56_ Banho de chuva.

16.1K 2.2K 2.1K
                                    

Eu e Judy acabamos tendo que sair de perto deles para voltar ao camarim. Precisávamos trocar de roupa.

Nós trocamos a roupa, e no fim algo que eu não esperava e nem havia passado pela minha cabeça aconteceu. Nós recebemos pelo nosso trabalho.

Me senti tão trabalhadora naquele momento.

Ta, isso foi ridículo. Mas eu nem cogitei a ideia de que receberia um pagamento por aquilo.

Sarah fez sua despedida e logo nós saímos de lá com nossas coisas.

- Ta, esse é oficialmente o melhor dia da minha vida. Acho que não tem como ficar melhor. - Judy comentou enquanto andávamos pelo largo e luxuoso corredor branco.

O pessoal disse que nos esperariam na porta do local.

Assim que Judy terminou de dizer sua frase, uma mulher de cabelos ruivos curtos, roupa chique e cara de rica parou a nossa frente.

- Olá. - Ela falou e nós a olhamos confusa. Primeiramente eu achei que ela havia nos confundido com alguém. - Você e a Judy, correto?

- Si-sim. - Judy gaguejou e seu olhar arregalado me fez crer que ela conhecia a mulher.

- Eu sou Sofya Angelle. Estive te observando durante sua performance e fiquei realmente impressionada. - A mulher falou com um forte sotaque francês. - És dessa agência?

- Ah, não senhora. Na verdade, sou iniciante. Esse foi o meu primeiro desfile. - Judy respondeu enquanto apertava meu braço. Sim, ela estava nervosa a esse ponto.

- Oh, pois se saiu perfeitamente bem esta noite. Estou surpresa de ser uma iniciante.

- Obrigada. - Judy sorriu e a mulher começou a mexer em sua bolsa, não demorou muito para que ela tirasse de dentro dela um cartão.

- Aqui está o meu contato. Seria uma honra tê-la como modelo em minha agência, Judy. - Judy apertou ainda mais o meu braço. Eu daria um tapa nela se não estivéssemos naquelas circunstâncias. - Me telefone, oui?

- Oui. - Judy respondeu rapidamente enquanto lia o cartão. - Obrigada! - Ela falou num tom alto para a mulher que já estava indo. - Retiro o que eu disse, tinha como ficar melhor sim!! - Ela olhou pra mim empolgada. - AH! - Ela gritou e pulou em mim num abraço.

- Parabéns, Judy! - Judy me apertou e logo saiu correndo para contar a todos. Obviamente, me puxando.

Assim que encontramos com o pessoal lá fora, Judy correu na frente para contar a todos. Todos ficaram muito feliz por ela e eu logo notei o meu pai e Noah super de boas.

- E então? - Me aproximei deles com as mãos juntas na frente do corpo. - Já tirou suas conclusões sobre o Nemo, pai? - Noah olhou pra mim na hora e eu comecei.

- Ok, esse será o seu apelido agora. - Mike falou num tom de deboche e Tamara riu.

- Já vive no mar mesmo. - Dei de ombros com um sorriso.

- Engraçadinhos. - Noah riu.

- Mas, e então pai? - Encarei o meu pai.

- É... o Nemo parece ser um rapaz legal. E se vocês se gostam, eu não vou ser contra. - Meu pai falou com um sorriso. - Bem... já podemos ir? Trabalhei o dia inteiro, to louco para cochilar.

Meu sorriso sumiu assim que meu pai disse aquilo.

- Ir embora? Já? - Perguntei olhando para meu pai.

- Ué, minha filha. O combinado era que fôssemos quando seu desfile acabasse. - Meu pai me encarou.

Eu estava triste. Muito triste. Não queria ir, não me sentia preparada. Parecia que havia algo faltando naquela viagem.

Naquele VerãoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora