Prólogo

13.7K 462 66

Assim que os creditos começaram a surgir na tela negra da TV começamos a dar a nota.

- Cinco estrelas! – Falamos juntas e começamos a sorrir ao mesmo tempo.

Era um velho hábito, na verdade não tão velho assim já que tínhamos apenas doze anos, todos os filmes recebiam uma nota que ia de zero a cinco e depois recebiam estrelinhas coloridas de acordo com a nota antes de irem para a estante novinha que papai comprou para eles.

- Nossa eu adoraria ter um amigo tão lindo quanto aquele... - Giovana suspirava abraçada a almofada cor de rosa em formato de coração, já completamente apaixonada pelo ator.

- Já imaginou que legal seria se pudéssemos realizar os nossos desejos? – Comecei a sonhar idealizando quais poderia pedir.

- Desde que eu tivesse uma fada madrinha menos atrapalhada por mim tudo bem.

Continuamos a conversar sobre desejos e garotos bonitos até que minha mãe surgiu na porta estragando nosso papo e nos trazendo de volta a realidade.

- O que vocês acham de começar o dever de casa? Afinal de contas foi para isso que Giovana veio dormir aqui hoje, não foi? – Mamãe estava com o braços cruzados na tentativa de parecer brava.

- Já estamos indo mamãe. – Falei me sentindo desanimada com a tarefa que me aguardava, tínhamos uma pilha de verbos para conjugar, exercícios infinitos de matemática e um texto enorme de história para ler e responder as 20 questões. – e o papai? – perguntei mais por força do hábito, eu sabia que ele quase nunca chegava em casa antes das 11 e na maioria das vezes eu só o via na hora de dormir quando ele passava em meu quarto para me dar um beijo de boa noite.

- ele ainda está no Rio de Janeiro filha, acho que só volta amanhã.

Viu? Era só força do hábito mesmo...

Arrastei-me para meu quarto com Giovana ao meu lado ainda suspirando pelo carinha do filme.

Passava das dez da noite quando terminamos a lição de casa estávamos no nosso esconderijo secreto comendo nosso estoque particular de chocolate deitadas uma ao lado da outra com as pernas apoiadas na parede e observando o teto cor de rosa da minha casinha de bonecas.

- Tive uma idéia! – Giovana falou animadamente, ela ainda estava suspirando e comecei a sorrir, Giovana era excelente em ter “ grandes idéias” a última nos rendeu um mês de castigo.

- O que é dessa vez Gi?  - Perguntei sem muito interesse.

- O que você acha da gente fazer uma lista?

Levantei do chão limpando os farelos de chocolate da roupa e repentinamente interessada na maluquice da vez.

- Como assim?

- Uma lista de desejos igual a do filme!

- Uma lista? De desejos?

- Sim! Coisas para fazer antes dos 16. – Giovana estava animada com a idéia de fazer  a nossa própria lista e como sempre sua alegria me contagiou, começamos a idealizar os nossos desejos, pouco tempo depois estávamos deitadas em meio a papeis coloridos, adesivos, cola, gliter, uma foto do Jonas Brothers, outra do Kleber Toledo, o papel de bala que o Felipinho me deu e minha caneta perfumada preferida.

Com minha caneta comecei a escrever em uma letra caprichada e elegante. Foram necessárias quatro folhas de rascunho e uma hora para escolher todos os dezesseis  itens que estariam na minha lista, quando finalizamos  olhamos uma pra outra satisfeitas e orgulhosas do resultado final do nosso trabalho.

- Pensando bem acho que 16 anos é muito pouco tempo, o que você acha de 20? – Falei relendo os últimos itens e pensando se conseguiria fazer tudo aquilo em tão pouco tempo.

Giovana ainda estava lendo minha lista e concordou meio que a contra gosto.

- Acho que 20 é uma boa idade.

Rabisquei o numero 16 e coloquei 20 no lugar, acrescentei mais quatro itens e finalizei.

- Pronto, agora nossa lista está perfeita. – Falei orgulhosa do nosso trabalho.

Durante dois anos nossas vidas foram baseadas naquela lista, alguns dos desejos já haviam sido realizados, mas outros não tinhamos nem idéia de quando aconteceriam, éramos meninas e naquela época era permitido sonhar com bobagens como aquela lista idiota e acreditar que tudo era possível.

Com o tempo Giovana descartou a lista dela, disse que era coisa de criança e que não precisava mais daquilo, no momento concodei com ela envergonhada por ainda ter a minha guardada ao lado da minha cama.

Cinco anos se passaram e ela continua lá escondidinha embaixo da minha agenda dobrada em pedacinhos tão pequenos que ninguém nunca a percebeu, as vezes eu apenas abria a gaveta e olhava para ela ali, depois de tanto tempo ainda era a mesma, a mesma letrinha infantil, os mesmos sonhos de uma garotinha, aguardando que os últimos itens sejam realizados antes que de completar 20 anos.

Coisas para fazer antes dos 16...  20

1 beijar o Felipinho

2 ver o dia nascer em uma praia

3 pintar o cabelo

4 Fazer uma tatoo

5 colocar um piercing

6 terminar  o colégio

7 aprender a dirigir

8 ir a um show de rock

9 ir a Disney com minhas amigas

10 beijar um americano

11 conhecer o Kleber Toledo

12 encher a cara

13 dar uma festa  sem meus pais

14 aprender a tocar violão

15 comprar meu carro vermelho

16 entrar na faculdade

17 arrumar um emprego legal

18 perder a virgindade

19 morar fora do pais

20 encontrar um grande amor 

Antes dos 20 - DEGUSTAÇÃOLeia esta história GRATUITAMENTE!