cinquenta tons de liberdade

cinquenta tons de liberdade

31.3K Reads 527 Votes 30 Part Story
Maria Márcia Nunes Santos By stylesmary1d Completed

Epílogo
Mamãe! Mamãe! Mamãe está dormindo no chão. Ela está adormecida há muito tempo. Eu
escovo o cabelo dela do jeito que ela gosta. Ela não acorda. Eu tento acordá-la. Mamãe! Minha
barriga dói. É fome. Ele não está aqui. Estou com sede. Na cozinha, eu puxo uma cadeira para a
pia, e bebo água de lá. A água respinga no meu suéter azul.
Mamãe ainda está dormindo. Mamãe acorda! Ela não se mexe. Ela está fria.
Eu vou buscar o meu cobertor, e eu cubro a mamãe, e eu deito no tapete verde pegajoso ao
lado dela. Mamãe ainda está dormindo. Eu tenho dois carrinhos de brinquedo. Eles correm
pelo chão, onde a mamãe está dormindo. Eu acho que Mamãe está doente. Eu procuro algo
para comer. No freezer eu acho ervilhas. Elas estão frias. Eu as como lentamente. Eles fazem o
meu estômago doer. Eu durmo ao lado de mamãe. As ervilhas acabaram. No congelador tem
algo. Cheira engraçado. Eu o lambo e minha língua gruda. Eu o como lentamente. Tem um
gosto ruim. Eu bebo um pouco de água. Eu brinco com meus carros, e eu durmo ao lado de
mamãe. Mamãe está tão fria, e ela não acorda. Arrombam a porta Eu cubro a mamãe com o
meu cobertorzinho. Ele está aqui. Foda-se. Que diabos aconteceu aqui? Ah, não, a filha da
puta. Merda. Foda-se. Saia da minha frente, seu merdinha. Ele me chuta, e eu bato minha
cabeça no chão. Minha cabeça dói. Ele chama alguém e vai embora. Ele tranca a porta. Deitome
ao lado de mamãe. Minha cabeça dói.
e

No comments listed yet.