Caderno de receitas

14.6K 638 80

Prólogo

Escrever sobre a minha vida é contraditório e estranho. Para ser sincera chega até ser irônico. Quem sou eu para escrever?

Só uma dentista metida à doceira e chefe de cozinha.

E por que alguém leria o que escrevi? Não faço ideia. Mas minha psicóloga insistiu.

É, faço psicoterapia, quer dizer, tento. Digo tento, porque não é nada fácil falar sobre o que mais dói e machuca, mas tem me feito bem, até agora, e por isso vou continuar fazendo o que a minha psicoterapeuta me orienta.

E por que motivos ela quer que eu escreva?

Bom, pelo visto por vários motivos. Alguns deles, ainda nem descobri. Mas pra começar, é porque acho muito difícil falar sobre os meus sentimentos, e percebi que sou melhor escrevendo. O outro motivo, segundo ela, é que pode me ajudar a entender o que estou passando, porquê e para quê. Não sei se vai realmente ajudar, mas se ela, que deve entender do assunto, está dizendo, como duvidar? Sendo assim, escrevi.

Quer me ler?

Mariana




Caderno de ReceitasLeia esta história GRATUITAMENTE!