Introdução

#Ashton's POV#*Escola* - Gabinete do Diretor -

-Mas a Daisy é uma rapariga muito problemática... pelo menos ultimamente tem sido. Eu recomendava que ela andasse no psicologo da escola...-Disse o Diretor da escola, com um ar muito preocupado- Ela costumava ter boas notas, MUITO BOAS NOTAS, mas agora de repente tudo mudou...

-Eu não tenho reparado no comportamento dela em casa, ela não me conta nada... Era mesmo uma boa ideia pô-la no psicologo. Onde a inscrevo?- Respondi.

Eu sou o Irmão mais velho da Daisy. Os nossos pais abandonaram-nos quando eramos apenas crianças. Desde esse dia que vivemos com o nosso tio.

*Casa*

Mal cheguei a casa, fui ver onde estava a Daisy, para ter uma conversinha com ela.

Enquanto me dirigia para o quarto dela, onde ela costuma sempre estar, vi um bilhete que provavelmente deve ter caido do caderno dela.

'''não posso tipo do nada começar a falar com ele e dizer-lhe: olha eu sempre senti isto por ti, eu gosto de ti, muito mesmo, mas tipo não sei se tu sentes o mesmo, mas quando estou contigo sinto que tudo o que é triste fica alegre, tudo o que tu fazes põe-me um sorriso na cara, fazes o meu coração andar rápido e a minha barriga andar aos saltos, fazes-me chorar, rir, fazes-me enlouquecer mas sobre tudo fazes-me sentir bem...''

Quando acabei de ler o bilhete percebi... QUE ELA ESTAVA APAIXONADA! Por isso é que as notas dela estavam a piorar, e por ela estar sempre distraída! Finalmente tudo faz sentido. Tenho que descubrir quem é.

-ENTÃO É ISSO!- Gritei, sem reparar que não estava a falar na minha cabeça.

-ASHTON?! OH MEU DEUS, O MEU BILHETE! TU NÃO DEVIAS DE TER LIDO ISSO!

#Daisy POV#

-Calma! Sabes que me podes contar Daisy, sou teu irmão, estou cá para te ajudar..

-Aff! Também, já que sabes isso tudo agora, vou te contar o resto..

Então ele é um rapaz, loiro e de olhos azuis, lindo de morrer e hot como o caraças... e eu apaixonei-me. Não devia. Ultimamente ele tem reparado em mim... mas... mas também reparou em mais umas 284749437373484 raparigas, por isso... Acho que ele se chama Luke. Luke Hemmings. Miudo popular, com todas as raparigas caídas por ele.

Sempre me senti muito feia, sei lá, indesejável, talvez por nunca ter sido amada de verdade. No fundo, são só coros. Parece que todos os rapazes têm que estar sempre em ação. E isso ainda me faz mais triste, pois os que me bateram coro, ou são feios, ou acabam por ficar com medo depois do Ash falar muito agressivamente com eles. Ele não tem cura mesmo. Mas eu amo-o. O mundo do amor parece tão fácil para as outras raparigas... as normais... e para mim é como um quebra-cabeças que nunca consegui entender.

Bem já está a ficar tarde, tenho que ir para a escola.

#Escola#

Mal entro no corredor, deparo-me com o Hemmings. Não consegui desviar um unico segundo o meu olhar dos seus olhos. Aquele azul simplesmente faz-me derreter...

Tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe. Esperava anciosamente que ele me dissesse: ''Olá, sou o Luke, Luke Hemmings, prazer.'' E que nós ficassemos mais próximos... Vai sonhando Daisy.

Ele simplesmente olha para o meu rabo e não diz nada. Senti-me estranha, porque ele faz isso a todas, mas não sei, senti-me mais perto dele.

--

--

--

Oii, este é o meu primeiro livro e capitulo :D espero que gostem

My LimitLeia esta história GRATUITAMENTE!