Eu quero e Eu posso.

Eu quero e Eu posso.

250K Reads 23.1K Votes 47 Part Story
Kikabruxinha By Kikabruxinha Completed

Romance erótico - Contém cenas de sexo explícito e palavras de baixo calão.
  
  Laura Albuquerque é uma mulher de 30 anos. Advogada que abriu mão de sua carreira para viver um grande amor ao lado de Nico, um chefe de cozinha Espanhol. Quando ela viu seu conto de fadas se transformar em um pesadelo, regado de brigas intermináveis, traições, bate-boca e desejos sinceros de que o outro queime no fogo do inferno, ela decidiu voltar para o Brasil e seguir sua vida sem olhar para traz. 
  Consegui um trabalho como professora de Legislação em uma escola técnica da cidade, onde ela dedica boa parte do seu tempo.  Laura é uma mulher segura, que não se deixa abater facilmente. Ela não é aquela menininha que recém saiu da adolescência, cheio de pudores com seu corpo e consigo mesma. Sabe conviver muito bem com sua vagina e suas curvas. É mestre em valorizar seus pontos fortes e esconder os fracos.
  Uma balzaquiana não faz sexo, se entrega completamente. Quando vai para a cama, é como se não houvesse amanhã. Morde, grita, pede e suspira. Ela é capaz de acabar com um homem, tenha ele 20 ou 40 anos. Para ela, sexo não é uma moeda de troca e sim uma doação por inteiro. Ao invés de ser escolhida por seus parceiros, ela seleciona quem vai para sua cama.

Eu concordo com as imagens e com as cenas fica mais apimentado!
Um amigo gay, por si só, já vale mais que 20 amigas mulheres e essa sortuda tem logo 2 , se fossem bissexuais ela uniria o útil ao agradável!
Luluzinho, grande poeta musical, sempre falando verdades em forma de música!
Se o cara do encontro precisou de 2 meses de insistência, só para ela aceitar um jantar, ñ vai ser um desconhecido que a levará no bico, sem mais nem menos, só por ter chamado a atenção dela, com sua presença e beleza!
janri26 janri26 Jul 09, 2015
coitada frustrada no sexo com enquanto do lado o povo se divertindo kkkkk
MrsRibeiro MrsRibeiro Jun 21, 2015
Por Deus, pq na minha vida não existem homens assim mas heteros e solteiros? Que droga!