Delicate

Delicate

102K Reads 11K Votes 21 Part Story
Bia By LarrieMasochist Completed

Harry Styles era o alfa mais desejado da cidade. Perfeito, de corpo bonito e olhos intensos, Harry sempre foi o que todos os ômegas e até mesmo betas da pacata Holmes Chapel queriam. Mas o que ninguém sabia era que Harry já era completamente apaixonado por Louis, seu irmão e um beta. 
Louis sempre foi o menino prodígio de sua cidade. Desde criança todos acreditavam que seria um ômega por causa de seu jeito delicado e pequeno. Mas foi uma enorme surpresa quando já com dezesseis anos, Louis não tinha entrado no cio nenhuma vez presumindo assim que seria um beta para a decepção de vários, principalmente de Louis que desde pequeno nutria uma paixão pelo seu irmão Harry que era um alfa e nunca iria querer um beta como ele. 
No entanto, foi uma enorme surpresa para os dois quando em um dia, sozinhos em casa, Louis sente um calor infernal e Harry sente um cheiro maravilhoso.

AVISO: Fanfic iniciada em 2014, finalizada em 2015 ou 2016 (não tenho certeza), ou seja, quando eu tinha cerca de 14, 15 anos. Então, a fanfic é antiga, quase quatro anos, e, quando comecei a escrevê-la, não tinha muita experiência sobre escrita e temas aqui abordados. Por isso, sinto muito por todos os erros de escrita, assim como pelos erros no enredo da história e por toda a incoerência com que tratei alguns temas, que não foram corretamente desenvolvidos. Sintam-se livres para lê-la ou não, mas já estão avisados que ela não é, nem de longe, uma fanfic com um bom enredo e escrita.

AVISO 2: Provavelmente, entrará em correção e terá mudanças significativas, tanto na escrita, quanto no enredo e em certos temas aqui tratados.

  • alfa
  • beta
  • boyxboy
  • harry
  • harrytops
  • htops
  • larry
  • larrystylinson
  • lbottom
  • liam
  • louis
  • louisbottom
  • niall
  • niam
  • omega
  • stylinson
  • zayn
  • ziall
  • ziam
Suicid20 Suicid20 Sep 24
Provavelmente eu seria beta, mas se fosse ômega ia agir que nem alfa
eu ia fala não me toca não porra, sei nem aonde tu enfiou essa mão