Feel me - Isco Alarcón

4.6K 147 50
                                    

O celular de S/N tocava sem parar na cômoda ao lado da cama, sabia muito bem quem estava ligando e não pretendia atender. A morena estava sem paciência pra falar com ninguém, principalmente com ele. 

Levantou da sua cama e foi até o banheiro, jogando uma água do rosto para tentar acordar. A ressaca veio com tudo e junto veio as memórias da noite passada, o que a deixou mais estressada ainda. Pegou seu celular e checou quantas chamadas tinham. 23 chamadas perdidas, só dele. 

Desceu as escadas da sua casa e foi até a cozinha para tomar seu café. Deixou o celular em cima da mesa e caminhou até o armário, pegou uma xícara e pôs seu café quente. Tentou pensar em outras coisas, mas não conseguia graças a um moreno que não saia da sua cabeça e não parava de ligar.

Irritada, pegou seu celular e atendeu a chamada. Sua cabeça estava latejando de dor e o idiota - palavras dela - não deixava ela em paz.

-Que é, porra? - fala grossa

-Pra quê tanta grosseria? Bom dia pra você também, meu amor. 

-É muita cara de pau me ligar mesmo depois de ontem. O que você quer?

-S/N eu já te falei que não posso terminar com ela agora, mas eu amo você, não ela.

-Desejo, do fundo do meu coração, que você vá se fuder. - fala pronta pra desligar a chamada, mas Isco não deixou.

-Espera! A gente pode conversar? Em um lugar público de preferência, não quero correr o risco de ser morto. - a morena não o responde - S/N, por favor, me dê uma chance. Eu vou fazer de tudo pra te ter novamente.

Ela não queria, não queria passar por isso de novo, mas seu coração falava ao contrário e mais rápido do que sua razão. 

-Tudo bem. Eu juro que essa é a última chance, Isco. - fala com a voz embargada - eu não aguento mais me machucar por sua culpa, eu não aguento mais passar por isso.

-Eu farei o meu melhor, eu prometo!

A morena desliga o celular e logo se arrepende de ter aceitado a proposta. Ela estava machucada, um caco e tudo por culpa dele. S/N e Isco tiveram um caso, sim um caso. Isco namorava, ainda namora, mas mesmo assim os dois ficavam. Se curtiam e se amavam durante duas horas e logo ele corria para a namorada, nada machuca mais do que ser a segunda opção de alguém. 

S/N tentou diversas vezes se afastar dele, tentou conversar e o convencer a escolher com quem ele ficaria, mas nunca resolveu nada. Até que ela cansou de vez, pediu um tempo para ele, disse que era para se decidir pois ela não aguentava mais. Ele prometeu, prometeu que voltaria. E ela acreditou com todas suas forças.

Estava enganada, ele havia mentido e a prova foi a noite passada. S/N foi a uma boate com sua amiga, pensou que seria mais uma noite normal e que iria se divertir, mas ao chegar se deparou com Isco de mãos dadas com sua namorada. Sua animação foi para os ares, decidiu que iria beber como nunca bebeu na vida e assim o fez. 

Isco a viu, tentou falar com ela mas acabaram discutindo. O jogador do real Madrid acabou falando coisas que não queria falar e mais tarde se arrependeu, já S/N colocou tudo que ela sentia pra fora. Falou da sua decepção com ele, a dor que sua mentira causou. S/N saiu de lá destruída, com o coração despedaçado, e Isco mais uma vez correu para os braços da namorada. 

Francisco mandou a mensagem confirmando a hora e o lugar onde iriam se encontrar. S/N colocou a primeira roupa que viu pela frente, passou um corretivo para esconder as olheiras e colocou um óculos escuros para ajudar. Pediu um Uber pois estava sem paciência de dirigir e foi até a lanchonete onde iriam se encontrar. 

Chegando lá se sentou e pediu um suco, esperou o pedido chegar. Ficou mexendo no canudo e olhando para a vitrine na espera dele. 

-Desculpe o atraso, o trânsito estava horrível. - Isco chegou fazendo a morena o olhar. 

-Ok 

-Eu sei que você está brava, mas não precisa ficar assim - fez uma pausa - eu falei coisas que não devia, mil desculpas mesmo.

-Isco, você acha que eu estou brava por conta das suas palavras? Faça-me rir. Eu estou puta com suas atitudes, com as suas mentiras, eu estou cansada. 

-S/N, você pediu um tempo da gente, então teoricamente não estou fazendo nada demais.

-Certo! Eu te dei espaço e tempo, eu te dei tempo para pensar no que você queria, eu fiz isso tudo por você. - fala com raiva. - Mas é você quem me manda mensagem falando que sente saudades, que eu não saio da sua cabeça, é você quem faz isso tudo.

-Mas eu sinto sua falta, sinto falta do seu beijo e de te ver adormecer ao meu lado, falta do seu toque e das nossas conversas. No entanto, você tem que entender que eu estou com a Sara, eu não posso terminar com ela.

-Porque você não pode terminar com ela? Porque você a ama? Se ama porque continua me ligando toda noite? Quando você precisa de algo, pra quem você corre? Onde você se esconde e onde você vai quando ela não está te dando o suficiente para passar a noite? É pra mim que você corre! Sou sempre eu que estou lá pra você, mas você nunca está ali pra mim porque tem uma namorada para fingir que se importa.

-Não fala assim - Isco fala estressado. - Eu estarei sempre aqui para você, S/N, mas você não pode me ter em 100% do tempo.

-Querido, eu não posso te ter nem em 25%, mas não se preocupe, deve ter alguém que esteja pra mim em 100% e que eu possa o ter na mesma quantidade. 

-Sem você eu não sou nada, eu preciso de você, meu amor. - fala segurando sua mão, mas a mulher a puxa para si. - É você quem me tranquiliza, quem me entende e que me satisfaz.

-Enquanto você não estiver comigo, vai continuar sozinho, mas adivinhe? Eu cansei! Não quero ficar entre seus altos e baixos, não quero ficar no meio dessa confusão, eu não mereço isso. -fala e se levanta. - Toda vez que seus lábios tocarem outros lábios, espero que você me sinta, toda vez que você dançar com alguém, espero que me sinta. Quem sabe assim você perceba o que perdeu e aprenda a dar valor a quem te ama, pois saiba que meu amor por você era um em um milhão. Foi você quem jogou isso tudo no lixo, não eu. 

S/N pega sua bolsa e se retira, deixando Isco sem palavras. Ele estava sem reação, nunca viu tantas verdades serem ditas na sua cara, nunca pensou que tinha feito isso tudo para ela e se sentia um idiota por ter feito. 

S/N merecia muito mais, merecia ser feliz e ser amada da maneira certa. Isco não estava incluso em nada disso, pelo menos não nos pensamentos dela. 

Ia doer, mas ela iria superar e se reerguer mais forte ainda. Ela precisava disso, ela precisava se amar em primeiro plano para que não se machucasse mais.

🦋


Primeiro imagine, yeeeah!!
Espero que tenham gostado, foi o primeiro que escrevi para postar. Qualquer erro, podem me falar que eu arrumo :)
Obrigada pela atenção 💖

 

imagines • soccer playersOnde as histórias ganham vida. Descobre agora