Na escuridão de mim mesma

Na escuridão de mim mesma

17.2K Reads 2.7K Votes 55 Part Story
CCavalcante By CCavalcante Updated 7 hours ago

Andrey Bernardes é o irmão do meio de uma família só de homens. Seu jeito frio e controlador  o ajudou a colocar a Vood Cosméticos entre uma das mais conceituadas do país. Perdeu a mãe quando tinha apenas 10 anos e viu o pai mergulhar em um abismo de tristeza que não só o afastou de toda a família, como quase a destruiu. Prometeu a si mesmo que nunca amaria uma mulher como o pai amou sua mãe, pois não queria sentir a dor que viu nos olhos dele quando a perdeu. Aos 30 anos, nunca havia se apaixonado e muito menos amado uma mulher, mas o destino iria mais uma vez mostrar uma de suas várias facetas!
           
          Loureane Vasconcelos podia se considerar a mulher mais feliz da face da terra. Única filha de dois magnatas do ramo da publicidade, casada com o homem de seus sonhos e mãe de dois lindos anjos, se encontrava no auge da felicidade. Até que uma viagem de férias lhe tira tudo! Inclusive a vontade de viver! Sem lembranças do acidente que mudou sua vida,  ela se encontra absorta em uma mar de tristeza e solidão, na qual a escuridão é sua melhor companhia, principalmente a de sua alma. 
          
          Até que em uma noite eles se encontram, sem saberem que seus destinos já estão ligados. Ele não consegue se afastar mesmo sabendo que ela é um verdadeiro abismo. Ela não o quer perto, pois ele insiste em salvá-la de si mesma.
          
          Chore, emocione-se, vibre, descobrindo: Como o amor pode salvar alguém que se recusa a ser salvo?

Nossa ...que misterio.nao atiçou a minha curiosidade esse prologo mas mi provocou um frio na espinha de quem diz fica longe dessa historia..
MihSou MihSou Sep 30, 2016
Ameiii ! Principalmente a personalidade dela e a reação dele ...
Nossa a escrita e muito boa, e o personagem narrando passa sentimento do drama daquilo que ele luta contra, e ela personagens forte q mostra q tem seus trauma, mas não enfraqueceu só a tornou forte e decidi. 
                              Vou continuar de certeza.
cinthiachica cinthiachica Jul 09, 2016
Como você é horrível boy! Eu teria te dado um tapa mesmo!
- - Oct 17, 2016
Amei! Gostei tanto dessa gatinha que eu não sei o nome, eu já disse que amo gatos? Achei a história dela um pouco triste, mas estou ansiosa para descobrir mais sobre o que vai acontecer.
cinthiachica cinthiachica Jul 09, 2016
Aff boy! Vocês não tem todo trabalho! Nem sabem como é ser mulher! Menos, porfavor, muito menos!