o chão beijando o rosto de Rose.
- o que faz aqui a essa hora? Nem é meia-noite ainda...
- eu sempre venho a essa hora aqui... você nesse horário era para esta na aula de boas maneiras, alteza. 
-eu nem irei hoje – se jogou na cama – eles querem que eu tome uma decisão de mandar os guardas irem prender DE NOVO o playbozinho do reino ao lado.
- o Woonho?
- ele mesmo – ela cobriu o rosto provavelmente queria chorar.
Rose tinha apenas seus 23 anos e havia assumido o trono quando tinha seus 16 anos após sua mãe ter falecido e já que ela nunca conheceu seu pai e ela era a única herdeira do trono ela teve que assumir.
- não chore, amor – Lisa deu um beijinho no pescoço de Rose, era uma mania de fazer ela começar a rir e não chorar.
- Lalisa...?
- diga – Lisa ficou entre as pernas de sua namorada e colocou a garrafinha com sangue em cima da mesinha.
- seu pai desconfia que a filha dele namora uma princesa do reino em que ele declarou guerra a séculos?
- ele provavelmente sabe que eu possa estar em um relacionamento e caso saiba que eu namoro com a herdeira do reino ao que ele já tentou destruir várias vezes talvez ele fique bravo... mas ele sabe que eu tenho 1003 anos e sei o que estou fazendo.
- e que a filha dele é lésbica?
- ele descobriu isso  com tinha meus 17 anos... ele me viu beijando uma garota.
- alteza? – o conselheiro real de Rose bateu na porta do quarto – é hora das aulas de etiqueta.
Rose abriu a boca para responder mas Lisa a tampou e fez um sinal para que ela não respondesse. Lisa sabia que era muita pressão em sua namorada e sempre que podia gostava de distraí-la. Como faziam quase 2 meses que elas não tinham um momento juntas para “namorarem” Lisa começou a dar pequenos beijos em seu pescoço para provocá-la.
- alteza? – chamou de novo e esperou alguns segundos e vendo que não teria resposta se afastou da porta.
- quebrando as regras, alteza? – Lisa passou a língua nos lábios de Rose e sorriu olhando os olhos dela.
- escapadas noturnas também é contra as regras.
- mas no meu caso eu não mando em um reino, eu apenas sou a princesa dos Vampiros, meu pai que comanda o reino.
- você quer dormir aqui hoje? – olhou para os lábios de Lalisa – ou você não pode demorar muito?
- eu posso dormir aqui hoje... só que quando você acordar eu não vou aqui porque seus cervos entram no seu quarto e te acordam... isso é cruel.
- me acordar?
- exato.
- você acaba se acostumado com o tempo – Rose se sentou na cama puxando Lisa para um beijo.
Rose passou suas mãos na cintura de Lisa já que o moletom que ela usava era curto ela aproveitou para tirar proveito, ao subir as mãos os seios de Lisa percebeu que ela usava um top vermelho.
Elas sorriram entre o beijo onde Lisa colocou as mãos na nunca de Rose, o beijo estava quente e elas tentavam ao máximo não fazer barulho para não chamar a atenção de ninguém.
- tira o moletom, Lisa – parou o beijo e a encarou nos olhos, onde Lisa levantou os braços para que seu moletom fosse retirado. – que saudade eu estava de você... de ter um momento com você.
- eu também estava com saudade de você, mas estava com mais saudade quando você me domina – levantou uma sobrancelha sorrindo sapeca – da próxima vez que eu vim aqui de novo eu te a devida atenção que minha linda namorada e quase noiva merece.
Elas sorriram.
Lisa desamarrou o laço do vestido de Rose e desceu o zíper que ficava atrás da costas, Lisa deitou na cama e Rose subiu em cima dela beijando seu pescoço enquanto alisava seus seios por cima do Top. Elas tentavam evitar de gemer ou falar alto pois o romance dela era em segredo afinal, Rose era do reino humano onde os vampiros tinham uma guerra entre eles, era um ódio enorme entre os dois, e antes ela e Lisa se odiavam com todas as forças mas como Rose sempre dava uma fugida as noites e Lisa também elas começaram a se conhecer e se apaixonaram, elas estão juntas a cinco anos. Se alguém descobrir sobre elas iria dar uma grande confusão.
