✰19✰

314 44 5
                                    

— Mais um! Haha — Ela grita animada enquanto conseguimos pegar mais um urso de pelúcia na máquina

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

— Mais um! Haha — Ela grita animada enquanto conseguimos pegar mais um urso de pelúcia na máquina.

Finjo mexer meus dedos na máquina, mas na verdade eu estava observando cada traço da Kim. Ela era angelical e até mesmo seu sorriso me trazia algum sentimento, lembrança que eu não consigo descrever.
Me lembravam a minha mãe, a minha querida e radiante mãe. Era como um Déjà vu, ao olhar para Nari eu sentia a presença da minha mãe lá.
Sinto uma pontada em meu coração por me lembrar dos momentos, Nari pousou os olhos alegres sobre mim e logo viu que eu a encarava tristonho.

— O que? Está triste porque perdeu pra mim? – Logo minha angústia desaparece. Ela sorria divertida e dava pulinhos com seus ursinhos.

— Você parece uma criança. – Revirei os olhos disfarçando meu sorriso.

— Somos eternas crianças!

Eternas crianças... Eternas.

— Vamos tomar um americano – Segurou a minha mão e me puxou dando carreirinhas engraçadas.

(...)

Estávamos no telhado da cafeteria, lá era como um refúgio para nós dois.

"Preciso falar com você urgente Lim!"
"É extremamente importante"

Olho para as mensagens do meu celular e era o pai de Nari.

Me levanto desesperado e mostro para Nari.

— Temos que ir!

~~~~~~~~~

—Se lembra que você falou que havia um policial que foi demitido após esse caso certo? E ele poderia saber de algo comprometedor?

— Sim — concordo curioso.

— Só quem sabia dessa informação era você e seu primo certo?

— Sim — Concordo com a cabeça lentamente.

O senhor Lim suspirou em frustração, ele estava inquieto demais para seus dias calmos.
Parecia saber de algo mas exitava em falar.

— Senhor você tem algo a dizer?

— Por enquanto não, mas te colocarei por dentro dos assuntos!

— São só crianças querido! — A mãe de Nari reclama.

— Ele precisa saber! — O senhor Kim exclama.

— Só não conte coisas muito pesadas para ele — Ela toca em meus ombros — Ele sofreu demais.

— Mãe? — Nari a olha perplexa.

— O que? — Ela dá de ombros mas logo Nari a abraça por trás e depois vai em seu pai fazendo o mesmo.

Confesso que realmente senti inveja, eles eram uma família linda e unida, apesar de implicâncias e desentendimentos eles eram maravilhosos juntos...
Realmente invejo minha namorada, ela é feliz...
Não quero estragar essa sua felicidade.
Seu sorriso é um dos motivos de eu estar aqui.
Isso pode ser clichê mas eu só estou vivendo justamente por ela, por esse sorriso.

(...)

— Hyung! — Vejo meu primo deitado no sofá.

— Está feliz... — Me analisa — Faz tempo que te vejo assim — Solta um sorriso — Quem é o motivo?

— Kim Nari — Solto um sorriso me lembrando dela.

— Vem aqui... Vou te dar conselhos — Dá batidinhas no lugar do seu lado.

Vou até seu lado animado. Iseul também era um dos motivos de eu estar aqui, ele foi meu conforto durante esses anos. Eu realmente amo meu Hyung.


»»————>

Recomendação de música:

--------------

E aí pessoal? O que acharam do capítulo? Não se esqueçam de sempre darem o feedback do capítulo, isso sempre me ajuda a melhorar!

Votem e comentem muito, amo vocês!!❤️

Demons | Jay b Got7Onde as histórias ganham vida. Descobre agora