u m

12.3K 1.6K 770
                                    

Ela havia dito que nossos corpos são como o sol e a lua: um foi feito para brilhar e o outro, para absorver aquela luz.

Não a entendi de imediato.

Eu seria o sol? Não, sou apagado de mais para iluminar um dia.

Ela segurou minhas mãos e disse que queria se livrar daquele peso, daquela bagagem.

Quem eu seria? O peso? A bagagem? Aquele cara cortês que a ajudaria a livrar-se de ambos? Ninguém?

Ela falou algumas palavras comedidas e disse que era melhor eu ir embora. Depois ela disse fique, não vá agora.

O que eu iria fazer primeiro? Ir ou ficar?

Eles me disseram que a viram beijando o quarterback do time de futebol da faculdade.

Eu os vi, eles pareciam movidos à gasolina.

O que eu deveria fazer? Me arrastar até seus pés e pedir perdão por algo que eu não fiz? Mandá-la sair da minha vida de uma vez por todas?

E eu ainda a amo...

Ainda a amo.

Eu fugi.

Parecia movido à óleo diesel e álcool.

Era veloz.

Eu era movido a luz solar.

Não lembro de ter chorado tanto antes...

Tudo por ela.

A dama dos corações partidos.

Por que ainda a vejo em meus sonhos?

05:45 amOnde histórias criam vida. Descubra agora