— Ok. — Kian disse receoso. — Ah, mais uma coisa. Se por acaso for até nossa sala de armas, o fuzil americano M16 com lança granada está comigo. — Completou naturalmente.

— Kian, que DROGA está acontecendo aí? — Perguntei nervoso.

— Apenas prevenção, Primeiro.

— Não estou certo disso. — Ponderei a ideia de ir atrás deles. — Qualquer coisa entre em contato imediatamente e se não voltar até o horário de almoço, irei liberar a equipe de busca atrás de vocês, entendido?

— Positivo! — Ele riu e desligou o rádio.

Aquele tipo de coisa me deixava impaciente. Digory não fazia ideia, mas ela era o maior alvo do lugar no momento. Várias pessoas morreriam para tê-la em suas mãos. Qualquer um que soubesse com o que os seus pais estavam trabalhando ou o que significava o objeto que sumiu junto a Paul, estaria em perigo. Tendo Digory em mãos, encontrar Paul seria só uma questão de tempo, e assim, roubar o objeto. E era por isso que eu tinha que ficar de olho nela. Proteção, apenas por isso.

Kian me avisou em cima da hora sobre sua aula. Tive que me arrumar correndo para não chegar atrasado. Não tolerava atrasos, deveria dar exemplo. Há muitos anos não ministrava a aula de defesa pessoal, mas hábitos diários se tornavam uma regra de vida. Não teria problema com isso. Enfiei minha arma na beirada da calça e a cobri com a jaqueta. Desci rapidamente para o pátio de treino. Quando cheguei no centro de treinamento, avistei cerca de onze alunos aguardando. Eles estavam separados em grupos e quando me viram, ficaram na dúvida do que fazer.

— Formação! — Parei em frente a eles.

Alguns rostos eram mais conhecidos do que outros. E infelizmente peguei a turma de Hunter. Ele conversava baixo com sua prima Hannah, que não soltava a mão de uma de suas amigas. Os alunos se reuniram rapidamente e pude ver saindo do canto do pátio a garota dos cabelos vermelhos que ultimamente estava no topo da minha lista de preocupações. Digory.

Ela caminhava para o centro do pátio, acompanhada de duas colegas, Harper e Evans. Seus braços balançavam tranquilamente, o cabelo preso em um alto rabo de cavalo e o olhar perdido. Em que lugar aqueles pensamentos estavam? Quando olhou em minha direção, seu semblante mudou. Não sabia dizer se ficou assustada ou curiosa, mas descobriria em breve.

— Bom dia! — Voltei minha atenção para os alunos assim que elas se juntaram a turma. — Hoje irei repor a aula de defesa pessoal. Tivemos alguns imprevistos e essa mudança foi necessária.

— Interessante! — Hannah murmurou da fileira da frente e sua amiga começou a rir baixinho colocando a mão sobre a boca.

— Collins, limite-se a dizer apenas o essencial na hora da aula, ok? — Tentei ser o mais educado possível.

— Ok! — Ela piscou para mim.

— Formem duplas. Vamos fazer o alongamento e treinamento juntos. É importante ter um parceiro e saber trabalhar com ele.

Dois minutos se passaram. Longos e torturantes dois minutos, e as duplas ainda não tinham se formado. Algumas garotas discutiam com quem faria dupla enquanto outros aguardavam ser convidados.

— Quantos anos vocês têm? Até a classe infantil é mais organizada do que vocês. Se estivessem em um combate já estariam todos mortos! — Disse alto e eles formaram as duplas com a primeira pessoa que viram na frente. Restaram apenas três pessoas na pista ainda sem formação. Hannah, Hunter e Digory.

— Não posso ser parceira do meu primo! — Hannah choramingou. — Não seria legal.

— Hannah, cala a boca e vem logo ser minha parceira. — Hunter apertou os lábios e arregalou os olhos em direção a Hannah.

Área Militar -DEGUSTAÇÃO Onde as histórias ganham vida. Descobre agora