Noite Escura (degustação)

Noite Escura (degustação)

1.1K Reads 148 Votes 9 Part Story
R. Tavares By R_Tavares Completed

A perseguição de uma testemunha ocular de um crime cometido por um assassino de aluguel que nunca deixa pistas. 
    No interior do Brasil, um sujeito que estava no lugar errado e na hora tem que fugir para não acabar morto. 
    Um thriller que não esconde suas influências na ficção de polpa (pulp fiction), porém trás as histórias de mortes e perseguições para o ambiente regional no Brasil.
    Descubra essa história! Leia e comente!

VOCÊ PODE COMPRAR O LIVRO FÍSICO E FAZER UM AUTOR FELIZ! BASTA ME CHAMAR!

Alguns comentários de leitores:

"Adorei. Fazia tempo que não lia nada regionalista (brasileiro). Sabe aqueles livros de José de Alencar, por exemplo, o Gaúcho é um deles. Érico Veríssimo. Ai ai delícia de história. Obrigada por compartilhar conosco." - Maria Alves

"Os capítulos curtos são uma maldade com quem tem ansiedade assim como eu. Vou seguir e tentar não roer as unhas." - Carol Paim

"Estou aguardando ansiosamente por mais capítulos!" - RainbowLost
    
    
    Capa: ilustração de MMiller (www.segue.pro)

  • assassinatos
  • crimes
  • mistério
  • perseguição
  • pulpfiction
  • suspense
GiovanniTurim GiovanniTurim Nov 12, 2017
Eu curti muito a capa do livro, e vim ver o conteúdo, me surpreendi. Vou continuar lendo,  parabéns pela criatividade. Me lembrou um pouco das histórias que eu ouvia entre amigos a tempos atrás.
RosileniViolino RosileniViolino Oct 23, 2017
Fiquei curiosa.  Eu no lugar dela ficaria apreenciva pelo marido mas ela parece calma não fala nada!!
VagnerNeubert VagnerNeubert Oct 18, 2017
começando a acompanhar novamente... o prologo ficou melhor mesmo
LilsonJonathan LilsonJonathan Nov 23, 2016
Ótimo prólogo. Só uma dica: coloque entre aspas as falas. ><
AneTegal AneTegal Nov 17, 2016
Humm uma Mariana aqui tb rsrsrs. Gostei muito da sua escrita!
MariaGAJ784 MariaGAJ784 Dec 02, 2016
Adorei. Fazia tempo que não lia nada regionalista (brasileiro). Sabe aqueles livros de José de Alencar, por exemplo, o Gaúcho é um deles. Érico Veríssimo. Ai ai delícia de história. Obrigada por compartilhar conosco.