48° Capítulo - All Of The Stars

6.8K 523 332
                                    

É apenas mais outra noite
E estou encarando a Lua
Eu vi uma estrela cadente e pensei em você
Cantei uma canção de ninar
À beira d'água e soube
Que se você estivesse aqui, eu teria cantado para você

Você está do outro lado
A linha do horizonte se divide em dois
E estou a milhas longe de te ver
Eu posso ver as estrelas
Da América
Me pergunto, será que você pode vê-las também?

All Of The Stars - Ed Sheeran
_________________________________________

3 ANOS DEPOIS

— Mamãe, mamãe! - a pequena Hanna pulou na cama onde seus pais dormiam os chamando atenção.

—Que foi, meu amor? Aconteceu alguma coisa? - Hanna perguntou pegando a pequena no colo e logo bocejou sonolenta.

—Você um dia vai me matar do coração. - Yan falou e faz cosquinhas em Hanna, que gargalhou.

— Pala, papai, pala... - diz entre gargalhadas.

—Então, fala que ama o papai! - continuou com as cosquinhas.

—Eu amo o papai! - Yan parou e encheu o rosto da pequena de beijo.

—Papai também te ama. - Hanna riu.

— Podemos ver o titio hoxe? Eu sonhei com ele eu! - a pequena olhou para os pais. - Tô com xaudades dele!

—Está bem, vou ligar para Matheo e avisar que iremos visita-lo hoje. - falou Halya pegando o celular, mas Hanna a para.

—Não, mamãe! Titio Matheo não! Quelo ver o titio Andy. - a pequena diz empolgada e recebe um sorriso meigo dos pais. - Ele disse que estava feliz por estarem vivendo um " final feliz ". - Halya confusa, estava tentando lembrar de algo mas não conseguia. - Podemos tomar café lá? Fazer piquenique igual na última vez?

—Podemos sim, florzinha. - Yan falou e piscou para Hanna, de um modo um pouco suspeito que não passou despercebido por Halya e sua filha soltou uma risadinha travessa.

—Papai vai te arrumar pra irmos ver o seu titio agora. - Halya falou para Hanna, deixando de lado a piscadela de Yan. - Mas vamos bem rápido, pois hoje é seu primeiro dia de aula. - Hanna fez um beicinho.

—Não quelo ir, mamãe... - diz tristonha.

—Mas vai ser legal, Florzinha... - Yan fala.

—Se algo acontecer você pede pra professora ligar pra mamãe e eu irei te buscar, está bem? - Halya falou e selou a testa da menina que concordou com a cabeça. - Corre para irmos visitar o tio Beom logo, esqueceu? - a pequena riu e saiu as pressas para seu quarto. Halya tinha se levantando para ir ao banheiro mas Yan a puxa a fazendo sentar em seu colo.

—Não esqueceu de nada? - Yan falou apontando fala sua boca, Halya riu e lhe deu um selinho. - Só isso? - segurou o rosto da mulher e lhe deu um beijo longo, iria ser bem mais longo se não...

—Ecaaa! - a voz de Hanna ecoou pelo quarto os fazendo soltar uma gargalhada. - Mamãe, beijar da sapinho! - a pequena fez careta.

My ObsessionOnde as histórias ganham vida. Descobre agora