Fim de Férias

2 0 0

Em uma cidade, não muito grande, porém bonita e calma, morava uma família um tanto tradicional. Era o tipo de família perfeita: pai, mãe, filho mais velho e a caçula que era apenas dois anos mais nova que seu irmão. Ah,e além disso havia um cachorro chamado Billy. Billy era um pug, como todos os outros era fofo e amável, todos da família tinham um amor impagável pelo pequeno e gorducho Billy.

Espera! Eu disse família perfeita? Será?

Bom... Em um dia normal, pra ser mais específica, era uma segunda-feira, tempo nublado e fim das férias de verão. Os pais Joanne e George foram até o quarto dos seus filhos acordá-los e prepará-los pra mais um período de aula, normal não é? Certo, Joanne foi acordar Rachel e George foi acordar o mais velho e mais "complicado " Jake. Rachel era tranquila, jamais trazia problemas, era um doce. Joanne com toda leveza foi acordar Rachel

- Meu bebê, acabaram as férias, hoje é o seu primeiro dia de aula. Vamos!-

Rachel levantou, deu um beijo carinhoso de bom dia em sua mãe e foi atravessar o corredor do andar de cima para ir ao banheiro quando ouve certa gritaria vindo do quarto de Jake.

-EU JÁ TE MANDEI LEVANTAR, NÃO ME FAÇA GRITAR DE NOVO!-

E é quando se deu pra ouvir uma voz sonolenta porém em um tom de deboche dizendo:

-Gritar? Já não está gritando?-

-Ande menino, levante, estou muito furioso com você!

E assim, Jake se levantou. Eram 06:30 e eles precisavam entrar na escola ás 7:45, então tinham que se arrumar logo. Rachel já tinha despertado, já tinha tomado banho, escovado os dentes e colocado o uniforme. Só lhe faltava calçar os sapatos e tomar café.

Na cozinha, Joanne lava frutas para o café da manhã de seus filhos, enquanto na sala, George vê seu jornal de tv preferido do dia. Rachel já na mesa fica pensando ansiosamente no seu primeiro dia de aula. Sim! Ela tinha 11 anos e ia finalmente entrar pro ginásio. LÁ VAMOS NÓS 6°ANO.

É, ia demorar um pouco pra ela se acostumar com aquele número maior de professores, mas quem se importa? Isso é o de menos.

Jake com 13 já havia repetido uma série, estando assim no 7° ano. Grande vergonha não é mesmo? Enfim. Às 7:00, Joanne chama Jake.

Onde ele estava? Ah, nada mais nada menos do que alimentando Billy,mas estava com a mesma roupa de quando acordou e estava com o mesmo mau hálito de quem acabou de acordar.

Joanne não acreditou no que viu e foi correndo dar um jeito em Jake, mas ele era um menino teimoso, tinha que ter garra e não desistir nunca pra convencê-lo a fazer qualquer coisa, até mesmo seus pais.

Ele muito furioso subiu, e foi se arrumar em pouquíssimo tempo, e logo depois seguiram pra escola.

A vida vista de FrenteLeia esta história GRATUITAMENTE!