Taínos: os herdeiros da invasão

Taínos: os herdeiros da invasão

17K Reads 1.1K Votes 38 Part Story
VaniadaSilva2 By VaniadaSilva2 Updated Nov 03

Hatuey tinha somente oito anos quando viu um deles pela primeira vez. Ela, a criatura, estava morta e desfigurada. Seu corpo fora trazido pelas águas do mar e encontrado na praia de Quisqueya, território do povo Taino, o clã do menino. 
Diziam que Hatuey era a criança da profecia. Fora por causa das insistentes visões e sonhos do Bohique, o xamã, que ele teve de ser iniciado com idade tão tenra, outros só o seriam depois de terem completado dez anos, ou mais. 
Mas foi quando Hatuey visualizou os olhos estatelados e sem vida, do corpo albino e esquelético na praia, que imagens ligadas à criatura, lhe vieram como em raios e trovões de tempestade: a visão de um futuro sombrio, cenas recortadas, embaçadas como neblina, rápidas. Elas diziam de traição, escravidão, doenças, perseguições e mortes. Muitas e terríveis mortes.

Eles, os outros, só começariam a chegar, pelas águas do mar, dali a dois anos. Mas o que ninguém poderia imaginar era que os horríveis prognósticos, as aterradoras visões e profecias, tão incessantemente repetidas pelos xamãs, eram só um vislumbre do que estava por vir com a chegada das criaturas que traziam em si o mal. 
Totalmente baseado em fatos reais, com personagens que realmente existiram, o livro fala do genocídio e holocausto dos povos indígenas, que habitavam as Ilhas do Caribe na América Central,  com a chegada das criaturas de pele branca e corpo coberto de pelos, parecida com o ser humano, mas que encarnavam o espírito dos piores demônios. 
#Trailblazers #Wattys2016

benoliveira benoliveira May 29
Arte de capa maravilhosa! Fiquei curioso para ler seu livro.
diegotribos diegotribos Apr 23
Muda-se a arte e o título mas nunca a qualidade. parabéns.
DylanScorpio DylanScorpio a day ago
Começando...
                              Deve ser interessante, pois fala sobre os indígenas de uma forma meio que diferente, não sei... Emfim, espero que seja bom!
História sobre envolvendo cultura indígena... interessante. Lerei isto!
Nunca disse isso, mas simplesmente AMEI a sua capa. No mais, sempre esquecia de falar isso quando a via. haha Enfim, começarei a ler sua história.