✰22✰

324 40 54
                                    

Nari observava discretamente, seu namorado, enquanto ele parecia concentrado na aula depois de quase uma semana ausente, ele estava na escola

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Nari observava discretamente, seu namorado, enquanto ele parecia concentrado na aula depois de quase uma semana ausente, ele estava na escola.
Seus lindos e grandes cabelos sedosos batiam em seus olhos enquanto ele olhava para baixo. A luz do sol ia a favor dele, ele parecia mais bonito ainda quando o sol reluzente batia em seus olhos o fazendo aperta-los.

Ele tinha uma expressão séria, as vezes olhava pelo canto dos olhos para as pessoas que o encaravam sem vergonha.

— Nari? — A professora chama Nari mais uma vez e a faz sair de seu transe.

— Sim professora. — Fala assustada mas se chingando mentalmente.

Podia se perceber um sorrisinho no rosto de Lim. Nari o olhou de canto e revirou os olhos.

— Você parece muito distraída hoje... Não quer nos ajudar na lousa? — A professora a encara.

— Na verdade prefiro ficar aqui mesmo — Ela fala quase em um sussurro.

— O que disse?

— Que eu teria a honra de ir para a lousa! — Solta um sorriso amarelo.

— E enquanto a você Lia? — Ela cutuca a garota de cabelos preto e longo.

— Só mais cinco minutos mãe... - Murmura.

— EU NÃO ACEITO IRRESPONSÁVEIS NA MINHA SALA! – A professora Lee grita e Nari arregalou os olhos em susto.

— O QUE? MERENDA? VAI TER... — Lia acorda em um pulo mas sua frase morre quando vê a expressão da professora.

— A bela adormecida resolveu acordar?

Lia Ajeita seus cabelos bagunçados e olha de relance para mim. "Desculpe professora."
Seu murmurio soou tão baixo como um cachorro filhote chorando.

— Você e você! — Apontou para cada uma das alunas distraídas. — Depois da aula irão arrumar a sala inteira.

— Mas hoje seria a vez do Jaebeom professora! — Uma garota de voz irritante, a qual é odiada amargamente por Nari e Lia, falou. As duas amigas se olharam tentando manter a calma e não voar em cima da garota.

— Não seja por isso. As duas irão limpar a sala com o Lim.

Então a professora continua a dar seu assunto e o tempo passava cada vez mais.

(...)

N

ari

— Você não dormiu essa noite? — Quebro o silêncio.

— Dormi demais até, mas o assunto tava chato.

— Estão com fome? — Jinyoung aparece erguendo uma sacola com alguns petiscos e bananas milk's.

— Oh sim! — Falo sorrindo aliviada.

Um sorriso brilhante surge no rosto de Lia, olhei de relance para ela. E acabei sorrindo por ver a animação de minha amiga.

— Ótimo, parem de fazer um pouco e vamos comer!

Olho rapidamente para o vulto na janela e lá estava Lim, ele parecia pensativo, se deveria ou não entrar naquela sala.
Ele ainda não sabia se soltar, não sei como ele conseguiu se abrir comigo.

— Jae! – Acenei e abanei as mãos para ele entrar.

Ele arregala os olhos de leve e depois os expreme. Tímido, ele entra na sala segurando um balde e um limpador de vidro.

— Trouxe o balde... – Suas bochechas estavam vermelhas como um tomate. Sorrio de lado vendo ele, realmente uma criança. Aigoo!

— Vamos comer juntos. — o puxo para onde estávamos.

— Como vai os pombinhos apaixonados? — Lia fala maliciosamente e me deixa completamente envergonhada.

— Pombinhos? — Jinyoung olha para nós dois — Vocês estão... Namorando?

Jaebum parecia desconfortável, eu realmente não sabia o que ele estava pensando ou sentindo.
Eu tinha medo do que eu falasse ou fizesse pudesse o magooar .

— Sim... — Pego na mão dele — Faz alguns dias.

Ele olha para mim pasmo e envergonhado.
Olho em seus olhos tentando repassar conforto, então, ele apertou minha mão de leve e sorriu fraco.

— Oh... Parabéns — Jinyoung nos felicita.

(...)

— Como assim? — Jaebum se levanta rapidamente da cadeira.

Eu olho para meu pai e falo com o olhar "eu avisei"
Ele passa a mão na cabeça frustrado.

— É impossível! Meu Hyung foi uma das primeiras pessoas a me ajudar! Ele até investiga algumas coisas junto a mim!

— Meu jovem não estou afirmando que é realmente ele... Simplesmente ele é só um suspeito, até porque não tenho provas concretas, tudo que tenho realmente não é culpa dele.

— Jae... As pessoas as vezes fingem. — Finalmente falo, mas com receio do que ele poderia pensar de mim.

— Eu sabia que não podia contar com vocês... – Ele nos olhou pasmo, sinto uma pontada no coração, eu teria feito algo muito ruim...

— Jae! — Olho para ele sair com raiva da minha casa.

Tento ir atrás dele mas sou interrompida pelo meu pai.

— O deixe só, ele precisa pensar — Ele me olha com calma.

Eu sabia, eu sabia que dependesse de quem for Jaebum ficaria profundamente abalado e triste.
Eu realmente espero que não seja seu primo, até porque ele é como uma inspiração para o Jae, e isso o faria ficar traumatizado.

»»————>

Recomendação de música:

--------------

ÉEEO VIDA DE GADOO
Mais uma atualização aí para vocês ihu!! Obrigada gente por tudo! Amo vocês ♥️

Demons | Jay b Got7Onde as histórias ganham vida. Descobre agora