ᴏ ᴄᴏᴍᴇçᴏ - I

10 1 0
                                    

Minha mãe sempre dizia
que a paixão é o começo de tudo;
o começo de uma nova era, de um novo tempo.

O amor bate em nossa porta
e nós sentimos ele.

Me lembro de suas palavras vagando
varrendo minha imensa imaginação.

imaginava,
como seria "sentir o amor".

Ele tem cheiro? perguntava.
cor ou textura?

Ele o quê, criança? mamãe dizia.

Acontece que sempre tive milhares de perguntas morando em minha cabeça,
mas por alguma razão, quase nunca eram devidamente respondidas.

Até então.

Pois quando te vi passar pela porta
minha órbita desordenou,

em que teu corpo tirou um suspiro dos meus lábios carnais.

Pensei,

é o começo.

mal sabia,
que ao invés de cheiro, cor ou textura,
o amor era um universo inteiro
que jamais poderia ser descrito.

— Você fez-me amar minhas próprias constelações.

O Que Pensam As EstrelasOnde as histórias ganham vida. Descobre agora