𝑪𝒂𝒑𝒊𝒕𝒖𝒍𝒐 𝒕𝒓𝒊𝒏𝒕𝒂 𝒆 𝒅𝒐𝒊𝒔

3.1K 340 123
                                    

𝙈𝙖𝙮𝙖 𝘽𝙤𝙪𝙧𝙣𝙚

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

𝙈𝙖𝙮𝙖 𝘽𝙤𝙪𝙧𝙣𝙚

O primeiro dia de aula não poderia ter começado melhor. Demorei demais para me arrumar, isso me causou alguns minutos de atraso para sair de casa. Na hora do café acabei derramando café no chão. Se não fosse minha mãe me mandar sair de casa logo, eu estaria muito atrasada. 

Mas por sorte, cheguei na escola num tempo razoável. Ainda dá tempo de cumprimentar as pessoas e dar uma volta. Sarah anda rapidamente na minha direção, sua feição entediada me faz rir.

━ Eu quero ir embora. 

━ Nem entramos na sala de aula ainda. ━ ela entrelaçou seu braço no meu e nós começamos a caminhar. 

━ Nem preciso para saber que vai ser horrível.

━ Talvez hoje seja apenas palestras e cronogramas, nada demais. 

━ Se for palestra, última fileira e do lado da parede. ━ concordo. ━ Por que você não esperou um ano para nascer?

━ Pergunte para os meus pais que se adiantaram. ━ falo rindo.

━ Seria mais fácil se você estudasse na mesma sala que eu. ━ ela suspira. 

Algumas pessoas me param e perguntam como estou e se fiquei bem no domingo. Muitas estavam visivelmente preocupadas, já outras dava para ver que era apenas curiosidade. 

━ Bom, é a minha hora. ━ paramos na sala de Sarah. ━ Quero chorar. ━ ela faz cara de choro.

━ Quer que eu te leve pela mãozinha? ━ faço uma voz fofa e ela ri. 

━ Não, eca. ━ nós rimos. ━ Até depois. 

Ela entra na sala e eu sigo andando sozinha pelo corredor até encontrar Kelce e Topper escorados no meu armário.

━ Como você está? ━ Kelce me olha.

━ Falamos com Rafe ontem e ele disse que você estava bem, mas né. ━ Topper fala. 

━ Bom dia pra vocês também. ━ empurro eles da frente do meu armário e tiro alguns livros da mochila.

━ Estamos preocupados com você e a sua preocupação é colocar os livros no armário? ━ Kelce me olha indignado. 

━ Minha coluna é a minha preocupação. ━ fecho o armário.

━ É, ela está bem. ━ Topper fala me fazendo rir.

━ Eu estou bem, gente. Foi só um susto.

━ Você desmaiou. Ficou toda mole jogada no sofá. ━ Kelce fala e eu reviro os olhos e começo a andar. 

━ Mas agora estou aqui e de pé, sem escândalo. 

━ Eu queria muito ter gravado, mas tive respeito pela situação. ━ Topper começa. ━ Talvez eu não deveria ter tido. 

━ Se você tivesse gravado, eu iria fazer chantagem com os mais de mil vídeos que tenho de você bêbado. 

Nós entramos na sala e nos sentamos no mesmo lugar de sempre. 

A professora entra na sala e começa a passar o cronograma anual. Anoto ele e fico o restante do período jogada na cadeira, não há muito o que prestar atenção. Nos últimos períodos fomos para a sala de palestra, e como esperado, Sarah já estava me esperando. 

Me sento ao seu lado e ela deita a cabeça no meu ombro. Kelce se senta ao meu lado e Topper se senta ao lado dele. Passei a palestra toda bocejando e quase dormindo. É a mesma chatice de sempre, as mesmas regras que já estamos cansados de saber.

Após me despedir da Sarah e dos meninos, começo a caminhar para a minha casa. Apesar de achar que era exagero de Kelce querer aproveitar ao máximo, ele estava certo. Tinha me esquecido do tamanho da chatice que é o início das aulas. 

Sinto um carro se aproximando de mim e paro de andar para ver. Ward para o carro e abaixa o vidro. 

━ Preciso conversar com você, pode ser agora? 

━ Pode, claro que pode. 

━ Se tiver alguma coisa para fazer, vou entender. 

━ Não, não tenho nada para fazer. ━ abro a porta do carro e entro.

━ Podemos almoçar em algum lugar, o que acha? ━ ele me olha.

━ Perfeito.

Ele concorda e começa a dirigir para algum restaurante. Pego meu celular e aviso para a minha mãe que irei almoçar com o Ward. 

Nós descemos do carro e andamos até uma mesa mais reservada.

━ Estou curiosa para saber do assunto. ━ cruzo os braço e coloco em cima da mesa.

━ Não temos muita coisa para conversar além do meu filho. 

━ É isso que me deixa mais curiosa. O que aconteceu de ontem para hoje que você teve que vir correndo falar comigo? 

━ Não é de ontem para hoje… ━ ele suspira e faz uma pausa dramática. ━ Eu gosto muito de você, sabe disso. Você cresceu com os meus filhos e é uma menina maravilhosa. 

━ Não faça rodeios. 

━ Eu realmente fiquei surpreso quando vi você e Rafe juntos, e saber que vocês dois estão namorando foi um baque. 

━ Eu ainda quero saber o problema disso.

━ O Rafe é um menino complicado… Ele tem alguns problemas e…

━ E você nunca fez nada para ajudar. Eu sei de muita coisa, senhor Cameron. 

━ Ele usa drogas. ━ ele fala com a voz mais firme.

━ Eu sei que nada justifica ele usar drogas, mas elas foram um refúgio para ele. Ele correu para elas porque o senhor sempre deixa ele se sentindo o insuficiente e inferior aos outros. E acredite, estou tentando ajudar ele nisso. Eu soube dessas coisas antes de começar a namorar com ele e eu não vou desistir de ajudá-lo. 

━ Não sei o que Rafe te fala, mas ele exagera…

━ Não é exagero quando se trata do que ele sente. ━ ele fica em silêncio. ━ Ele só quer a sua aprovação e você apenas o deixa mais para baixo. Ele sempre faz o melhor que pode para receber um mínimo de atenção e o senhor não fala nada, só aponta os erros. Se ele recebesse o mínimo de elogio e menos cobranças, ele seria uma pessoa melhor. 

━ Eu só não quero uma menina tão brilhante como você com uma pessoa como ele.

━ Do mesmo jeito que o senhor não queria a Sarah com o John B por achar que ele não era a altura dela. Diferente de muitas pessoas por aí, nós queremos amor e ficar com quem realmente gostamos, não de apenas status. ━ ele tenta falar, mas o interrompo. ━ E se esse era o assunto, já está encerrado. Eu amo o Rafe e não vou desistir dele porque ele está psicologicamente abalado e precisa de ajuda. 

Me levanto e saio do restaurante. 

 ⇨ 𝐹𝑟𝑖𝑒𝑛𝑑𝑠 • 𝑅𝑎𝑓𝑒 𝐶𝑎𝑚𝑒𝑟𝑜𝑛Onde as histórias ganham vida. Descobre agora