Lalisa mordeu o pescoço de Rose, ela amava quando isso acontecia, elas gostava de sentir os dentes entrando em sua pele, era excitante.
- faz isso de novo? – pediu.
-sabe que eu não posso ficar mordendo várias vezes, né? Isso pode te transformar em uma vampirinha.... não que seja ruim, seria lindo conviver com você pela eternidade.
- então deixa eu dar umas mordidas em você – Rose afastou o cabelo de Lisa e mordeu seu pescoço o chupando logo em seguida.
Após vários beijos e mordidas elas já estavam nuas, Rose estava entre as pernas de Lisa e rebolava em seu colo esfregando suas áreas intimas uma na outra enquanto se beijavam.
- gosta quando eu faço isso?  - Rose mordeu a orelha – hm? – gemeu baixinho em sua orelha.
- gosto.
Rose começou a chupar as outras áreas do corpo de sua namorada onde desceu até a área intima, fez um “rabo de cavalo” com próprio cabelo para ele não atrapalhar enquanto chupava Lisa.
Rose abriu um pouco mais as pernas de Lisa e beijou suas coxas e em toda região de sua virilha.
- isso é mau, você é muito má – Lisa agarrou suas unhas no lençol da cama.
- sou, é? – passou a língua no grelo de Lisa – não acho que eu seja.
- você ama me provocar, né?
- sempre que posso eu gosto de te provocar – foi subindo os beijos na barriga até os seios os chupando cada um, morderam os biquinhos e depois o chupou olhando para os olhos de Lisa – você é perfeita. Seu corpo é uma obra de arte.
Rose começou a fazer pequenos movimentos circulares na intimidade de Lisa e percebeu que ela estava excitada, Rose beijou Lisa enquanto a beijava colocou dois dedos dentro de sua namorada, e já que Lisa já estava excitada e muito molhada não era preciso lambuzar os dedos.
- geme baixo, amor – sussurrou entre os beijos – não quer se pega no flagra – sorriu.
- você cortou suas unhas já planejando em comandar essa noite?
- na verdade eu não sabia que você viria e eu estava planejando me divertir sozinha.
Lisa entendeu o que  rose havia se referido e sorriu mas logo depois gemeu quando Rose aumentou a velocidade de seus dedos.
- gema baixo – mordeu seus lábios – gema no meu ouvido.- é tão delicioso ver e ouvir você gemer.
- eu poderia fazer isso todos os dias.
- eu sei que poderia.
As duas já estavam tão acostumadas em fazerem amor em segredo que sempre que uma gemia mais alto a outra automaticamente a beijava ou cobria sua boca.
Seus corpos estavam sincronizados, batimentos acelerados, elas trocaram os últimos olhares e lisa gozou nos dedos de sua namorada, rose tirou os dedos dentro dela e chupou-lhes.
As duas sorriram e se sentaram na cama, lisa prendeu os cabelos e cobriu seu corpo com o cobertor.
- falta pouco tempo para meia-noite... quer ainda que eu durma aqui? – perguntou Lisa.
 - queria que dormisse a noite toda.
- sabe que eu não posso... ao menos que você durma na minha casa.
- um dia, talvez.
Rose cobriu seu corpo com um coberto e lisa vestiu sua roupa novamente e foi em direção de sua namorada.

- te vejo, amanhã? - lisa abraçou Rose - vou ter que aprontar algo para te ver...

- fale que gostaria de conversar com a princesa... a sós.

Lisa iria falar algo mas encarou a janela séria.

- o que ouve?

- preciso ir... digamos que meu pai está sentindo minha falta - Lisa pegou sua garrafinha de sangue e deu um beijo em Rose.

O sino tocou, eram exatamente meia- noite.

- eu te amo - Rose disse olhando  nos olhos de lisa.

- eu também te amo.

Lisa por fim voltou para seu reino e Rose tomou um banho rápido e voltou a dormir, daqui a seis horas ela teria que levantar para cumprir seus deveres de alteza.

Mas ela estava feliz porque veria de alguma forma sua namorada.

--------
Postando também no social spirit

Espero que tenham gostado e se quiserem poderiam favoritar?

Obrigada e até a próxima  

chaelisa OneShort - Midnight Kiss Onde as histórias ganham vida. Descobre agora